Brasileiros vão para a Alemanha receber o “Oscar” do design

Cerimônia de premiação do iF Design Awards 2019 aconteceu em Munique na última sexta-feira (15). HAUS acompanhou a premiação com exclusividade

Designers brasileiros marcaram presença na entrega do iF Design Awards em Munique. Da esquerda para a direita: Paula Langie, Bruna Albuquerque, Letícia Castro (diretora do CBD), Valkiria Pedri. O diretor de projetos do iF Frank Zierenberg (agachado), Daniel Kroker, Bruno Camargo, Gustavo Giorgi e Elisa Tramontina. Foto: Verena Vötter / iF Design Awards / Divulgação

por Daliane Nogueira*

18/03/2019

compartilhe

Todos os anos quando os vencedores do iF Design Awards são anunciados, a notícia dos produtos premiados vem acompanhada da explicação sobre a importância do certame para a área de design. Na cobertura de HAUS costumamos afirmar que este prêmio é o equivalente ao Oscar para o cinema. E não há nenhum exagero em tal comparação.

Na última sexta-feira (15), a Gazeta do Povo, por meio de HAUS, foi o único veículo brasileiro a acompanhar a cerimônia de entrega da 65ª edição do prêmio. O evento aconteceu no BMW Welt, um dos prédios contemporâneos mais imponentes de Munique, na Alemanha. A construção é simbólica para a marca e para a cidade. Nas dependências do Welt a BMW mantém uma espécie de galeria onde as ‘obras de arte’ são os carros.

Foto: Wikimedia Commons/Reprodução

Neste cenário bastante elegante e em uma cerimônia conduzida com desenvoltura e bom humor pelo CEO do iF Design Ralph Wiegmann desfilaram designers, arquitetos e outros profissionais ligados à criação em grandes empresas pelo mundo. Entre as mais de duas mil pessoas presentes estiveram alguns dos brasileiros premiados em 2019.

O CEO do iF Design Awards Ralph Wiegmann. Foto: Roman Thomas/iF Design

De acordo com Letícia Castro, diretora do Centro Brasil Design (CBD), que esteve na Alemanha acompanhando o evento, a taxa brasileira de conversão de inscrições em prêmios é considerada alta, chegando, na média dos últimos anos, a cerca de 30%. “Todos os anos temos um número significativo de brasileiros. Dentro do iF estamos entre os 10 mais premiado do mundo, o que reforça a importância do design brasileiro”, explica Letícia. O CBD, com sede em Curitiba, é a entidade autorizada pelo iF Design a representar o prêmio no Brasil. “Uma das grandes características que a gente tem é a criatividade. Por vezes os designers enfrentam restrições orçamentárias e nesse cenário a criatividade é ainda mais importante”, diz.

Grupo Brasileiro que foi até Munique para receber a certificação e acompanhar o prêmio. Ao centro, com as mãos no bolso, a jornalista Daliane Nogueira.
Foto: Verena Vötter / iF Design Awards / Divulgação

O país levou para casa 16 certificações em 2019 nas áreas de design de produto, embalagens, design gráfico e de serviço. Na área do design de móveis o Brasil, há vários anos, tem um grande destaque, até pela tradição do mobiliário brasileiro. De acordo com Letícia, o que o CBD vem observando com alegria o desenvolvimento brasileiro nas outras disciplinas premiadas pelo iF, como a arquitetura e o design de embalagens e comunicação.

Dos 16 projetos brasileiros premiados, cinco tinham representantes na Alemanha. Conheça detalhes dos projetos que a partir de agora poderão usar o selo iF Design Awards para sempre.

Foto: Roman Thomas/iF Design

Resgate de uma tradição

Embalagens de madeira fazem parte da história da família do jovem designer curitibano Bruno Camargo. Seu avô que emigrou da Europa para o Brasil na primeira metade do século passado, desenvolveu, no bairro Umbará em Curitiba, uma pequena fábrica que produzia as barrica de madeira para armazenar o chá vendido pela Leão Júnior.

Agora Bruno recebeu o prêmio de design pela linha Pipot, que se propõe a embalar, em uma caixa de madeira, bebidas e produtos alimentícios finos como queijos e vinhos. “Mas o Pipot pode também ser uma embalagem para joias e outras peças raras”, pontua. Ele acredita que seu projeto atualiza para a realidade comercial dos dias de hoje o que seu avô fez ao desembarcar por aqui.

A linha de embalagens Pipot, assinada por Bruno Carmargo. Foto: Divulgação

Para o projeto Bruno desenvolveu uma técnica construtiva a fim de chegar ao resultado final do produto. “Criei uma máquina para trabalhar a madeira em lâmina sendo possível dar uma forma para o material sem que apareça a junção, o que confere um acabamento muito melhor”, relata.

Para o designer, ter o prêmio em mãos será importante para ir em busca de parcerias e também de novos projetos. Ele aproveitará a viagem para visitar produtores de queijos e vinhos em alguns países da Europa e finaliza sua expedição no Salão Internacional do Móvel de Milão na segunda semana de abril.

Azulejos com identidade

A arquiteta paulista Bruna Albuquerque tinha interesse por revestimentos cerâmicos ainda durante sua formação e notava a falta de produtos com padrões únicos, mais elaborados, no mercado. Deste pensamento nasceu, há 9 anos, a Lurca Azulejos. “A aplicação de padrões geométricos em azulejos é algo que sempre me interessou e o trabalho em serigrafia permite a entrega de uma linha de azulejos de design”, afirma.

As peças ganhadoras são da coleção “Vento”, formada por quatro padrões. “A conquista do prêmio significa a confirmação do trabalho que tenho desenvolvido. Penso que a repercussão será positiva para a o amadurecimento ainda maior  da Lurca e facilitará o estabelecimento de parcerias”, prevê.

Imagem: Reprodução/Lurca

Embalagem que comunica

Design e comunicação são áreas absolutamente correlatas. E observar os produtos de design premiados no iF Design nas categorias que envolvem embalagens só reforça essa ideia.   É o caso das novas embalagens para as linhas de eletrodomésticos portáteis da Toshiba. As caixas foram desenvolvidas por Daniel Kroker e Valkiria Pedri, da Arbo Design, de Curitiba e oferecem mais do que proteção para o produto adquirido, elas fazem a comunicação no ponto de venda, uma vez que o layout permite que várias caixas empilhadas se transformem em um painel.

“Procuramos trabalhar com inovação ainda que o processo de produção seja tradicional. Entre os pontos a serem destacados está o uso de um acabamento em uma das faces que permite a inclusão de instruções em braile, garantindo a inclusão e acessibilidade”, pontua Daniel.

A dupla já havia se inscrito no iF mas na categoria de produto, por outro projeto. “Ficamos surpresos e satisfeitos em conquistar na área de embalagem”, diz Valkiria, que acredita no design de experiência e de serviço como um campo com muito potencial de crescimento no Brasil.

Design e arte

A gaúcha Paula Langie, usa sua dupla formação: em design e artes visuais, para entregar um trabalho ainda mais completo e complexo para os clientes que atende na Néktar Design. Ela tem uma especial relação com o desenvolvimento de identidade visual para a área artística e conquistou seu segundo IF Design Awards em 2019 com o conceito e as peças criadas para a 11ª Bienal do Mercosul que aconteceu em Porto Alegre em 2018. A premissa do projeto foi mesclar as cultuas do Brasil e apresentá-las em peças visuais.

“Da primeira vez que estive na Alemanha recebendo um prêmio do iF foi para o trabalho visual feito por ocasião dos 10 anos da Néktar Design. Então era um prêmio onde eu era a cliente. Eu fico extremamente feliz que um produto artístico receba esse reconhecimento”, comemora.

Foto: Reprodução

Paula já experimentou o resultado de uma premiação como o IF. “Conquistei clientes que me contrataram a partir da repercussão do primeiro IF em 2016. Além disso, penso que estar aqui, conviver com designers do mundo todo é adquirir conhecimento e tudo vira repertório para novos projetos.”

A difícil missão design no Brasil

Gustavo Giorgi, da Design Único, é um profissional já bastante testado na indústria e atualmente desenvolve produtos para a gaúcha Tramontina.  Ele é enfático em afirmar que o recebimento do troféu do iF é o resultado de ao menos dois anos de trabalho. “A questão mais complexa no design de produtos é o gerenciamento de vários atores da produção. Um exemplo desse projeto: foram inúmeros dias colocando o despertador para tocar no meio da madrugada, a fim de entrar em contato com a fábrica que faz a ampola da garrafa lá na China”, relembra o criador da linha de garrafas térmicas Exata Airport.

Foto: Divulgação

As peças têm alça embutida, estética que o mercado de garrafas ainda não tinha. “É preciso registrar que a indústria para a qual eu trabalho não bloqueia a criatividade e desenvolvimento dos designers. Há um grande apoio para a área de design e esta filosofia sem dúvida contribuiu para esta conquista”, conclui.

Sobre o futuro do design no Brasil, Gustavo acredita que o país está em um processo. “Ainda leva-se tempo para convencer um cliente de que é necessário fazer diferente. E fazer diferente não é fácil, fácil é fazer o comum. O design brasileiro tem o seu valor, temos um olhar muito diferente, então precisamos ter um pouco mais de aposta, investimento e crença no que fazemos todos os dias”, conclui.

Lista completa dos premiados brasileiros no iF Design Awards 2019 

PRODUTO

Projeto/Design/Empresa

Thermal Box – Soberana / Soprano /Soprano

Nord / lumini / lumini

Fina / lumini / lumini

MyCitySmart – Edge Smart Bench / Indio da Costa A.U.D.T / METALCO

Exata Airpot / Design Único / TRAMONTINA S/A

Wind Collection / Lurca Ceramic Tiles / Lurca Ceramic Tiles

Moi / DOIMO BRASIL / DOIMO BRASIL

Mix&Match / Docol Metais Sanitários Ltda / Docol Metais Sanitários Ltda

Ambifresh Technology / Tramontina Teec SA / Tramontina Teec SA

 

EMBALAGEM

Projeto/Design/Empresa

PIPOT / Bruno Camargo / Embalare

Toshiba Appliances Global Packaging Family / ARBO design / Toshiba Home Appliances

Malbec Signature Fragrance / Chelles & Hayashi Design / O Boticário

 

COMUNICAÇÃO

Projeto/Design/Empresa

YAS – Incredibly Natural Soda / Pharus Bright Design / Coca-Cola Brasil

11ª Bienal do Mercosul / Néktar Design / Fundação Bienal do Mercosul

Mercado Da Boca / Greco Design / Mercado Da Boca

 

DESIGN DE SERVIÇO

Projeto/Design/Empresa

Itaú Keyboard / Itaú Unibanco S. A. / Itaú Unibanco S. A.

 

As inscrições para a edição de 2020 já estão abertas e podem ser feitas nesse link.

*A jornalista viajou a convite do iF Design Awards.

LEIA TAMBÉM

10 lançamentos surpreendentes da ‘fashion week’ da arquitetura para ter em casa

 

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você