Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Além de um objeto de design, iKuddle também funciona como uma caixa de areia autolimpante. Foto: CES/2019
Além de um objeto de design, iKuddle também funciona como uma caixa de areia autolimpante. Foto: CES/2019| Foto:

A cidade norte-americana de Las Vegas recebeu entre 8 e 11 de janeiro um dos mais importantes eventos de tecnologia do mundo: a feira da Consumer Technology Association (CES), que apresenta inovações em tecnologias para as mais diferentes finalidades e mostra o que há de mais novo em segmentos como a inteligência artificial, objetos inteligentes e internet das coisas.

Entre as mais de 4,5 mil empresas que exibem seus produtos e ideias, muitas se dedicam a inovações para a casa e para o futuro das cidades. A CES parte do princípio de que as casas estão ficando cada vez mais inteligentes. Assim, o grande destaque da feira neste segmento aparece sob a etiqueta de smart home. A ideia central deste conceito é a de que você pode controlar basicamente tudo o que fica da porta de casa para dentro usando seu smartphone — da caixa de areia do seu gato até o encanamento da residência.

>>>> Marie Kondo e outras séries de organização para te ajudar a pôr ordem na casa

Separamos alguns produtos e tecnologias inovadores apresentados na CES 2019 que são — ou serão, no futuro — uma verdadeira mão na roda no seu dia a dia.

Encanamento inteligente

Foto: CES/2019
Foto: CES/2019

Um sistema hidráulico que permite o acompanhamento do sistema hidráulico da residência por meio do smartphone. A Flowbox Interactive criada pela Flovea é um esquema de integração dos canos e demais equipamentos que envolvem o fluxo da água, criado para que todos os dados envolvendo este recurso estejam ao alcance da mão do usuário.

Ele garante desde a medição e controle de temperatura da água, até sua qualidade e níveis de consumo. Com a Flowbox, é possível ainda identificar vazamentos e possíveis níveis de contaminação. A novidade foi desenvolvida pela Flovea na França, onde já está disponível para venda.

Caixa de areia iKuddle

Apresentada pela Kai Deng International Industrial, a iKuddle é uma solução que é o sonho de todo petlover: uma caixa de areia autolimpante. Desenvolvida com conexão a um aplicativo de celular, a iKuddle tem como grande atrativo o fato de que é praticamente um objeto de decoração, mas que serve como banheiro para o seu gato ou cachorro.

Ela tem um sistema autolimpante com desodorizador que, por meio de sensores instalados, identifica quando precisa ser limpada e remove os dejetos do animal, mantendo ambiente perfumado ao isolar os odores. É possível programar a retirada das embalagens por meio de um timer ou ativá-la via app. Na sequência, a iKuddle embala os dejetos, substituindo a embalagem por uma nova.

Veja como funciona:

A iKuddle foi apresentada oficialmente na CES e estará à venda nos Estados Unidos a partir do dia 1º de fevereiro. O lançamento global para vendas a outros países está previsto para maio deste ano. A tecnologia custa 299 dólares, aproximadamente R$ 1.104,27.

Sprinklers autônomos

Foto: CES/2019
Foto: CES/2019

Se você é do tipo que sempre esquece de regar o jardim, a solução para que o gramado do vizinho nunca seja mais verde pode estar vindo de uma startup do Texas, a Sprinkl.

A companhia compilou recentes tecnologias e abordagens em automação residencial e machine learning [ou aprendizado de máquina, um sistema em que o equipamento “aprende” por meio dos usos e práticas] na criação de um sistema de sprinklers totalmente automatizado, que usa dados como os níveis de umidade do solo em tempo real para utilizar a água de forma eficiente, dispensando toda e qualquer intervenção humana no processo, além da instalação em si.

O Sprinkl Control SR-400, que atua a partir da Alexa — o software de inteligência artificial da Amazon, e custa 225 dólares. Para que ele se torne independente da programação e acompanhamento humano, no entanto, ele precisa atuar junto com o Sense SR 100, que custa mais 45 dólares.

As vendas são feitas diretamente pelo website da empresa ou via Amazon.

Dobrando roupas automaticamente

A empresa californiana Foldimate tenta há algum tempo desenvolver uma máquina capaz de dobrar roupas. Após exibir um protótipo mais simples no ano passado, neste ano a companhia mostrou a máquina final na edição 2019 CES.

A dobradora pode até ser confundida com uma impressora grande, devido às suas cores e ao formato retangular. Funciona assim: as roupas são colocadas em uma entrada na parte superior, fixadas por dois suportes e puxadas para dentro da máquina. A peça sai dobrada na parte de baixo, pronta para ser guardada.

Veja como funciona:

A nova máquina foi ajustada para reconhecer roupas de diferentes tamanhos. O sistema robotizado é capaz de dobrar 25 peças em cinco minutos, de acordo com a Foldimate.

A máquina será comercializada a partir do segundo semestre de 2019, ainda sem data oficial definida, mas já é possível colocar o nome na lista de espera aqui.

Cama iOBED com sensores de corpo

Foto: CES/2019
Foto: CES/2019

Por que ajustar sua posição na cama se você pode ter uma cama que se ajusta a você? Outra inovação apresentada na CES 2019 é a iOBED, com a Tecnologia de Sensor Corporal que ajusta a cama à forma, altura e peso do corpo de cada indivíduo.

A tecnologia monitora continuamente e se ajusta à posição de sono dos indivíduos para garantir suporte adequado e alívio de pressão para garantir uma perfeita noite de descanso. Cada colchão incorpora oitenta células de ar individuais e oito zonas controladas de forma independente da cabeça aos pés. Para atender às diferentes preferências de sono, o iOBED desenvolveu cinco configurações de firmeza para se ajustar às necessidades de sono de cada indivíduo.

Embora os produtos da Ergomotion Intelligence estejam disponíveis em mais de 30 países, os produtos da marca ainda não estão disponíveis para venda no Brasil. Com o lançamento da iObed, no entanto, companhia pretende expandir seu alcance. É possível acompanhar as novidades da empresa no site da mesma.

*Especial para Haus, com Folhapress

LEIA TAMBÉM

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]