Tome um café e faça um passeio pela arquitetura cheia de história dessas 4 cafeterias

Siga nosso roteiro e conheça construções com diferentes linguagens arquitetônicas que guardam parte da história da cidade

Conheça nosso roteiro para tomar um café em locais com arquitetura interessante. Fotos: DIvulgação

por HAUS

05/08/2016

compartilhe

Que tal aproveitar esse fim de semana para um tomar um cafezinho especial? A qualidade dos produtos é inquestionável, mas o que torna algumas cafeterias irresistíveis é o lugar em que estão.

O charme histórico de casas e edifícios de diferentes épocas oferecem uma experiência sem igual. Não só de desfrutar visualmente dos detalhes arquitetônicos, mas de sentir como é ocupar, mesmo que temporariamente, ícones da arquitetura local.

Confira 4 cafeterias que têm a arquitetura histórica em seu DNA.

MON Café

Revitalização do café do MON trouxe a linguagem modernista do museu para dentro de suas instalações. Fotos: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Revitalização do café do MON trouxe a linguagem modernista do museu para dentro de suas instalações. Fotos: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Fotos do ambiente reformado do café do Museu Oscar Niemeyer para a Revista HAUS. Local: Museu Oscar Niemeyer. Rua Mal. Hermes, 999.

Peças exclusivas desenhadas pelo renomado estúdio paranaense Fetiche Design decoram o café e prestam homenagem ao arquiteto Oscar Niemeyer. Fotos: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

O café do Museu Oscar Niemeyer (MON) encabeça a lista porque está de cara nova. As instalações passaram por uma revitalização que prolongou para o seu interior a estética modernista da arquitetura de Oscar Niemeyer. Todas as mudanças transformaram o espaço para celebrar a identidade brasileira por meio do design.

O prédio é um ícone modernista e foi eleito em 2014 pela rede norte-americana CNN como um dos 20 lugares mais bonitos do Brasil. O anexo principal de linhas retas foi projetado no final da década de 1960 e inaugurado em 1978 sob o nome de Edifício Presidente Humberto Castelo Branco. Somente 23 anos depois é que as autoridades decidiram transformá-lo em museu. E por isso o local ganhou um novo anexo com as linhas sinuosas típicas de Niemeyer.

O café está localizado dentro do MON, na Rua Marechal Hermes, 999, e funciona de terça a domingo, das 10 às 19 horas. Mais informações pelo telefone (41) 3350-4458.

Café do Paço

PAÇO MUNICPAL - CURITIBA - 22/10/2009 - VIVER BEM - Roteiro cultural e gastronômico pelo centro da cidade. Na foto café do paço municipal - Foto: Daniel Castellano / AGP / Agência de notícias Gazeta do Povo

O edifício histórico do Paço da Liberdade foi inaugurado em 1916 com diversos ornamentos do período eclético para abrigar a primeira sede da prefeitura de Curitiba. Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

PAÇO MUNICPAL - CURITIBA - 22/10/2009 - VIVER BEM - Roteiro cultural e gastronômico pelo centro da cidade. Na foto café do paço municipal - Foto: Daniel Castellano / AGP / Agência de notícias Gazeta do Povo

Café do Paço divide o espaço do edifício com outras iniciativas culturais. Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

O Paço da Liberdade é um dos melhores exemplares da arquitetura eclética. Cheio de adornos, o edifício foi construído em 1916 para abrigar a primeira sede da prefeitura de Curitiba. O espaço foi reinaugurado em 2009 com uma proposta cultural que reúne uma extensa gama de atividades. Além de degustar as opções disponíveis na cafeteria, o visitante também pode assistir apresentações acústicas.

O café está instalado na Generoso Marques, 189, e funciona de terça a sexta das 10 às 20 horas, sábado das 10 às 18 horas, e domingo das 11 às 17 horas. Mais informações pelo telefone (41) 3234-4210.

Marbô Bakery

Na foto o chef Marcos Bortolozo e áreas internas e externas do Marbô Bakery. Restaurante, padaria, cheese cake, torta de chocolate, hambúrguer.

Residência Medoro Belotti, construída em 1953 pelo arquiteto modernista Lolo Cornelsen, abriga a Marbô Bakery. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Na foto o chef Marcos Bortolozo e áreas internas e externas do Marbô Bakery. Restaurante, padaria, cheese cake, torta de chocolate, hambúrguer.

O restaurante serve petiscos, massas, risotos, lanches e cafés. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Construída em 1953 pelo arquiteto Lolo Cornelsen, a casa em estilo modernista Medoro Belotti, uma das primeiras da corrente arquitetônica em Curitiba, é aberta ao público. Inclusive para um almoço ou café, já que abriga o restaurante Marbô Bakery.

O grande destaque é a fachada vermelha no alto do morrinho ali na Rua Dr. Faivre. O detalhe foi pensado para o casal Nine e Medoro Belotti, que ousaram para os padrões arquitetônicos da época: exibe forma retangular, janelas em sequência e fachada vermelha.

O Marbô Bakery funciona na Rua Dr. Faivre, 621, de segunda a sexta das 11 às 22 horas, e sábado das 9h30 às 17 horas. Mais informações pelo telefone (41) 3121-1547.

Café Arte & Letra

arte-letra-cafe-livraria-1

Foto: Olívia D’Agnoluzzo/Divulgação

arte-letra-cafe-livraria-2

Foto: Olívia D’Agnoluzzo/Divulgação

arte-letra-cafe-livraria-3

Foto: Olívia D’Agnoluzzo/Divulgação

arte-letra-cafe-livraria-4

Foto: Olívia D’Agnoluzzo/Divulgação

A livraria Arte & Letra foi inaugurada em 2006 e recentemente passou por reforma. O espaço abriga exposições, lançamento de livros e bate-papos especializados. É possível degustar um café ou um lanche da casa, que é um exemplar da transição arquitetônica do neocolonial brasileiro para o modernismo, já que o casarão guarda características das duas correntes.

O café é integrado à livraria, na Alameda Dom Pedro II, 44, no Batel, e funciona de segunda a sábado das 9 às 20 horas. Mais informações pelo telefone (41) 3223-5302.

 

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você