UFPR comercializa plantas ornamentais a partir de 3 reais

Plantas de produção orgânica do Setor de Floricultura da UFPR são produzidas para pesquisas do curso de Agronomia e vendidas ao público por preços acessíveis

Algumas das opções disponíveis de suculentas. Foto: Josélia Aparecida Andrade/Arquivo Pessoal.

por Stephanie D'Ornelas*

09/10/2017

compartilhe

Mudas de árvores, flores ornamentais e plantas exóticas de produção orgânica estão sendo comercializadas pelo Setor de Floricultura da Universidade Federal do Paraná (UFPR) a preços acessíveis. São mais de 200 espécies, que estão à venda por valores entre R$ 3 R$ 15 no Centro de Estações Experimentais do Canguiri, fazenda da UFPR situada em Pinhais.

Estufa de floricultura do Centro de Estações Experimentais do Canguiri, em Pinhais. Foto: Marcos Solivan/Divulgação.

Estufa de floricultura do Centro de Estações Experimentais do Canguiri, em Pinhais. Foto: Marcos Solivan/Divulgação.

As plantas são produzidas para dar suporte às aulas das disciplinas de Plantas Ornamentais e de Paisagismo do curso de Agronomia, e por isso tem preços mais acessíveis do que as trazidas de outras regiões. A fazenda situa-se dentro da Área de Preservação Ambiental do Rio Iraí, que supre parte da necessidade hídrica de Curitiba e da Região Metropolitana, portanto o uso de agrotóxicos é proibido.

Espécies

Entre as plantas disponíveis estão azaleias, abelias, caliandras, hortênsias, orquídeas, rosas, begônias, hibiscos, amarílis, araçás, bromélias, jasmins, glicínias, sete-léguas, buganvílias, samambaias, buxinhos, heras, cactos, açoita-cavalo, cipó-de-são-joão, renda portuguesa, escova-de-garrafa e mudas de árvores como extremosa, palmeira, jacarandá, cerejeira, pitangueira, plátano e liquidâmbar. Há também diversas espécies de suculentas, as queridinhas do momento, com o custo de R$ 3 (pequenas) a R$ 8 (maiores).

Azálea é uma das flores vendidas no local. Foto: Josélia Aparecida Andrade/Arquivo Pessoal.

Azaleia é uma das flores vendidas no local. Foto: Josélia Aparecida Andrade/Arquivo Pessoal.

De acordo com Francine Lorena Cuquel, professora do Departamento de Fitotecnia e Fitossanitarismo da UFPR, as plantas produzidas nas condições climáticas da estufa e de forma agroecológica têm maior resistência às pragas, doenças e condições adversas.

A bela amarílis. Foto: Josélia Aparecida Andrade/Arquivo Pessoal.

A bela amarílis torna a primavera ainda mais colorida. Foto: Josélia Aparecida Andrade/Arquivo Pessoal.

Os recursos provenientes das vendas são utilizados para manutenção da área e custeio de novas pesquisas da universidade.

O Centro de Estações Experimentais da Fazenda Canguiri fica na Rua Ivone Pimentel, nº 19, Pinhais. O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira, das 8 às 11h e das 13h às 16h.

*Especial para a Gazeta do Povo

LEIA MAIS

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você