i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Eles fazem os tapetes mais bonitos do mundo

  • PorLuan Galani
  • 24/08/2017 08:00
Fotos: Moooi/Divulgação
Fotos: Moooi/Divulgação| Foto:

A Moooi é sempre sinônimo de surpresa. Mais do que dar forma a peças superautorais de maneira corajosa e com acabamentos primorosos, a marca holandesa de tapetes, mobiliário, iluminação e decoração vive uma cruzada de levar o efeito surpresa para as casas das pessoas. Um design pensado para despertar emoções e ser aquele toque mágico que pode iluminar seu dia.

Criada em 2001 pelos ícones Marcel Wanders e Casper Vissers para “chacoalhar o setor”, a marca escolheu Robin Bevers como seu novo CEO no ano passado. Bevers nasceu na Holanda, mas fez toda sua educação formal na Espanha. É economista de formação e por muitos anos trabalhou em diversas multinacionais, até ser escolhido em 2005 por Wanders para participar ativamente no desenvolvimento da Moooi.

HAUS entrevistou Bevers com exclusividade. Confira!

Robin Bevers, CEO da Moooi.
Robin Bevers, CEO da Moooi.

Em que consiste a linguagem estética da Moooi?

Desde o início a Moooi tem sido uma plataforma para os designers. E ela tem se tornado cada vez mais diversa para oferecer uma experiência de estilo de vida. Em um tipo de harmonia rebelde, nos tornamos uma marca cada vez mais sexy, criativa e de luxo.

Como vocês interpretam o luxo hoje no design de interiores e no design?

Existem muitas definições. Mas a maioria envolve qualidade, técnicas artesanais e bons materiais, mas o luxo para a Moooi também demanda emoção. Você não sabia que precisava disso, mas, uma vez que você o tem, não consegue viver mais sem. É o inesperado. Na Moooi focamos em tornar o mundo mais belo, excitante e inspirador. De modo que as pessoas possam ter uma vida extraordinária. Esse é o luxo real.

Ideia principal da marca é criar o inesperado, causar uma emoção não programada.
Ideia principal da marca é criar o inesperado, causar uma emoção não programada.

O que o design pode aprender de outras formas de arte?

O mundo das artes compartilha dos mesmos valores. Em particular, eles consideram importante a criatividade e a originalidade. Na indústria do design nós poderíamos abusar um pouco mais do valores do mundo das artes. Um colecionador de arte nunca consideraria comprar uma peça falsa ou uma cópia. Eu gostaria que todos os consumidores de design pensassem da mesma forma. Aqui nós nos esforçamos para ficar o mais perto possível da nossa comunidade criativa, além de conhecer e defender a ética e os princípios dos designers.

A Moooi é muito conhecida pelo seu toque fun ao design. Quão importante é esse tipo de humor no design?

Não acho que usamos humor. O humor fica velho e antiquado depois de um tempo, enquanto nós focamos em trazer uma alegria duradoura ao mundo. Talvez seja mais sobre criar o inesperado. É uma emoção e não há como programar isso. Você pode sentir quando caminha em algum ambiente criado por nós, como o Salão do Móvel em Milão ou em alguma das nossas lojas em Nova York, Amsterdã, Londres ou Tóquio.

Harmonia rebelde faz da Moooi uma marca de vanguarda, sexy, criativa e de luxo.
Harmonia rebelde faz da Moooi uma marca de vanguarda, sexy, criativa e de luxo.

Com a nova coleção de carpetes, vocês tentam trazer as tapeçarias novamente para as paredes. Que mudança é essa que vocês apostam para a decoração?

Nós apresentamos nossa coleção de carpetes baseada em inovação tecnológica de ponta. Por meio de uma técnica de alta resolução nós conseguimos produzir tapetes de tirar o fôlego com possibilidades sem limites. Foram um sucesso instantâneo pelo mundo. Claro que você pode colocá-los no chão. Mas são tão bonitos que colocamos eles nas paredes e todos pensaram que eram obras de arte.

Marcel Wanders é um dos fundadores da Moooi, mas também é reconhecido como um designer superoriginal. Para você, qual a característica dele mais importante que reforça a identidade da Moooi?

Marcel é um visionário. Inteligente e sensível, de modo que ele sempre está a nossa frente. E nós é que temos que correr atrás dele. Todas as ideias do Marcel são nossa base. O que fazemos é traduzir sua visão em estratégia e projetos.

"Não acho que usamos humor. O humor fica velho e antiquado depois de um tempo, enquanto nós focamos em trazer uma alegria duradoura ao mundo", declara Bevers.
"Não acho que usamos humor. O humor fica velho e antiquado depois de um tempo, enquanto nós focamos em trazer uma alegria duradoura ao mundo", declara Bevers.

Existe um próximo degrau do design? Qual o desafio hoje?

Claro. Sempre há o próximo nível. Para chegar lá precisamos tomar as escolhas certas. E fazemos isso se permanecermos verdadeiros a nós e fizermos todas as escolhas com nosso coração, e usarmos um pouco da cabeça para isso. Nós não olhamos para competição e não nos baseamos em pesquisas de marketing. Já existem companhias chatas o suficiente fazendo isso. No nosso mundo não há espaço para negócios chatos.

Há planos de uma loja oficial da Moooi no Brasil?

O espírito da Moooi combina muito bem com a cultura brasileira. Enriquecedora, excitante e criativa. O Brasil deveria ser nosso mais importante mercado. Felizmente temos revendedores em todas as principais cidades do país. A cada ano, quando olhamos os visitantes que conferem nossos lançamentos no Salão de Milão, ficamos felizes de ver um grande número de brasileiros. Já visitei Rio e São Paulo vária vezes, amo o Brasil e estou impaciente para uma próxima visita.

Eles fazem os tapetes mais bonitos do mundo

LEIA TAMBÉM

?Algumas tecnologias matam a humanidade?; leia entrevista exclusiva com o designer Philippe Starck

Como a arquitetura pode diminuir a solidão e a violência nas cidades

Unir artesanato e tecnologia é o caminho para o design

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.