i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Universidade de Auckland é eleita a mais sustentável do mundo; confira o ranking

  • PorGazeta do Povo
  • 11/04/2019 14:00
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação| Foto:

A Universidade de Auckland, na Nova Zelândia, foi eleita a mais sustentável do mundo segundo um ranking elaborado pela publicação Times Higher Education. O periódico inglês é especializado em ensino superior e realizou uma análise tendo por base os objetivos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, adotada pelas Nações Unidas (ONU).

A lista foi divulgada no início de abril e o vice-reitor da instituição, professor Stuart McCutcheon, declarou à própria Times Higher Education que acredita que o título se deve ao fato de “a Universidade de Auckland ter uma longa história de contribuições significativas à sociedade”. Outro fator que acredita que tenha contribuído é o fato de que a Nova Zelândia foi o primeiro país a emancipar as mulheres com relação ao voto, há 125 anos.

Universidade de Auckland é eleita a mais sustentável do mundo; confira o ranking

>>> Estações-tubo de Curitiba serão substituídas por novo modelo

Esta é a primeira vez que esse ranking é elaborado – participaram 450 instituições de ensino superior de 76 países. Para participar dessa edição, era necessário que a instituição oferecesse cursos de graduação e que fosse credenciada a um órgão oficial ligado a ensino e educação. Nas dez primeiras colocações estão universidades da Oceania, Europa, Ásia e América do Norte. Quinze nomes brasileiros aparecem na lista, mas todos eles depois da posição 101.

Foram 11 os critérios de avaliação, distribuídos em três grandes áreas: pesquisa, alcance e administração. A partir daí, as instituições foram avaliadas em quesitos como saúde e bem-estar; qualidade da educação; igualdade de gênero; trabalho e crescimento econômico; indústria, inovação e infraestrutura; redução de desigualdades; cidades sustentáveis e comunidade; consumo e produção responsáveis; soluções para problemas climáticos; paz, justiça e força das instituições e, por fim, parcerias para atingir metas.

Universidades brasileiras

O ranking vai até a posição 301, mas várias instituições tiveram notas empatadas, então acabaram sendo classificadas no mesmo degrau da lista. Dentre as universidades brasileiras citadas, as mais bem colocadas são a Universidade Federal do Ceará (UFC), a Universidade do ABC (UFABC), a Universidade Nove de Julho (Uninove) e a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), na posição número 101.

Da posição 201 a 300, apenas a Universidade Estadual de Londrina figura entre as brasileiras.

Todas as outras estão abaixo do número 301, que são Universidade Estadual do Ceará, Universidade Estadual de Itajubá, Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Universidade Federal de Santa Maria, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade Estadual de Santa Cruz, Universidade de Vila Velha e Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

Top 10 universidades mais sustentáveis

10º lugar – Univesidade de Hong Kong (Hong Kong)

9º lugar – Universidade de Bolonha (Itália)

8º lugar – Universidade de Montreal (Canadá)

7º lugar – KHT Royal Instutite of Technology (Suécia)

6º lugar – Universidade de Gotemburgo (Suécia)

5º lugar – King’s College Longon (Reino Unido)

4º lugar – Universidade de Manchester (Reino Unido)

3º lugar – Univesity of British Columbia (Reino Unido)

2º lugar – McMaster University (Canadá)

1º lugar – Universidade de Auckland (Nova Zelândia)

LEIA TAMBÉM

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.