Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Piso vinílico da linha Ambienta Trend e Ambienta Stone da Tarkett, com configuração mesclada.
Foto: Tarkett/Divulgação
Piso vinílico da linha Ambienta Trend e Ambienta Stone da Tarkett, com configuração mesclada. Foto: Tarkett/Divulgação| Foto:

*Matéria originalmente publicada em 22 de julho de 2016.

Poucos materiais são tão versáteis quanto a madeira. Ela alia requinte, alta durabilidade e conforto a um grande potencial criativo. Nos pisos, por exemplo, dá para fazer de tudo com o material. O mais tradicional são as tábuas enfileiradas, que podem ser somente lineares ou alinhadas à diagonal. A opção é supercontemporânea, mas tem essa restrição de paginação devido ao sistema de montagem por encaixe, como explica Raul Alves, da Madepisos.

Já com os tacos as variações são quase infinitas. Por funcionarem como pequenos quebra-cabeças, diversos desenhos podem ser formados. “Os pisos mais trabalhados remetem aos clássicos, com padrões que lembram os assoalhos de palacetes imperiais, sendo os mais comuns as montagens dama, espinha de peixe, escama de peixe e mosaicos”, garante Kleilton Camillo, da Diventare Pisos e Decoração, do Grupo Scrock.

Apesar da relação íntima com o clássico, alguns desenhos, se combinados com uma decoração mais despojada, conferem um ar retrô aos projetos. Ainda que sejam um diferencial forte na decoração, vale ressaltar que os tacos de madeira maciça custam duas vezes mais que as tábuas e precisam ser lixados e envernizados no local de instalação, como ressalta o diretor comercial da Formighieri Madeiras, José Augusto Formighieri.

Conheça as 6 paginações de pisos que fazem toda a diferença na decoração
| GERSONliMA

A manutenção é simples: o piso pode ser limpo toda semana com produtos específicos, que podem ser adquiridos em lojas especializadas, ou com um pano úmido e limpador comum diluído em água. Se bem cuidado, o assoalho se mantém por décadas, precisando ser restaurado somente a cada 15 anos.

Padrão Versalhes  Dijon, da IndusParquet,  no estar criado pela arquiteta Elaine Carvalho. Foto: Reinaldo Ortlieb/Divulgação
Padrão Versalhes Dijon, da IndusParquet, no estar criado pela arquiteta Elaine Carvalho. Foto: Reinaldo Ortlieb/Divulgação| Reinaldo Ortlieb

Conheça os diferentes padrões de piso:

Estilo de paginação Paris, inspirado nos antigos mosaicos barrocos do Palácio de Versalhes.
Estilo de paginação Paris, inspirado nos antigos mosaicos barrocos do Palácio de Versalhes.
Padrão dama é outra configuração possível para dar mais personalidade ao ambiente.
Padrão dama é outra configuração possível para dar mais personalidade ao ambiente.
Estilo espinha de peixe é o queridinho da vez: combina com diferentes estilos e pode adotar o tom que a pessoa quiser, transitando do retrô ao contemporâneo.
Estilo espinha de peixe é o queridinho da vez: combina com diferentes estilos e pode adotar o tom que a pessoa quiser, transitando do retrô ao contemporâneo.
Paginação Dijon que remonta aos desenhos dos mosaicos franceses do século 17.
Paginação Dijon que remonta aos desenhos dos mosaicos franceses do século 17.
Padrão escama de peixe: é bastante similar à espinha de peixe, mas sua diagramação é feita na diagonal.
Padrão escama de peixe: é bastante similar à espinha de peixe, mas sua diagramação é feita na diagonal.
Estilo industrial inspirado nos antigos galpões norte-americanos de 1950. A montagem das réguas é feita lado a lado.
Estilo industrial inspirado nos antigos galpões norte-americanos de 1950. A montagem das réguas é feita lado a lado.

LEIA TAMBÉM

10 ideias supercriativas para inovar na pia e bancada do banheiro

Livre-se dos excessos e adote o estilo minimalista na decoração

16 ideias de pisos e decorações para o chão que vão incrementar sua casa

 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]