Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Beco do Batman visto das alturas e intervenções artísticas são destaques da Vila Madalena na DW!
| Foto: Divulgação

Uma das regiões mais cool, jovens e boêmias de São Paulo, a Vila Madalena é também um distrito de design durante a DW! e este ano traz três instalações surpreendentes. A que tem arrastado uma multidão é a proposta da LAB88 -- marca especialista em instalações de porcelanatos de grandes formatos e aplicação de mosaicos, cimentícios, cobogós e vinílicos --, que abre as portas de sua nova sede na Rua Aspicuelta e leva os visitantes a 12 metros de altura por meio de uma plataforma elevatória para que se veja o Beco do Batman do alto, além de se conferir uma intervenção artística inédita do artista Alexandre Orion no telhado da casa da LAB88.

Plataforma eleva visitantes a 12m de altura para que possam visualizar a intervenção artística e também o Beco do Batman de cima.
Plataforma eleva visitantes a 12m de altura para que possam visualizar a intervenção artística e também o Beco do Batman de cima.| Divulgação

Acompanhe a cobertura em tempo real da DW! 2021

Além da obra de Orion no telhado, os interessados podem visitar as instalações e ver uma linha exclusiva de azulejos desenvolvidos pelo artista que estarão revestindo bancos da entrada e obras da série “Faces”. Essa série é composta por mais de 20 diferentes fisionomias, que podem ser homens, mulheres, binários ou não binários. São retratos em preto e branco com um toque de brasilidade e estética que remete ao cordel e à xilogravura, com um efeito contemporâneo que apresenta a beleza das feições humanas nas mais diferentes peles e penteados. Juntos, esses rostos formam um grande mosaico de diversidade. Até dia 10 é possível conferir a instalação (é preciso agendar o horário previamente). Para participar é necessário doar um livro paradidático e dois quilos de alimentos não perecíveis, que serão doados para instituições beneficentes.

Obras da série "Faces", de Alexandre Orion.
Obras da série "Faces", de Alexandre Orion. | Rodrigo J. Silveira/Divulgação

Tour de Bike por Pinheiros e Vila Madalena

A LAB88 também é o ponto de partida para o Bike Tour SP Vila Madalena e Pinheiros, um passeio cultural que passará pelos principais pontos dos dois bairros. São três circuitos por dia em grupos de 10 pessoas, saindo às 10h, 13h e 16h. Todos os tours contam com acompanhamento de um guia e neles serão disponibilizadas bicicletas elétricas, coletes e capacetes, que ganharam pinturas exclusivas. Foram convidados 21 artistas para pintarem os capacetes que estão sendo usados durante a semana. Depois do festival, eles serão vendidos e o dinheiro arrecadado será doado para quatro instituições sociais.

Tour de bike passa pelos principais pontos dos bairros Vila Madalena e Pinheiros.
Tour de bike passa pelos principais pontos dos bairros Vila Madalena e Pinheiros.| Divulgação

Os artistas envolvidos são: André Brunharo, Bárbara Goy, Célio, Clint, Cusco Rebel, Edu Cardoso, Evandro Angerami, Fábio Does, Ficko, Katia Suzue, Lanesky, Leonardo Henrique, Markone, Paulo O ́Meira, Pedro Henrique Moutinho, Reynaldo Berto, Ricardo Kaur, Rodrigo Sal, Samuel Caixeta, Senk e Victorone Mikalonis. Para fazer o passeio do Bike Tour SP o visitante também terá que se inscrever e agendar o seu horário.

Capacetes serão vendidos após o evento e terão renda revertida para instituições sociais.
Capacetes serão vendidos após o evento e terão renda revertida para instituições sociais.| Rodrigo J. Silveira

Artistas em ascensão customizam cadeiras da Vitra 

A 2121.design, que assumiu as operações da suíça Vitra no Brasil, uniu-se ao espaço Plexi para uma semana de exposição de arte urbana e intervenção dos artistas Danilo Cunha e R.Trompaz nas cadeiras Tip Ton, dos designers Edward Barber e Jay Osgerby, com curadoria do artista e criativo KinJin. O modelo é um ícone de design ao conciliar estética e função, trazendo um desenho que possui uma inclinação em alguns graus para frente, proporcionando ergonomia e melhorando a circulação nos músculos abdominais e nas costas.

 R.Trompaz em ação para sua intervenção na cadeira Tip Ton.
R.Trompaz em ação para sua intervenção na cadeira Tip Ton. | Luan Galani/HAUS

Os artistas Danilo Cunha e R.Trompaz inauguram uma exposição sob a ótica das lentes da arte e as influências da cultura urbana, fazendo um convite à reflexão sobre as questões sociopolíticas que emergiram nas periferias dos grandes centros urbanos no período pandêmico. A exposição fica aberta até 24 de novembro na Galeria Plexi.

 Danilo Cunha com a sua cadeira.
Danilo Cunha com a sua cadeira.| Luan Galani/HAUS

Criado com o intuito de ser um espaço multidisciplinar, voltado para pessoas que trabalham com novos modelos de negócios, o Espaço Plexi abriga uma praça, galeria de arte, cafeteria, coworking, materioteca, salas de reunião e sala para workshops.
Todos os ambientes são decorados com o mobiliário da Vitra, que encerrou as operações no início do ano no país e passou a ser representada com exclusividade pela 2121.design, marca criada por Lúcia Susuki, que estava à frente das atividades da Vitra no Brasil, dando continuidade às vendas e serviços da marca, tendo ainda sob o seu guarda-chuva grandes nomes como Magis e Belux.



Conteúdo editado por:Sharon Abdalla
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]