Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Rebeldia, ousadia e energia: tendências de decoração para 2022
| Foto: De Gournay/Divulgação

A partir de 1º de fevereiro o mundo entrará no Ano do Tigre, segundo o horóscopo tradicional chinês. Portanto, um ano de ousadia, rebeldia, energia e luxo, características que também devem aparecer nos projetos de interiores. E essa probabilidade fica ainda mais forte porque desta vez será um ano de tigre da água, um dos elementos mais imprevisíveis e que está mais ligado às emoções. “É o elemento mais forte, mais que o fogo, porque pode contornar qualquer obstáculo em seu caminho e não perde sua natureza, sua essência”, escreve a astróloga Susan Levitt no livro “Astrologia Taoísta: Um Guia da Autêntica Tradição Chinesa”. Confira logo a seguir algumas das principais tendências que vão dominar os espaços em 2022!

| De Gournay/Divulgação

Mais, mais e mais

| De Gournay/Divulgação

Depois de tanto confinamento, a natureza estéril do minimalismo cai fora. A consagração do maximalismo é uma aposta da revista "Architectural Digest", que defende que mais pessoas estão ousando com decorações extravagantes e trazem uma energia divertida sem arrependimento. “Embora as paletas pastel mostrem e tenham iniciado um toque de delicadeza, o momento de dizer ‘eu tenho uma voz com um ponto de vista’ é agora”, explica o editor Sydney Gore. “É o começo de uma nova Renascença no design, e veio para ficar. Prepare-se para ver um pouco de surrealismo e de gótico medieval”, aponta o jornalista.

Nostalgic Recharge

handmade workshop for the repair and renovation of antique wooden furniture, painting drawers or tables
handmade workshop for the repair and renovation of antique wooden furniture, painting drawers or tables| Bigstock

A nostalgia nunca esteve tão em alta. Ela aparece de diversas formas no design de interiores desde a pandemia e promete permanecer pelos próximos anos. Ela emergiu quando o mundo precisou resgatar memórias para aguentar o caos da pandemia. Afinal, o passado é um lugar mais seguro e aconchegante, como explicam a publicitária Ana Luiza Magalhães e o designer industrial Marlon Chiumento, do escritório italiano SOMA_studiomilano, que produzem estudos de tendências e de comportamento para marcas globais.

tendências
Woman doing crafts with antique furniture. Furniture restoration. handmade.| Bigstock

“É uma questão afetiva, de nostalgia com a natureza, se vendo como parte dela e não mais como algo externo à natureza”, afirmam. E essa tendência aparece em tudo que é feito à mão, de forma artesanal, resgatando a herança cultural das comunidades também. O relatório de tendências do Pinterest vai na mesma toada e destaca que “o passado vai decorar o futuro”, com muita inspiração no mundo grego antigo, particularmente, além da valorização do que é local.

tendências
| Pinterest/Divulgação

Verde é o novo cinza

tendências
| Sherwin-Williams/Divulgação

Não interessa o tom. O verde é a cor do ano, apesar do que diga a Pantone. Empresas como Benjamin Moore, Sherwin-Williams e Behr mostram que o verde traz um senso de tranquilidade e rejuvenescimento para os espaços, seja cozinha, banheiro, quarto, sala ou escritório. Além de fazer parte do processo de se reconectar com a natureza.

| Sherwin-Williams/Divulgação

Formas geométricas

| Pinterest/Divulgação

O estudo do Pinterest mostra que a procura por xadrez está se multiplicando, seja nas estampas das roupas, nos tapetes ou até no piso da cozinha. Esse padrão clássico vai ganhar novos usos. Mas também as outras formas geométricas, homenageando especialmente os grids, como resultado da imersão cada vez maior das sociedades no mundo digital com NFTs, metaverso, entre outros, como reforça a designer Hanna Ali para o "Architectural Digest". Principalmente em azulejos e papéis de parede, devemos ver grids cada vez mais presentes. No mundo do mobiliário, porém, formas cada vez mais arredondadas e gentis, com estruturas que lembram a linguagem dos anos de 1970, com ares retrô.

tendências
| Pinterest/Divulgação

Goblincore

tendências
| Vice/Reprodução

O movimento que começou no mundo digital e que exalta seres fantásticos e a natureza ganha cada vez mais representatividade na decoração. Hoje o termo define um novo tipo de biofilia: pessoas que gostam de curtir a natureza com uma pegada kitsch e colecionar objetos antigos ou vintage. Significa, portanto, abraçar um modo de vida mais eco-friendly, com quase tudo inspirado na natureza. A paleta terrosa obviamente fica em destaque!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]