Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Casa da família Dervaes na Califórnia. Os 370 m² do jardim são destinados  à produção de alimentos. 
Foto: The Urban Homesteaders / Divulgação
Casa da família Dervaes na Califórnia. Os 370 m² do jardim são destinados à produção de alimentos. Foto: The Urban Homesteaders / Divulgação | Foto:

A produção urbana de alimentos pode representar a “salvação” para o impasse que se vive com o crescimento das cidades e da população em número inversamente proporcional à produção de alimentos nas áreas rurais.

MAIS SOBRE AGRICULTURA URBANA

>>> Empresa suíça de produção orgânica em terraços chega ao Brasil

Família Dervaes planta e colhe o próprio alimento em um terreno de 370 m² na Califórnia, Estados Unidos. 
Foto: The Urban Homesteaders / Divulgação
Família Dervaes planta e colhe o próprio alimento em um terreno de 370 m² na Califórnia, Estados Unidos. Foto: The Urban Homesteaders / Divulgação

A família Dervaes, que vive em Los Angeles, na Califórnia, Estados Unidos, vem colocando em prática técnicas que superam as expectativas. Ele produzem sozinhos, e com técnicas modernas, cerca de 2,7 mil quilos de comida por ano no quintal de casa. O projeto “Urban Homestead” existe como negócio desde 2001, mas a família se dedica ao cultivo de alimentos na área urbana desde os anos 1960.

O jardim, de onde saem os vegetais, frutas, mel e ovos nascidos das galinhas que são criadas no terreno, tem cerca de 370 metros quadrados.

Casa da família  Dervaes em Los Angeles: jardim é um grande canteiro para o cultivo de vegetais. 
Foto: The Urban Homesteaders / Divulgação
Casa da família Dervaes em Los Angeles: jardim é um grande canteiro para o cultivo de vegetais. Foto: The Urban Homesteaders / Divulgação

Os números mostram como um grupo de quatro pessoas pode viver com pouco, agredindo menos o meio ambiente.

Além dos vegetais e frutas, há produção de mel. 
Foto: The Urban Homesteaders / Divulgação
Além dos vegetais e frutas, há produção de mel. Foto: The Urban Homesteaders / Divulgação

Além da subsistência, os Dervaes vendem o excedente da produção e garantem renda extra de cerca de R$ 90 mil por ano.

Menos impacto ambiental

No superjardim dos Dervaes há de tudo. De vegetais à frutas, de ovos de galinha biológicos à flores comestíveis e mel. São mais de 400 produtos com preços de venda abaixo do praticado no mercado comum.

Sistema de irrigação artesanal. 
Foto: The Urban Homesteaders / Divulgação
Sistema de irrigação artesanal. Foto: The Urban Homesteaders / Divulgação

Do ponto de vista ambiental, além de consumir produtos sem ou com menos agrotóxicos, a família instalou painéis solares para fazer funcionar as máquinas agrícolas, com energia renovável. O sistema de irrigação é artesanal, e foi feito com vasos de argila instalados nos canteiros.

Instalação de painéis solares para geração de energia. 
Foto: The Urban Homesteaders / Divulgação
Instalação de painéis solares para geração de energia. Foto: The Urban Homesteaders / Divulgação

Os produtos são cultivados de acordo com a estação e sua venda é estritamente reservada para os restaurantes e moradores da região, eliminando o custo e a poluição gerada com o transporte.

LEIA TAMBÉM

Horta comunitária e novo uso para espaços ociosos: o futuro das cidades está nas mãos de seus moradores

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]