Cadeira de balança preta com assento em palha.
A Idea Store resgatou as cadeiras de palha feitas de forma artesanal no interior do estado.| Foto: Reprodução/Idea Store

Se há um móvel que nos traz memória afetiva, esse móvel é a cadeira de balanço. Se há alguns anos ela era onipresente na casa das avós e avôs, por um tempo, virou um item esquecido.

Com a tendência da busca pelo conforto e mais preocupação com a decoração da casa, marcas de móveis começaram a olhar para ela com mais atenção. "As pessoas estão gastando mais tempo e recursos com a casa. Gostam da cadeira de balanço mas queriam algo mais moderno, não tão rústico", diz a designer de produto Maureen Koop, da marca Meu Móvel de Madeira (MMM), que conta com um modelo em seu portfólio, pensada para espaços mais compactos.

Siga HAUS no Instagram

A metragem enxuta dos apartamentos e casas, aliás, é um fator apontado por Maureen como impeditivo para um crescimento ainda maior dessa tendência. "Isso acaba atrapalhando. Muitas pessoas viam a cadeira na nossa loja, se apaixonavam mas acabavam não levando pela falta de espaço", conta.

De qualquer forma, a designer indica algumas adaptações: se você deseja uma cadeira de balanço, coloque ela em um algum canto especial da casa, ou como protagonista na sala de estar.

Além da MMM, várias marcas relançaram esse clássico em novas versões.E tem para todos os gostos: desde as elegantes e estofadas, passando pelas feitas em fio plástico até os modelos "raiz", com assento em palha.

Confira a seleção da HAUS:

Modernistas

 Foto: Reprodução/Site Desmobilia.
Foto: Reprodução/Site Desmobilia.

A Desmobilia resgatou o design da cadeira clássica de varanda, muito utilizada nas casas modernistas dos anos 1950 e 1960, para uma versão em balanço. As linhas sinuosas trazem conforto e o material maciço da estrutura confere resistência ao produto, que tem 10 opções de cores. Preço: R$ 1.280 no site da marca.

Criada nos 1950, a cadeira Acapulco é um dos ícones do design mundial; é tão atemporal que ganhou a sua versão em balanço, vendida pela Westwing, produzida em fibra natural. R$ 469,90 na loja online.

Foto: Reprodução/Westwing Now.
Foto: Reprodução/Westwing Now.

Estofadas

Para ambientes internos como salas e quartos, a cadeira ganha todo o conforto do estofado, mas mantém o lúdico do balanço e pode compor com o restante do ambiente, ou, ser o "móvel destaque", por exemplo.

A catarinense Idea Store tem em seu portfólio a poltrona Smith, feita em madeira maciça de tauri com assento e encosto ergonômicos revestidas em tecido de algodão, com cinco opções de cores. Preço: A partir de R$ 854,23, no site.

Foto: Reprodução/ Site Idea Store.
Foto: Reprodução/ Site Idea Store. | Neuza Soares

A Meu Móvel de Madeira apostou em um estilo moderno e clean para a Cadeira de Balanço Comoditá, para que ela se adapte em qualquer ambiente, desde a sala de estar ao quarto das crianças. Produzida em madeira de eucalipto, as almofadas do encosto e do assento (em tecido de algodão, poliéster e linho) podem ser retiradas, facilitando a limpeza. Disponível na cor bege. R$ 899,10 no site.

Foto: Reprodução/Site Meu Móvel de Madeira.
Foto: Reprodução/Site Meu Móvel de Madeira.

Com estrutura em imbuia maciça e acabamento com capitonê, a Poltrona VK da Desmobilia se destaca em qualquer ambiente e é projetada para suportar até 130 quilos. O acabamento fica a critério do cliente: couro natural, couro estonado ou tecido. A partir de R$ 4.600, no site.

Foto: Reprodução/Site Desmobilia
Foto: Reprodução/Site Desmobilia

"Raiz"

Palha e vime são os materiais que mais remetem àquelas cadeiras da "vovó", geralmente colocadas na área externa da casa, ou em algum canto da cozinha. A Idea garimpou essas cadeiras feitas no interior de Santa Catarina de forma artesanal, com palha trançada manualmente. Com sete opções de cores, a marca deixou a madeira desagastada para remeter justamente ao antigo. No e-commerce da loja, por R$ 719,57.

| neuza

A "rede cadeira" é uma outra opção para quem prefere materiais naturais mas quer dar uma cara mais moderninha para a cadeira de balanço. Este modelo da Etna é todo feito em corda marrom e é pendurada ao teto, trazendo imponência e aconchego. No site por R$ 299,90.

Foto: Reprodução/Site Etna.
Foto: Reprodução/Site Etna.

Design assinado

Peça do designer de interiores paulista Pedro Mendes, conhecido por seu estilo atemporal, a cadeira de balanço Cariri é fabricada em madeira maciça Taeda com assento em corino. O acabamento rústico é aplicado manualmente, o que traz a autenticidade da madeira de demolição. Na Muma, por R$ 1.841,40.

Foto: Reprodução/Site Muma.
Foto: Reprodução/Site Muma.

Idealizada para o Concurso Internacional de Design de Móveis de Baixo Custo em 1948, a cadeira Eames virou um ícone em todo o mundo, e é reproduzida em diversas versões e cores; o modelo de plástico também conta com a opção em balanço, com a base em madeira eucalipto e estrutura metálica. Na Mobly, por R$ 432,62.

Foto: Reprodução/Site Mobly.
Foto: Reprodução/Site Mobly.
1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]