Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
“A era Mao Tsé Tung foi cheia de altos e baixos”: as frases da semana
| Foto: Reprodução

"A era Mao Tsé Tung foi cheia de altos e baixos" - Quebrando o Tabu, coletivo. A publicação que relativiza a morte de 50 milhões de pessoas foi posteriormente apagada. Só resta esperar que o pessoal do coletivo vá a uma biblioteca e consulte fontes históricas decentes antes de sair por aí falando esse tipo de bobagem.

"Djokovic poderá ganhar 200 Grand Slams, mas jamais terá o meu respeito" - André Henning, locutor. Boatos dão conta de que, em busca do respeito de Henning, o tenista agora vai abandonar todos os seus princípios.

"Como assim, Djoko? Você é grande demais pra ficar do lado do negacionismo, do obscurantismo!”

- Tadeu Schimdt, apresentador, realmente achando que sua opinião é relevante para o tenista número 1 do mundo.

"Já temos o caminho" - Gleisi Hoffmann, presidente do PT, sobre a volta de todo tipo de política socialista num eventual (bate na madeira!) governo petista. No fim desse caminho a gente já sabe o que vai encontrar: miséria.

"Nossa constituição é clara sobre a presunção de inocência" - Lula, ex-presidiário e mestre em presunção — mas não em inocência.

"Me desculpe. Você tem toda razão. Não usarei mais"

Tatiana Roque, professora de matemática travestida de influencer, baixando a cabeça para censores travestidos de militantes e que consideram o verbo "travestir" (usado por Tatiana em um tuíte) uma expressão transfóbica.

"Proibido tirar de giro e chamar no grau. Sujeito a cacete. Não vamos aceitar essas coisas na comunidade!" - faixa colocada pelo PCC em uma favela de São Paulo proibindo os motociclistas de atazanarem a vida dos moradores. Aparentemente, até o crime organizado tem limites.

"O artigo dizia incorretamente que Jesus Cristo aparece no Velho Testamento" - New York Times, jornal, em errata que mostra bem o nível de conhecimento sobre religião de seus redatores.

"Se você trai um amigo por um causa, você mais cedo ou mais tarde vai trair a causa - porque vai trair qualquer coisa"

- Alexandre Soares Silva, escritor. Como discordar?

#MEMÓRIA

“A verdade não tem nada a ver com o número de pessoas que convence” - Paul Claudel, poeta francês. Pois é. Até os franceses acertam de vez em quando.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]