Novo empreendimento no Bigorrilho valoriza arquitetura autoral e design brasileiro

Edifício Dsenho, da Idee Incorporadora, com projeto arquitetônico do Arquea Arquitetos e interiores por Leandro Garcia, será lançado nos próximos meses

Imagem: Arquea Arquitetos/Idee Incorporadora/Divulgação

por Luan Galani

01/04/2018

compartilhe

Até junho será oficialmente anunciado o mais novo lançamento residencial de alto padrão de Curitiba: o Edifício Dsenho, da Idee Incorporadora. O prédio, que será levantado como uma única torre de 10 andares nas esquinas da Rua Alferes Ângelo Sampaio e da Alameda Júlia da Costa, no Bigorrilho, nasce com o intuito de valorizar ao máximo a arquitetura autoral e o design de mobiliário brasileiro, como confidencia em primeira mão para HAUS o empresário André Nacli, que também foi responsável pela construção do Nomaa Hotel.

Por isso escolheu a dedo o escritório local Arquea Arquitetos para desenvolver o projeto arquitetônico e o arquiteto e designer paulista radicado em Curitiba Leandro Garcia para desenvolver o projeto de interiores do empreendimento.

Imagem: Arquea Arquitetos/Idee Incorporadora/Divulgação

“Valorizamos uma arquitetura bem autoral, simples, sem modismos e com um forte caráter contemporâneo”, explica Nacli. “No interior, o hall do edifício, por exemplo, será uma galeria de mobiliário brasileiro moderno e contemporâneo, com curadoria do Leandro Garcia, que desenvolveu um percurso de pequenos estares com uma sucessão espacial bastante inteligente.”

O empreendimento terá 27 unidades com três tipos de plantas: 85 m², 95 m² e 130 m², além das coberturas, com 167 m² e 185 m². A entrega está prevista para acontecer em 2020.

Imagem: Leandro Garcia/Idee Incorporadora/Divulgação

Autoral

Além de priorizar a funcionalidade e flexibilidade extrema das plantas, que permite diferentes configurações, ambientes integrados ou não, e até brincadeiras pouco convencionais, como juntar o quarto com a sala, os arquitetos do Arquea também se preocuparam com a relação da construção com a cidade. “O prédio chega de maneira delicada no chão e o diálogo entre as partes internas e externa ocorre de maneira fluida, com diversos espaços de intervalo com gradil leve, vidro, vegetação abundante, pilares redondos”, destaca o arquiteto Fernando Caldeira de Lacerda.

Vista da cidade a partir do novo empreendimento. Foto: Idee Incorporadora/Divulgação

Para tornar a arquitetura ainda mais leve, os arquitetos levaram a sala de estar com grandes panos de vidro para a quina do prédio, com direito a sacada. Em alguns apartamentos do empreendimento existe ainda brises móveis de metais, que as pessoas podem movimentar como desejar para quebrar a luz do sol. No centro, a área de respiro para as lavanderias são cobertas com cobogós, que também dividem os volumes do edifício.

Imagem: Arquea Arquitetos/Idee Incorporadora/Divulgação

Galeria de mobiliário brasileiro

Com carta verde para criar um design de interiores que valorizasse o mobiliário brasileiro moderno e contemporâneo, o arquiteto e designer Leandro Garcia fez uma curadoria das peças que integrarão o hall galeria do prédio. Já constam no projeto móveis de José Zanine Caldas, Aristeu Pires, Sérgio Rodrigues, Marcelo Caruso, entre outros. “É um projeto com linguagem contemporânea e limpa, que prioriza o essencial, sem excessos”, frisa.

“A gente seguiu a mesma preocupação do projeto arquitetônico, que é de não existir uma mudança drástica entre as áreas externas e internas. Por isso mantivemos o mesmo forro, optamos por pisos similares e iluminação indireta”, explica Garcia.

LEIA TAMBÉM

Arquiteta brasileira vai construir capela para o Vaticano em bienal

 

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você