Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Área de entrada dos pavilhões da Rho Fiera, onde acontece o evento.
Área de entrada dos pavilhões da Rho Fiera, onde acontece o evento.| Foto: Salone del Mobile/Divulgação

O Salão do Móvel de Milão 2021 vai acontecer. A confirmação foi anunciada nesta quarta-feira (28) após decisão do conselho de administração da feira, que manteve o calendário do maior e mais tradicional evento do design mundial para os dias 5 a 10 de setembro deste ano na cidade italiana.

Siga a HAUS no Instagram

A edição, que marcará o 60º aniversário do iSalone e que retornará após um ano de hiato devido às restrições impostas pela pandemia da Covid-19, no entanto, será diferente daquela a qual o mundo está habituado ou da que se imaginava para celebrar esta tão importante data. Enxuta, a feira ocupará apenas dois ou três pavilhões da Rho Fiera (antes os tradicionais 20), mas também trará novidades. Além dela, o Triennale di Milano, o museu Adi-Compasso d'Oro e o Teatro alla Scala também integrarão o circuito do evento, além da consagrada mostra paralela Fuorisalone, também confirmada.

Segundo a organização do evento, a curadoria estará confiada e será coordenada por uma curadora de renome internacional, cujo nome ainda não foi divulgado. Além disso, o Salone del Móbile contará com uma plataforma digital inédita, que deverá ser apresentada em breve.

"Boas notícias para Milão e Itália. Será uma edição única, que chega depois de um ano de hiato e num contexto de saúde e socioeconômico ainda delicado e complexo, certamente mais do que atraente. E o fato de Milão sediar o Salone este ano é em si uma mensagem de esperança e confiança de grande valor, em vista da recuperação”, disse o prefeito Beppe Sala em entrevista ao Milano Corriere.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]