Verão: como manter as plantas fortes e sadias com as altas temperaturas

Rega, sol, umidade e calor são alguns dos fatores que podem mudar o comportamento das plantas no verão. Veja a quais sinais você deve prestar atenção!

Imagem: Pexels.

por *Camila Machado

18/01/2019

compartilhe

A combinação de temperaturas elevadas e alta umidade do ar exige um cuidado especial com as plantinhas na estação mais quente do ano. HAUS reuniu seis dicas de como protegê-las e mantê-las vivas e fortes durante o verão. Confira!

1. Atenção para a necessidade de cada uma

Entender quanto de sol, sombra e água cada espécie precisa – e como controlar essas variantes nos dias quentes – é o primeiro passo. A dica é do florista Ronaldo Souza, responsável pelas plantas do garden center Chácara Flor da Suíssa. “Identifique as que são de sombra, meia-sombra ou sol”, explica.

>> Saiba como usar o Feng Shui para renovar o astral da casa 

Pacová é uma das espécies de plantas que precisam de mais rega. Foto: reprodução/Pinterest

O especialista citou também algumas espécies que precisam de cuidado dobrado, já que bebem mais água: antúrio, lírios da paz, pacovás, lucky bamboo (conhecido como bambu da sorte), samambaias, nepeta e planta-dólar são alguns exemplos. “Elas têm sede. Aumente a rega, podendo ser até diária”, esclareceu.

Mas atenção: plantinhas como as suculentas e os cactos gostam de sol e calor. Por isso, vivem bem com pouca água. “Cuidado para não afogá-las”, alertou o Souza.

>> Designers curitibanos entram para a lista da Forbes de jovens talentos e colecionam prêmios internacionais 

Suculentas gostam de sol e calor, então cuidado para não afog-á-las! Foto: reprodução/Pinterest

2. Treine o olhar

As plantas dão alguns sinais quando precisam de água. Folhas amareladas, enroladinhas, murchas e secas são alguns deles. “Perceber os sinais e conferir a umidade da terra é essencial. Prefira fazer regas menores – menos água , mas mais frequentes”, disse o profissional da Chácara Flor da Suíssa. Também corte as folhas e os galhos secos.

3. Horário da rega

Anote na agenda: regue logo pela manhã ou à noite. É importante que o sol não esteja forte (caso elas peguem sol direto), já que a água tende a evaporar mais rápido quando o vaso está aquecido, diminuindo o tempo em que as raízes ficam molhadas.

Foto: reprodução/Pinterest

4. Pulverize as plantas

Principalmente nos dias mais secos, uma boa ideia é pulverizar as plantas com borrifadores, o que evita que as folhas ressequem. O conselho é da Carol Costa, jardineira e embaixadora do e-commerce Flores Online.

>> Casa extraordinária assinada por brasileiro e listada em série da Netflix está à venda em Miami 

5. Elas ficam em uma área externa?

Se sim, cuidado com as tempestades de verão. Carol alerta para as chuvas de fim de tarde, que podem causar estragos, principalmente em espécies mais delicadas, como as orquídeas.

Se as plantas ficam em áreas externas ou próximas da janela, o cuidado é com a chuva. Foto: reprodução/Pinterest

6. Livre-se das pragas

Por último, fique atento às pragas. “A maneira mais certeira de evitá-las e blindar as plantas contra doenças é realizar adubações uma vez por mês”, disse a jardineira do Flores Online.

“A adubação vai trazer as vitaminas que a planta precisa para crescer. Uma terra pobre deixa a planta fraca e mais propensa às pragas”, finaliza Souza.

*Especial para a Haus.

LEIA TAMBÉM:

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você