As time goes by…

A arquiteta Daniela Busarello encerra seu espaço mensal na HAUS

A arquiteta Daniela Busarello contribuiu com uma coluna mensal em HAUS desde a criação da revista, em 2015. Foto: Jonathan Campos / Gazeta do Povo

por Daniela Busarello

21/05/2019

compartilhe

5 anos, 50 textos. Haus de muitos cantos do mundo. Haus dentro de mim. Haus dentro de cada um de nós. Reescrevo o texto da primeira, que continua fazendo sentido agora nessa última. 

Fotos das muitas colunas de Daniela Busarello para HAUS desde 2015. Fotos: Arquivo Pessoal.

“É BOSSA ! Bossa-nova é o título-tema que me “tomou” quando tive que escolher um “nome” para esta conversa. Foi de imediato. Bossa-nova para falar de casa,
ideias-lugares-objetos-sensações que sejam originais, inesperados, interessantes, surpreendentes… Porque como no tom da música, bossa-nova é flexível, em curva, em harmonia do samba e do jazz… como o ser brasileiro: criativo, sagaz, intuitivo, alegre, colorido, às vezes ingênuo. Ser brasileiro é enxergar além do óbvio, é ousar experimentar e se deixar levar por uma paixão: isto tudo é Brasilidade. É Bossa!

A paixão do meu olhar são as cores, volumes, formas, luzes, vento, pessoas, natureza, movimento. Olhar atento que vê e sente nas “coisas simples” a sofisticação do banal, do cotidiano. Poesia do olhar através desta atitude que combina um pensamento sem preconceitos, estilo de vida, abertura a experiências novas, curiosidade, perspicácia, flexibilidade… Bossa!

Assim, bossa-nova descortina a casa, dentro e fora dela: o detalhe, o entorno, a rua-cidade-viagem, a memória, a luz, criadores e criaturas, o sacro e o profano. Bem-estar-bem é “estar em casa” e por isso Bossa-nova entende casa como sinônimo de: “uma mochila nos ombros”… “um telefone” … “um livro”… “um objeto”… “uma flor”… “uma sensação”… “uma lembrança”… onde quer que você estiver. Bossa-nova é um garimpo do bom e do belo… entre fotos e textos essencialmente de Paris, salpicadas de viagens virtuais e reais, entre ontem hoje e amanhã… Encontros-descobertascotidianos de arquitetura, design, arte e outras coisas mais…”

Agradeço a cada um dessa querida equipe, especialmente a Andrea Sorgenfrei, Larissa Jedyn e Daliane Nogueira, por terem confiado no meu trabalho, incondicionalmente.
Que novos ventos nos tragam a oportunidade de continuarmos trabalhando juntos, e que nos INSPIREM SEMPRE !

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você