Abandonado e destruído por incêndio, módulo policial no Água Verde vai virar café descolado

Café de 16 m² com área externa promete auxiliar na revitalização da Praça Maria Bergamin Andretta

Imagem: Divulgação

por Luan Galani

04/07/2018

compartilhe

Abandonado há bastante tempo e alvo de vandalismo que resultou em incêndio em abril de 2018, um módulo policial na Praça Maria Bergamin Andretta, no Água Verde, no cruzamento da Rua Bento Vianna com a Avenida Água Verde, vai virar um café de 16 m². A cobertura com domos típica de Curitiba e as estruturas metálicas originais serão mantidas e recuperadas. A inauguração do Café Sete Expresso – Bizu está prevista para o próximo dia 22.

Imagem: Google Maps/Reprodução

Foto: Divulgação

O espaço foi cedido por dois anos pela Prefeitura de Curitiba como uma parceria público-privada para o projeto Geração Bizu, que se dedica a reinserir na sociedade ex-detentos que cumprem pena monitorada, e aposta no café como uma maneira de gerar recursos para a entidade social.

Imagem: Divulgação

O projeto é assinado pela arquiteta Ana Bonim, e será executado e coordenado pela construtora Mora Constrói, de Leopoldo Guimarães e Harison Borchardt. Todo o material e mão de obra foram doados. Além dos profissionais já citados, ajudaram a financiar a construção do café o Balaroti, a Terra Café, Núclep P3, Anua e Tintas Alessi.

“Essa renovação urbanística traz benefício para vários atores, e prova que, com vontade, é possível fazer”, garante Leopoldo. “Os módulos policiais entraram em desuso e agora a prefeitura aposta somente em módulos móveis. Mas esses espaços continuam lá e precisam ser renovados. É a primeira experiência desse modelo.”

Imagem: Divulgação

O café terá uma pegada urbana para valorizar o entorno e vai assumir uma linguagem brutalista, com bastante ferro e madeira aparentes. Caixotes de feira vão funcionar como prateleiras e os domos serão pintados de marrom. A operação do café, com horários de funcionamento, está em fase de definição e mais detalhes serão divulgados na ocasião do lançamento.

Imagem: Divulgação

LEIA TAMBÉM

Álbum alternativo da Copa traz ilustrações divertidas dos jogadores por 32 artistas

No Centro de Curitiba, o “lar” das balas Zequinha sobrevive ao tempo

 

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você