PUBLICIDADE

6 dicas de como aproveitar melhor o espaço em banheiros pequenos

Espelhos, móveis coloridos, proporções: as arquitetas Amanda Minello e Maika Danno elencaram seis formas de melhorar um banheiro pequeno sem precisar derrubar paredes

Foto: reprodução/Pinterest

por HAUS

13/03/2018

Os banheiros não costumam ocupar uma grande metragem nas residências. Por conta disso, muitas vezes eles se tornam um problema na organização e no funcionamento da casa.

Para ajudar a resolver esse problema, as arquitetas Amanda Minello e Maika Danno, da plataforma de arquitetura ArkDek, listaram seis dicas para ajudar a otimizar o espaço desses ambientes sem precisar derrubar paredes. Confira!

Espelhos

A maior estratégia para aumentar a sensação de amplitude de um ambiente são espelhos. Além de úteis, eles ajudam a complementar a decoração. Minello e Danno só alertam para que o espelho seja colocado em lugares que façam sentido — em algumas situações, o ambiente pode se tornar confuso.

Foto: Reprodução/Pinterest

LEIA MAIS

O que NÃO se deve guardar no banheiro

É tendência: decorar banheiros com elementos de outros ambientes da casa

Nichos & prateleiras

Foto: reprodução/Pinterest

Todo espaço é útil! Nichos e prateleiras nas paredes ajudam a aproveitar cantos inutilizados e a acomodar todos os itens do banheiro. Embora sejam mais decorativos, ocupam menos espaço e ajudam a acomodar todos os itens do banheiro. Armários projetados sob medida costumam ser maiores, mas são extremamente úteis, já que têm mais capacidade de armazenamento. Vale a pena considerar quais as necessidades dos moradores antes da decisão.

Foto: Reprodução/Pinterest

Iluminação

Junto à regra do espelho, a iluminação ajuda a aumentar a sensação de amplitude. Mas, nesse caso, é bom estudar a disposição dos móveis para não ter resultados inesperados. “Em cada caso, é analisado o layout — disposição das louças, box, espelho, circulação — e calculada a quantidade de luz necessária, o seu tipo e a distribuição para que não faça sombra no rosto de quem se arruma no espelho“, dizem as especialistas.

Foto: Reprodução/Pinterest

Formas menores

Foto: Divulgação/Dean Bradley

Segundo as arquitetas, azulejos menores são mais aconselhados por não ficarem desproporcionais ao tamanho do ambiente. “Um porcelanato 90 x 90 cm ficaria extremamente desproporcional em um banheiro de 2 a 3 m², reforçando a sensação de lugar apertado”, explicam.

Também é importante reforçar que há revestimentos específicos para o banheiro e para o espaço reservado ao chuveiro, e que portanto precisam ser resistentes à água e à umidade. Também é aconselhável o uso de azulejos que não escorregam.

LEIA MAIS

Curitiba celebra o Dia do Design Italiano; veja quem marcou presença

Proporção

Foto: Reprodução/Pinterest

Não existe um modelo específico de vaso ou cuba para adotar em banheiros pequenos. Por isso, a dica da proporção vale nesse caso: itens grandes e que ocupam mais do que o necessário deixam o ambiente com sensação de apertado. Cubas de semi-encaixe e cubas de apoio são algumas das soluções que as arquitetas apontam ajudar nesse caso, pois liberam mais espaço na bancada.

Cubas de apoio liberam mais espaço na bancada do banheiro. Foto: Divulgação/Royal Roulotte

Cores fortes

As cores fortes e vibrantes estão liberadas para serem usadas nos banheiros, mas com certa moderação. As arquitetas aconselham usá-las em pontos específicos, com destaque. A abundância de cores tende a pesar o ambiente. A regra é: cores fortes em detalhes, cores claras no restante.

Foto: Reprodução/Pinterest

LEIA MAIS

PUBLICIDADE