Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Foto: Pxhere
Foto: Pxhere| Foto:

A estação mais amada pelos loucos por plantas está chegando e não é à toa que a primavera encanta até os mais desatentos à beleza e ao colorido das espécies que dão as boas-vindas ao calor no último trimestre do ano.

Depois de ‘adormecidas’ durante os meses de frio, é na primavera que as plantas se desenvolvem melhor, ficando mais viçosas e verdejantes. “No inverno as plantas se recolhem e não brotam. Já na primavera, todas [entram em um novo ciclo] de brotação [e floração], começam a ganhar folhas novas e a se desenvolver”, explica Patrícia Casagrande, paisagista da Casagrande Flores e Jardins.

Assim, os dias que antecedem a chegada da estação, no próximo 22 de setembro, são ideais para atualizar os vasos e o jardim ou adquirir novas espécies para fazer das plantas aliadas para decorar e trazer conforto e aconchego à casa.

>>> Curitiba tem o único bonsai de araucária do mundo 

“A grande tendência é trabalhar com cores e plantas que não precisam de tanta manutenção ou substituição. Cada vez mais, as folhagens que trazem folhas coloridas, com tons de amarelo ou bordô [têm atraído os clientes]”, explica Patrícia.  

Para te ajudar nesta tarefa, HAUS conversou com três profissionais do ramo da jardinagem que destacaram flores e folhagens ‘da moda’ para a estação. São eles: o florista André Luis de Moraes, da Esal Flores, e o casal Selma e Sérgio Espanhol, proprietários da Espaço Verde, além da paisagista Patrícia. Confira a seleção que traz sugestões de plantas tanto para o cultivo em ambientes internos quanto externos.

Costela de adão

Foto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

Planta que é uma das ‘caras’ da tendência urban jungle, a costela de adão continuará em alta na primavera. Com folhas grandes e perfuradas em tom de verde, ela vai bem dentro de casa ou do apartamento, em vasos, e também no jardim.

Rosa do deserto

Foto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

Com floração principalmente na primavera, a rosa do deserto tem caído nas graças de quem gosta de apreciar o colorido das flores e aparece como tendência para a estação. Necessitando de pouca rega, ela demanda muita luz natural, o que faz com que, mesmo em vasos, seu cultivo seja mais indicado para ambientes externos.

Thunbergia

Thunbergia. Foto: Pixabay
Thunbergia. Foto: Pixabay

Planta da família das trepadeiras, a thunbergia é uma das opções para decorar pérgolas, treliças e divisórias de jardim. Com desenvolvimento rápido, ela floresce na primavera e tem pétalas delicadas em tons de azul.

>>> 5 dicas para preparar adubo a partir do que você tem em casa

Maranta

Foto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

Com grande variedade de padrões, riscados ou ‘manchados’, as marantas podem apresentar folhas largas ou estreitas que mesclam diferentes tonalidades de verde com ‘rajados’ que puxam para o branco, vermelho e bordô. Como não precisam de muito sol, são indicadas para o cultivo em vaso em ambientes internos, na sombra ou meia-sombra.

Beijo japonês

Foto: Heloiza Rodrigues/A Prima Plantarum
Foto: Heloiza Rodrigues/A Prima Plantarum

Uma das flores mais tradicionais da primavera, o beijo japonês segue entre as mais procuradas nas casas de jardinagem para a estação. Planta de meia-sombra, ela se desenvolve bem em jardins pouco ensolarados e tem na diversidade de cores de suas flores um de seus destaques. Com estética semelhante, a variedade sunpatiens da planta tem flores maiores e arbusto mais alto, sendo outra opção para colorir o jardim.

Yuca

Foto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

Também para o cultivo em ambientes internos, a Yuca tem atraído a atenção de quem busca nas plantas fontes de energia para o ambiente doméstico. Isso porque suas folhas, firmes e pontudas, crescem voltadas para o alto e tem estrutura mais ‘contida’, não ocupando muito espaço.

>>> Paisagismo x gatos: quais planta são perigosas para os felinos?

Petúnia

Foto: Pxhere
Foto: Pxhere

Disponíveis em diversas tonalidades, as petúnias são outro clássico da primavera e mantêm sua majestade entre as pessoas que não dispensam o colorido das flores na estação. Com estrutura pendente, seu cultivo é indicado em floreiras e vasos suspensos, sempre instalados em ambientes externos, uma vez que elas precisam do sol para florescer.

Buganvília

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Também conhecida como primavera, a planta é outra tradicional opção para quem deseja decorar pérgolas e estruturas em madeira ou ferro para ornamentar o jardim. Na estação, ela atinge o ápice de sua florada, com flores em tons de vermelho, rosa, branco ou lilás.

Suculentas

Foto: Pxhere
Foto: Pxhere

Queridinhas dos plant lovers, as suculentas continuam em alta na primavera. Na estação, suas folhas ganham tonalidades mais coloridas (em tons de rosa, cinza e verde) e viçosas, o que faz com que se possa brincar com a composição delas. Algumas espécies ainda florescem na primavera, trazendo um colorido delicado aos vasos.

Begônia

Foto: Pxhere
Foto: Pxhere

Resistentes à falta d’água, as begônias precisam de sol para florir, o que faz com que sejam mais indicadas para os ambientes externos, seja em vasos ou diretamente no jardim. Assim como o beijo japonês, ela também conta com variedade conhecida como big begônia, que é mais resistente e atinge uma altura de cerca de 30 cm, contra a média de 15 cm a 20 cm de sua ‘irmã menor’.

LEIA TAMBÉM

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]