Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Um dos símbolos da arquitetura moderna em SP, Edifício Copan terá fachadas restauradas
| Foto: Rodrigo Soldon/Flickr

Uma das obras mais conhecidas e emblemáticas de Oscar Niemeyer, e também de São Paulo, o edifício Copan terá suas obras de restauro iniciadas. Após cerca de dez anos de negociações, o projeto apresentado pela empresa Instituto Pedra, contratada pelo condomínio, foi parcialmente aprovado pelo Departamento de Patrimônio Histórico (DPH) e pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp).

Siga a HAUS no Instagram

Listado entre os projetos mais conhecidos de Niemeyer, que o assina em parceria com Carlos Lemos, o Copan completa 70 anos do início de sua construção em 2022, e há cerca de duas décadas vem sofrendo com problemas de manutenção da fachada. Entre eles estão infiltrações, queda de pastilhas, descaracterização, desprendimento de concreto e exposição da armadura, como apontam os laudos técnicos.

| Rodrigo Soldon/Flickr

Diferente de outras obras assinadas pelo mestre da arquitetura moderna brasileira, o Copan não é tombado em nível em níveis estaduais e federais, sendo protegido apenas pelo município de São Paulo. E mesmo com a aprovação dos órgãos municipais, ainda não há garantia de quando as obras serão efetivamente iniciadas, uma vez que o condomínio não dispõe de todos os recursos necessários para sua realização.

O projeto do Instituto Pedra propõe a divisão das obras de acordo com os diferentes níveis de urgência dos reparos. Nesta linha, as primeiras delas seriam as de recuperação dos revestimentos da fachada e a impermeabilização da marquise. O monitoramento das fundações, que sofrem afundamento desde a construção do edifício, causando fissuras na fachada, também está previsto. Quando iniciadas, a previsão é a de que as obras levem de um ano e meio a dois anos para serem finalizadas.

*Via Archdaily Brasil, com informações do "O Estado de São Paulo"

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]