Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Projeto valoriza varanda gourmet de apenas 13 m², sem integrar ambientes
| Foto: Divulgação/Luis Gomes

Em tempos onde a integração de ambientes parece ser a expressão máxima de ordem dentro de apartamentos, a arquiteta Pati Cillo apostou na reforma de uma varanda isolada, de 13 metros quadrados, para garantir o lazer e o conforto de uma família moradora do bairro Tatuapé, em São Paulo. O ambiente único, apesar de pequeno, projeta-se como um espaço imponente graças a combinação de casualidade e funcionalidade.

Para garantir que o espaço ficasse isolado, mas que houvesse uma unidade visual dentro do apartamento, a arquiteta optou por manter uma porta divisória de vidro entre a varanda e a sala de estar. Em 40 dias de obra, a profissional paulista começou a reforma pela parede principal, que recebeu a TV e a irreverência garantida por ladrilhos hidráulicos.

Siga a HAUS no Instagram!

Detalhe do espaço gourmet da varanda.
Detalhe do espaço gourmet da varanda.| Divulgação/Luis Gomes

"As setas causam a sensação de movimento e todos os outros elementos azuis da cena derivam de seus tons. Contornando essa combinação, uma solução em marcenaria criou os nichos para os objetos decorativos. O piso em deque faz parte da ambientação de conforto e descontração do cômodo", explica Cillo.

Outro destaque do projeto são o os revestimentos de concreto nos tons em preto e azul, criados sob encomenda pela paisagista Catê Poli. Também chama atenção no design o trio de pendentes, que reforçam o ar descontraído da varanda e emitem uma luz focada e intimista. "Centralizados na mesa de centro de vidro (Spot) e instalados a 1,40 m do chão, as luminárias complementam a iluminação no forro de gesso", conta a arquiteta.

Azul, amadeirados e marmorizados são destaques nos acabamentos do espaço.
Azul, amadeirados e marmorizados são destaques nos acabamentos do espaço.| Divulgação/Luis Gomes

Sem retirar o piso original, Patrícia adicionou os deques de teca que ficam apenas apoiados sobre a cerâmica. Do outro lado, encontra-se a churrasqueira envelopada por placas de porcelanato, imitando pedra natural. “Prático e resistente, esse material também reveste as duas bancadas, uma onde está a pia e a outra que compõe a ilha central, equipada com adega e armário”, completa.

). O banco abaixo dos ladrilhos hidráulicos é um suporte de mais lugares à mesa e de quebra guarda os brinquedos do filho do casal dono do apartamento
). O banco abaixo dos ladrilhos hidráulicos é um suporte de mais lugares à mesa e de quebra guarda os brinquedos do filho do casal dono do apartamento| Divulgação/Luis Gomes
Conteúdo editado por:Luan Galani
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]