Catedral de Curitiba comemora 125 anos com exposição revelando detalhes de sua história

A exposição "A Catedral e a Praça, um passeio pela história e arquitetura de Curitiba", que começa nesta terça (5), conta a história da igreja através de maquetes e imagens antigas

Catedral e Praça Tiradentes na década de 1960. Foto: Synval Stocchero. Acervo DPC / FCC

por HAUS

05/06/2018

compartilhe

Foram 17 anos de construção até que a Catedral de Curitiba, um dos ícones da arquitetura neogótica no Paraná, fosse finalmente inaugurada. O ano era 1893. Para celebrar seus 125 anos, o Memorial de Curitiba recebe, a partir desta terça (5), a exposição “A Catedral e a Praça, um passeio pela história e arquitetura de Curitiba”.

Na imagem, Colocação do tapume com a imagem da antiga Igreja Matriz, isolando a Catedral para as obras de restauro. 24 de março de 1993. Acervo: DPC / FCC

A exposição reúne 130 imagens e 11 maquetes de imóveis da região, construídos ao redor da Praça Tiradentes. Os projetos foram realizados por alunos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). A mostra contém ainda um acervo documental que explora o período de construção da catedral e seus posteriores restauros.

A exposição conta com a colaboração da arquiteta e professora da Universidade Tecnológica do Paraná Giceli Portela, responsável pela restauração da catedral entre 2010 e 2012.

Catedral de Curitiba e Praca Tiradentes, atualmente. Foto: Henry Milleo/Gazeta do Povo

A igreja

Maior prédio religioso construído no estilo neogótico em Curitiba, a Catedral tem duas torres de 42 metros de altura, e foi inspirada na Catedral da Sé de Barcelona. Seu projeto é atribuído ao arquiteto francês Alphonse Conde des Plas. Internamente, se observam obras de artistas italianos como Anacleto Garbaccio e Carlos Garbaccio. A Basílica tem capacidade para cerca de 480 pessoas sentadas, mas chega a receber mais de 1 mil fiéis nas missas de domingo.

Serviço

A exposição Catedral e a Praça, um Passeio pela História e Arquitetura de Curitiba funcionará no Salão Paraná do Memorial de Curitiba (Rua Claudino dos Santos, 79, segundo andar).

Visitação de terça a sexta-feira, das 9 horas às 12 horas e das 13 horas às 18 horas; sábado, domingo e feriados, das 9 horas às 15 horas. Abertura nesta terça (5), às 18 horas. Entrada gratuita.

Na imagem, Praça Tiradentes, nos anos de 1930. Foto: João Baptista Groff. Acervo: DPC / FCC

LEIA MAIS

Ruínas do século 18 viram casa futurista movida a energia solar

Ruas de paralelepípedo de Curitiba podem ganhar regras especiais para preservação

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você