Estantes giratórias são solução para home office integrado com sala

Assinado pela arquiteta Consuelo Jorge, projeto de home office se integra ou se isola da sala de estar a partir do posicionamento das estantes pivotantes

Fotos: Fran Parente

por Aléxia Saraiva

02/08/2019

compartilhe

Múltiplos livros e obras de arte eram prioridade no projeto de interiores desenhado pela arquiteta Consuelo Jorge para um apartamento em São Paulo, no qual moram mãe e filha adolescente. Por isso, eles deveriam estar em evidência ao mesmo tempo em que a casa fosse acolhedora, fazendo com que ambos os objetivos — família e arte — estivessem em sintonia.

Inspirada pela obra cinética de Abraham Palatnik, que trabalha movimento e jogos de luz, a arquiteta criou estantes giratórias que concentram esses objetos e separam o home office da sala de televisão, movidas apenas ao toque.

Foto: Fran Parente

“O foco era poder abrigar obras de arte em um ambiente moderno, arrojado, sem deixar de lado o aspecto lúdico do lar e do aconchego, valorizando toda a história de vida da moradora”, conta Consuelo.

Para isso, ela colocou as estantes onde antes ficava uma parede que separava dois quartos. Assim, ela deu nova vida aos ambientes e criou uma separação opcional que auxilia na concentração quando ambos os espaços estão sendo usados.

Foto: Fran Parente

Dialogando com a arte, o escritório também levou peças assinadas. Compõem o ambiente a escrivaninha Quilombo, de Arthur Casas, e a poltrona Commander, de Jorge Zalszupin.

LEIA MAIS

Móveis multifuncionais e upcycling transformam apê de 50m²

Sala de estar abriga home office compartilhado por mãe e filha sem perder ares de casa de vila

Jabuticabeira dentro de casa? Saiba como ter a sua

Seis hotéis com decoração inspirada no mundo da literatura

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você