Com formatos incríveis, móveis de fibrocimento unem rusticidade e elegância

Fórmula desenvolvida pela empresa suíça Swisspearl na década de 1950 vem permitindo a elaboração de peças únicas, sustentáveis e com design fluído

Foto: Divulgação

por Luciane Belin*

24/01/2019

compartilhe

A receita até parece simples: cimento, calcário pulverizado, fibrose, água e ar. Aplica-se a mistura sobre um molde preparado para isso e, depois de secar, as peças são lixadas, recebem o acabamento preferido e estão prontos seus móveis de fibrocimento. A realidade, claro, é que o processo todo para a produção dos móveis marcados pela rusticidade e elegância desenvolvidos pela marca suíça Swisspearl é bem mais elaborado do que isso e vem sendo aprimorado desde a década de 1950.

A empresa vem conquistando cada vez mais espaço mundialmente pelas estruturas residenciais e móveis construídos com o fibrocimento – um tipo de cimento composto que utiliza materiais como a fibrose e o calcário pulverizado para criar a densidade e leveza adequados para se chegar ao tipo de produto desejado.

>>>> Cidade paulista pinta ruas de azul para diminuir calor

Desde que o fundador da Swisspearl, o ex-marceneiro Willy Guhl, desenvolveu o processo de elaboração do material, em 1954, a técnica passou por várias etapas de aperfeiçoamento até chegar ao que é hoje. Além de finas e resistentes, as peças são sustentáveis, já que podem ser recicladas e transformadas, devido às características do material.

Foto: Divulgação

Para criar peças ainda mais exclusivas, a marca convidou designers do mundo inteiro para desenhar móveis e acessórios utilizando o fibrocimento, resultando em peças como a The Seater. O mobiliário projetado pela arquiteta eslovena Tina Rugelj possui espaço para sentar e para apoiar objetos e pode ser fabricado com o assento do lado esquerdo ou direito. Além disso, também é possível juntar dois Seaters espelhados, formando uma espécie de poltrona.

A peça The Seater pode ser integrada a outra espelhada, formando uma poltrona. Foto: Divulgação

A Cloth Table, desenhada por Matteo Baldassari, é outro dos produtos que integra um design exclusivo ao método de fabricação a partir do fibrocimento. A base da mesa é feita com o material por meio de um molde 3D e o tampo é de vidro. Veja no vídeo abaixo o processo completo de fabricação.

>>>> 7 destaques da Maison & Objet, maior feira francesa de decoração

A designer suíça Julia von Sponeck também assinou uma linha com seu nome, composta pela Sponeck Chair e a Sponeck Desk. Resistentes à chuva e ao sol, as peças também podem integrar ambientes externos, como varandas e jardins.

A Sponeck Chair foi assinada por uma designer suíça. Foto: Divulgação

Já o design industrial francês Nicolas Lemoigne, por sua vez, assinou o Trash Cube Stool, com a ideia de criar algo funcional aproveitando pedaços de fibras de cimento. O cubo pode ser usado como pufe ou banco e pesa 48 Kg.

Um cubo de fibrocimento assinado pelo francês Nicolas Lemoigne. Foto: Divulgação

>>> Por 50 euros, mais de 10 mil pessoas viram donas e ‘salvam’ castelo francês do século 15

A criatividade também pode ser exercida na hora de elaborar um mobiliário de fibrocimento para guardar livros ou usar como estante da sala. A Tetris Shelf, assinada pelo escritório de design suíço Fries & Zumbühl, permite o desenvolvimento de paredes inteiras de estrutura adaptável.

Uma das composições com a Tetris Shelf. Foto: Divulgação

Outros produtos desenvolvidos pela marca são cadeiras, bancos, vasos de plantas com diversos formatos, além de objetos decorativos. Apesar de ter representantes em vários países e quase todos os continentes, a Swisspearl ainda não comercializa seus produtos no Brasil.

As peças são moduladas e podem ser compostas conforme a necessidade, o espaço e a criatividade do usuário. Foto: Divulgação

*Especial para Haus

LEIA TAMBÉM


Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você