Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Do piso ao teto: as novidades do design mundial em tapetes, tecidos e papéis de parede
| Foto: Divulgação

O Fuorisalone Digital 2021 segue sua programação até o próximo dia 18 de abril e além de artigos de mobiliário e iluminação apresenta, também, as novidades e os nomes por trás dos designs de tapetes, papéis de parede, revestimentos e tecidos, muitos deles inspirados em décadas passadas.

Siga a HAUS no Instagram

Media partner oficial do evento pelo segundo ano consecutivo, HAUS selecionou cinco das peças que mais se destacam entre as apresentadas pelos fabricantes do setor. Confira!

60', 70' e 80's

Tapete Påfågel, produzido originalmente no início dos anos 1970, faz referência às penas do pavão
Tapete Påfågel, produzido originalmente no início dos anos 1970, faz referência às penas do pavão | Divulgação

Centenária, a Kasthall faz uma homenagem à sua própria história e apresenta uma reedição de três de seus tapetes clássicos, produzidos entre as décadas de 1960 e 1980. Reproduzidos a partir de seus designs originais, as peças agora ganham versões tufadas a partir de fios de lã e de linho.

Cheio de vida

| Divulgação

Uma explosão de cores e de personalidade. É isso o que apresentam as coleções Oriental Express e Safari de revestimento de parede assinadas por Simone Guidarelli para a Officinarkitettura. Adequados para diferentes ambientes e customizados até em tamanhos, os revestimentos são projetados para serem usados em toda a casa, e até mesmo em áreas externas.

Estilo escocês

| Divulgação

Batizada Scott, a linha de tecidos jacquard desenhada por Serena Confalonieri para l'Opificio é inspirada no clássico tartan escocês. Ao invés das linhas retas, no entanto, o padrão abusa de linhas suaves e onduladas que, ao se cruzarem, criam um elegante padrão geométrico. A paleta também segue os tons da clássicos do padrão escocês e contempla vermelho, azul, ocre, castanho e preto.

Natural

| Divulgação

O mestre Piero Lissoni assina o 3D Wall Carve, coleção de revestimento tridimensional inspirado na pedra natural para a Atlas Concorde. São cinco modelos: o 3D Chisel (que traz linhas horizontais que fazem referência ao concreto penteado), 3D Leaf (cujo padrão representa uma folhagem, com abordagem mais artística) e 3D Whittle (que sobrepõe faixas horizontais). E os dois mais recentes, 3D Sign (que reproduz o material têxtil) e o 3D Squares (que remete aos mosaicos).

Artística

| Divulgação

O mundo da moda e da arte, com referências pop, cinematográficas, motivos japoneses e também geométricos dos anos 1970 se alternam na coleção cápsula The Daydreamer, por Gio Pagani para Londonart. Com textura que cria uma ilusão de ótica tridimensional, os papéis de parede tornam-se protagonistas dos ambientes.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]