Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Como escolher cachepôs e vasos para suas plantas
| Foto: Vasart

O mercado de cachepôs e vasos para plantas está cada vez mais diversificado. Várias empresas estão investindo em design, materiais inovadores e em tamanhos variados, para que as pessoas tenham em casa peças versáteis e que compõem distintas decorações.

Do clássico ao contemporâneo, os cachepôs para plantas, assim como os vasos, são indispensáveis em áreas internas e externas de ambientes corporativos, apartamentos, casas, espaços públicos e coletivos. E, como tudo na decoração, escolhê-los depende do gosto de cada um, principalmente com relação às cores. Sem dúvidas, o ideal é combinar o modelo e a tonalidade da peça com a decoração do ambiente.

Siga a HAUS no Instagram

De acordo com Silvana Novaes, diretora da Vasart, a adoção de uma paleta de cores ajuda a fazer uma integração assertiva das tonalidades. "É possível combinar os vasos e cachepôs com as cores do ambiente, ou seja, definir uma paleta fria ou quente, a depender dos demais elementos da casa”, explica.

Manter o estilo também é importante, pois se o seu espaço tem uma decoração clássica, os vasos e cachepôs com este design vão ficar mais elegantes e não destoarão dos demais elementos decorativos.

| Vasart

Diferenças entre vasos e cachepôs

A diferença mais significativa entre vasos e cachepôs diz respeito justamente à função que as peças assumem nos ambientes.

O cachepô é um tipo de vaso decorativo e não recebe o plantio das espécies diretamente em seu interior. A peça serve para acomodar o vaso, geralmente de plástico, onde a espécie foi previamente plantada.

O cachepô tem um design mais sofisticado, não fica em contato com a umidade, pode ser de chão, suspenso ou de encaixe e permite a troca das plantas sempre que for conveniente, já que elas não estão plantadas nesta peça principal.

Já os vasos convencionais têm um aspecto mais funcional e uma aparência mais simples. Eles são usados para o plantio das mudas e, por isso, possuem furos para escoar a água.

Ou seja, o cachepô é usado para esconder o vaso em seu interior e para agregar valor estético à decoração do ambiente.

Cachepôs e vasos funcionais para facilitar a limpeza e manutenção

Se você tem vasos e cachepôs na sua casa, sabe que eles precisam de limpeza e manutenção. Os modelos mais leves são indicados para lugares que têm limites de peso, como varandas e mesas, por exemplo.

“Os vasos de polietileno são superfuncionais e atendem essa necessidade - são práticos, leves, fáceis de limpar, duráveis e sustentáveis”, sugere a diretora da Vasart, Silvana Novaes.

Se os vasos e cachepôs forem pesados, de cerâmica ou barro, é bom tomar cuidado com o lugar onde eles serão colocados e prestar atenção ao limite de peso.

No caso dos vasos, a profissional alerta que outra funcionalidade importante é o sistema de autoirrigação, que pode ser muito útil na correria do dia a dia e garante a saúde das plantas.

| Vasart

O cachepô perfeito para sua planta

Segundo os paisagistas Luiz Gustavo e Luiz Fernando, da Folha Paisagismo, é muito importante saber escolher o cachepô corretamente.

“O cachepô tem esse nome pois é mais decorativo e, por isso, não costuma ser aquele vaso para realizar o plantio. Ele é mais bonito que os vasos convencionais e costuma ficar à mostra”, dizem os especialistas.

Para preparar o cachepô para sua planta, é preciso tomar alguns cuidados especiais. “Sugerimos que ele seja montado com uma camada de argila expandida embaixo, para poder garantir que o vaso da planta não fique encostado no fundo do cachepô. Dessa forma, no caso de acumular água no fundo, isso não vai afogar a planta. Então, você tem mais segurança com essa camada drenante embaixo”, recomendam.

Para escolher o modelo de cachepô mais conveniente para cada espaço, os paisagistas dizem que a variedade disponível no mercado é um ponto positivo para os consumidores, já que é possível optar pelo material, design e tamanho mais adequado para o local onde a peça será colocada.

“Hoje em dia, temos uma variedade muito grande de materiais e acabamentos - desde os mais rústicos até os mais sofisticados (com brilho, esmaltado, entre outros). Então, vai muito do gosto pessoal e de onde você vai incluir esses vasos, como casas de praia, campo e outros ambientes”, finalizam.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]