• Patrocínio: Schattdecor

Marca de mobiliário brasileira lança coleção assinada exclusivamente por mulheres

Coleção Ela, da Lider Interiores, foi apresentada nesta terça-feira (19) na Design Weekend de São Paulo

Foto: Lider/Divulgação

por Sharon Abdalla

20/08/2019

compartilhe

Ela. Mais do que um pronome, a palavra agora também é sinônimo de design. Pelo menos é o que propõe a Lider Interiores, marca brasileira de mobiliário com mais de 70 anos de mercado. A empresa, que tem sede em Minas Gerais, lançou nesta terça-feira (19) na DW! – a design weekend de São Paulo – sua primeira coleção desenhada exclusivamente por mulheres.

Idealizada por um dos diretores criativos da marca, André Bastos, do Nada se Leva, a coleção convidou nove profissionais a criar peças que representassem as mulheres como intérpretes de suas histórias. O resultado: 14 trabalhos que mesclam texturas, volumes e materiais em móveis e objetos decorativos carregados de simbolismo.

“A Lider é uma empresa que tem muitas mulheres em sua história, como a dona Luziária, co-fundadora da empresa, suas duas filhas [que também atuam no negócio] e as dezenas de mulheres que ocupam cargos de gestão. Sentimos, então, que tudo isso legitima a empresa a fazer este lançamento”, conta Tiago Nogueira, diretor de marketing da Lider.

“O que a Lider está fazendo é dar visibilidade a um movimento de empoderamento, a algo já existente. As políticas de afirmação são importantes. E, se uma indústria coloca isso de forma visível, ela está cumprindo um papel social dentro deste universo que é de preconceito, se você analisa a sociedade de forma geral. Cada um tem que pensar dentro da sua estrutura a como ajudar a vencer esses preconceitos”, destaca a arquiteta Isabela Vecci.

A coleção

O processo de criação das peças foi independente, sem trocas ou encontros entre as designers por trás de suas concepções. Mesmo assim, as linhas conversam e se complementam por meio de traços limpos, com toque contemporâneo. Confira quem são as profissionais e suas criações.

Ana Neute

Banco Botão. Foto: Lider/Divulgação

A arquiteta Ana Neute estreia no universo do mobiliário com a linha Botão – até então ela trabalhava exclusivamente com luminárias. Composta por mesa e banco com estrutura em metal, traz formas delgadas e diversas opções de acabamento para o tampo da bandeja, assim como para o estofamento.

“O nome da coleção remete ao movimento das mulheres de saírem do papel de costureira e dona de casa e irem para o mercado de trabalho. E também tem a brincadeira da estrutura, uma vez que o botão é o elemento que une as duas partes: a estrutura e a superfície”, explica.

Marina Dubal

Foto: Lider/Divulgação

Modular, o sofá Ária, assinado pela arquiteta Marina Dubal permite que a peça seja posicionada de acordo com o espaço disponível e a necessidade do morador. O mais extenso deles pode ser transformado em chaise a partir da movimentação do braço do estofado, com costura marcada em linhas retas.

Isabela Vecci

Banqueta da linha Órbita. Foto: Lider/Divulgação

A arquiteta Isabela Vecci também faz do volume das mesas um dos destaques da linha Órbita, composta por banco e banqueta. Com estrutura em metal, eles trazem a base do assento em madeira e tiras de couro com trançado artesanal, sobre as quais repousa o estofado em tecido. A mesa, giratória, inspira o nome da linha.

Cabideiro Garra. Foto: Lider/Divulgação

A madeira e o metal também aparecem no cabideiro Garra, outra de suas criações. Com ganchos e uma pequena bandeja, ele foi pensado para trazer praticidade a halls de entrada, quartos e closets. “A linha traz a ideia de que o móvel também pode ser como uma pessoa que carrega coisas, ser multiuso, customizável, o que dá à ela possibilidades de se apropriar dele de formas que eu nem planejei”, conta.

Glauciene Duarte

Foto: Sharon Abdalla/Gazeta do Povo

Linhas delicadas, porém resistentes, são a marca da poltrona e cadeira Ella, assinada por Glauciene Duarte. A designer, que é coordenadora do Estúdio Lider, apostou  nas formas curvas e no estofado slim do assento e encosto para dar o tom sutil das peças. A estrutura, por sua vez, é de tubo de inox, com opções de acabamento nas cores latão, ônix ou cobre.

Plataforma 4

Mesa Floresta. Foto: Lider/Divulgação

Quatro designers, um estúdio. Esta é a Plataforma 4, composta por Amélia Tarozzo, Camila Fix, Flávia Pagotti Silva e Rejane Carvalho Leite. Na coleção, elas assinam a mesa de jantar Floresta e a base de jantar Lago. A primeira tem como inspiração o tronco das árvores retratadas nas obras de Tarsila do Amaral. Já a segunda , também tendo o trabalho da pintora como referência, mescla madeira e metal em um design limpo e fluido, que permite a combinação de diversas dimensões de tampo.

Base Lago. Foto: Sharon Abdalla/Gazeta do Povo

“Escolhemos uma mulher que levou a linguagem do Brasil para o mundo para inspirar nosso trabalho. São peças com desenhos fortes, como o traço da Tarsila, que tem formas mais robustas”, aponta Camila Fix.

Maria Helena Emediato

Foto: Sharon Abdalla/Gazeta do Povo

A linha de Joias para Casa, assinada pela arquiteta Maria Helena Emediato, destaca o trabalho artesanal. As peças, que decoram mesas e paredes, são feitas com contas de cerâmica, material típico do Vale do Jequitinhonha, moldadas manualmente por artesãs e pintadas com pigmentos do norte de Minas Gerais. Cristais como turmalina negra, quartzo rosa e quartzo verde são usados para energizar e trazer proteção aos ambientes por meio das peças.

LEIA TAMBÉM

Design Weekend 2019: 10 eventos que você não pode perder durante a Semana de Design de São Paulo

Design autoral: 8 peças da principal feira do setor para decorar a casa

Sofá inovador é totalmente desmontável e cabe dentro de uma caixa

Seis tendências e 15 lançamentos da maior feira de decoração do país

Medalhas Olímpicas de Tóquio 2020 serão feitas a partir de celulares reciclados

 

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você