i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Sistema penitenciário

Califórnia vai abrigar presidiários transgêneros por identidade de gênero

  • PorGazeta do Povo
  • 28/09/2020 11:14
O governador da Califórnia, Gavin Newsom, na 49ª Parada Gay
O governador da Califórnia, Gavin Newsom, na 49ª Parada Gay| Foto: Sheila F

O governador da Califórnia, Gavin Newsom, assinou uma lei no último sábado (26) exigindo que o estado americano abrigue presidiários transgêneros em prisões com base em sua identidade de gênero – contando que não haja “preocupações de gestão ou segurança”.

Atualmente, o Departamento de Correções e Reabilitação hospeda homens e mulheres em instalações separadas, e os presos transgêneros são alojados de acordo com seu sexo biológico. Os defensores da lei afirmam que o tratamento corrente é perigoso para mulheres transexuais alojadas em instalações para homens.

O projeto é de autoria do senador Scott Wiener, do Partido Democrata, que afirmou que a ideia de que homens podem se aproveitar da lei para se infiltrar em banheiros e outros ambientes femininos é “apenas uma falsa narrativa”. “Na maior parte das vezes, as pessoas que estão sendo vitimadas são pessoas trans”, disse.

De acordo com a nova lei, os policiais devem perguntar aos presos em particular durante o processo de admissão se eles se identificam como transgêneros, não binários ou intersex. Os reclusos podem então pedir para serem colocados em instalações para homens ou mulheres. A solicitação não pode ser negada pelo Departamento de Correções e Reabilitação da Califórnia apenas por conta da anatomia dos presos, orientação sexual ou “um fator presente” entre outros presos na instalação.

A única justificativa para negar o pedido é mediante “preocupações de gerenciamento ou segurança”, e o estado deve fornecer ao preso uma declaração por escrito explicando a decisão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.