Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Luís Kawaguti não é desses correspondentes de guerra modernos, que cobrem conflitos a uma distância segura, no conforto de um hotel cinco estrelas. Por isso, logo depois que a Rússia invadiu a Ucrânia ele fez as malas e pegou um avião para a região do conflito. Em Lviv, Kawaguti foi abordado por milicianos ucranianos que queriam se certificar de que ele não era um espião russo. Algumas semanas mais tarde, o carro em que estava o repórter da Gazeta do Povo foi atingido pela artilharia russa.

De volta ao Brasil depois de passar poucas e boas no Leste Europeu, Luís Kawaguti é o convidado do podcast O Papo É. Participam também desta conversa os colunistas da Gazeta do Povo Guilherme Fiuza e Rodrigo Constantino. Depois de longas férias, Paulo Polzonoff Jr volta a apresentar o programa. Esta é a nossa edição de número 76.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]