Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Dicas para escolher o colchão ideal e garantir um sono tranquilo
| Foto: Bigstock

Muitas pessoas não sabem como escolher colchão corretamente, já que existe uma grande variedade de produtos e marcas no mercado. É comum que o consumidor fique em dúvida no momento de avaliar aspectos como ergonomia, conforto e durabilidade.

Os questionamentos são justificáveis. Afinal, o colchão não é um produto barato, e há sempre a expectativa de que ele dure por bastante tempo e garanta boas noites de sono.

Siga a HAUS no Instagram

Nesse sentido, saber como escolher colchão corretamente é essencial para não desperdiçar o investimento ou ficar arrependido da compra. As arquitetas Danielle Dantas e Paula Passos, do escritório Dantas & Passos Arquitetura, separaram algumas dicas para ajudar você a escolher um colchão perfeito para o seu descanso e para o seu bolso, com o melhor custo-benefício. Confira!

Como escolher o colchão diante dos vários modelos disponíveis?

No colchão, passamos 1/3 do nosso dia, se levarmos em consideração que podemos dormir, em média, 8 horas a cada sono. Por isso mesmo, saber como escolher o colchão vai influenciar muito sua rotina.

Uma das dicas das arquitetas é comparar os modelos de colchão disponíveis no mercado, entre os quais estão os seguintes:

  • Colchão de mola contínua;
  • Colchão de mola individual;
  • Colchão de espuma;
  • Colchão viscoelástico;
  • Colchão de látex;
  • Outros modelos.

Colchão de mola ou de espuma?

Se você deseja mais firmeza e resistência, a sugestão é escolher o colchão de espuma, especialmente se você sente muita dor nas costas ou tem problemas posturais. Neste caso, o tipo de espuma e a densidade do colchão são detalhes importantes. Em geral, esse modelo costuma durar até 5 anos.

Por outro lado, aqueles que buscam conforto podem preferir o colchão de molas, por ele ser mais macio. Se for um colchão de casal, as molas ensacadas são ainda melhores, já que, quando uma pessoa se mexe, a outra não tem seu sono atrapalhado. A durabilidade deste colchão pode chegar a 10 anos.

Testar o colchão pode ser o fiel da balança

Um requisito importante no momento da compra de um novo colchão é, sem dúvida, o teste, que deve ser feito na própria loja.

“Deite-se de verdade no colchão na loja, porque, além da densidade, ele deve ser confortável. Escolher o colchão errado pode afetar a qualidade do sono e causar dores no corpo”, diz a arquiteta Paula Passos.

“Caso você durma em um hotel, pousada ou na casa de um amigo e goste bastante do colchão, vale a pena perguntar qual é a marca e o modelo. Afinal, você já o aprovou”, acrescenta Danielle Dantas.

| Bigstock

Como escolher o colchão com base na firmeza?

De fato, comprar um colchão muito firme não significa a solução para a sua dor nas costas. Escolher o colchão é um processo individual e que deve ser baseado na estrutura corporal de cada pessoa. Aqueles que são mais pesados podem precisar de uma peça mais firme, enquanto quem é mais leve pode escolher um modelo menos firme. Na loja, os vendedores também estão preparados para auxiliá-lo nesta questão.

“O importante mesmo é ter uma postura de sono ideal, para que os músculos relaxem o suficiente e para que o corpo se recupere enquanto você dorme. Para evitar dores nas costas, o recomendado é um colchão que ofereça o alinhamento da coluna. Mas quando não se tem certeza sobre o modelo, uma firmeza mediana é a solução. Na dúvida, procure sempre os especialistas”, recomendam as arquitetas.

Quais são as medidas dos colchões no Brasil?

  • Berço Infantil: 0,60 x 1,30 m / 0,70 x 1,30 m / 0,70 x 1,50 m
  • Cama de solteiro: 0,78 x 1,88 m / 0,88 x 1,88 m
  • Cama de Casal: 1,28 x 1,88 m / 1,38 x 1,88 m
  • Queen Size: 1,58 x 1,98 m
  • King Size: 1,86 x 1,98 m / 1,93 x 2,03 m

É importante reforçar, no entanto, que alguns fabricantes podem ter medidas especiais. Vale a pena fazer uma consulta!

As arquitetas orientam, ainda, que as medidas do colchão precisam ser dois centímetros menores do que as da cama tradicional. Assim, a peça vai se encaixar corretamente ao móvel.

Densidade ideal para o seu colchão

A quantidade de espuma usada em um colchão por m³ vai determinar a densidade da peça. Mas na hora de saber como escolher um colchão, por que a densidade é importante?

É simples! Por meio da densidade do colchão, você vai descobrir se a peça aguenta o seu peso ou não. Na descrição do produto, haverá a letra D (que representa a densidade). Quanto mais pesada for a pessoa, mais alta deve ser a densidade do colchão.

Se for um colchão de solteiro, basta avaliar a densidade em relação ao peso corporal da pessoa que vai dormir nesta peça. Por outro lado, para saber a densidade ideal de um colchão de casal, a sugestão das especialistas é fazer o cálculo do peso e da altura média do casal e do peso da pessoa com mais massa corporal.

Uma sugestão para encontrar a densidade ideal é procurar na tabela de biotipos do INER (Instituto Nacional de Estudos do Repouso) e verificar a densidade mais indicada para o seu caso. No momento da compra, caso você ainda tenha dúvidas, a equipe de atendimento da loja poderá te ajudar.

Prazo de validade

Muita gente não sabe, mas, assim como outros produtos, o colchão também possui prazo de validade - ele fica descrito na própria peça. Faça essa verificação antes da compra!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]