i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Energia alternativa

Energia limpa? Painéis solares produzem toneladas de lixo tóxico

  • PorBill Wirtz*
  • FEE - Foundation for Economic Education
  • 19/11/2019 15:40
Questionar certas narrativas quanto às fontes de energia chamadas de “renováveis” é essencial tanto para a inovação quanto para a proteção do meio ambiente.
Questionar certas narrativas quanto às fontes de energia chamadas de “renováveis” é essencial tanto para a inovação quanto para a proteção do meio ambiente.| Foto: Pixabay

Os painéis solares são considerados a melhor alternativa aos combustíveis fósseis há décadas. A maioria dos leitores provavelmente já viu manchetes dizendo que poderíamos satisfazer a demanda planetária por energia várias vezes se simplesmente cobríssemos o deserto do Saara com uma fazenda solar do tamanho da China. O fato de uma empreitada dessas não ser sustentável por causa do tamanho e da quantidade de manutenção exigida ou ainda por causa da infraestrutura necessária para se distribuir essa energia pelo mundo é irrelevante para os que sonham com um futuro solar.

Tudo bem. Somos todos sonhadores de uma forma ou de outra. Mas essa fantasia atrai muitos eleitores e os políticos estão loucos para pegarem o trem da energia alternativa. Os painéis solares são em grande medida subsidiados, assim como as fazendas solares, sejam elas públicas ou privadas. Na era do comércio de emissões e de conferências internacionais sobre o clima, nada é mais celebrado do que exibir grandes investimentos no uso do sol como fornecedor de energia.

Esse Zeitgeist se reflete nas vendas dos painéis solares. Este gráfico mostra os momentos em que os Créditos Tributários de Investimentos em Energia Solar (CTIE) foram criados, estendidos e ampliados.

Por dentro dos painéis solares

Para além da alocação equivocada de recursos e das distorções no preço da energia, há outros problemas ambientais associados aos painéis solares.

Para além do uso ineficiente desses recursos (no processo de transformação da sílica em sílica cristalina, aproximadamente 80% da matéria-prima é desperdiçada), há várias dúvidas referentes à saúde humana associadas à fabricação e descarte dos painéis solares.

De acordo com o biólogo e oncologista David H. Nguyen, entre os produtos químicos tóxicos presentes nos painéis solares estão o telureto de cádmio, o selenito de índio, o disseleneto de cádmio, o disseleneto de gálio, o hexafluoreto, o chumbo e o fluoreto polivinil. O tetracloreto de silício, um subproduto da fabricação de sílica cristalina, também é extremamente tóxico.

No site pró-energia solar EnergySage lê-se:

Há certos produtos químicos usados no processo de fabricação dos painéis mono e policristalinos. Um dos subprodutos mais tóxicos do processo é o tetracloreto de silício. Essa substância, se não for manuseada e descartada de forma correta, pode causar queimaduras, emitir partículas no ar que aumentam os casos de doenças pulmonares e, se exposto à água, pode produzir ácido clorídrico, substância corrosiva que faz mal ao ser humano e ao meio ambiente.

Para quem usa os painéis solares, nada disso representa um risco imediato, já que só afeta fabricantes e recicladores. Mais problemático, contudo, é o impacto ambiental desses produtos químicos. Com base na capacidade instalada e no peso dos painéis, estima-se que, até 2016, os painéis fotovoltaicos geraram 11 mil toneladas de chumbo e 800 toneladas de cádmio. Um resumo dos perigos dos compostos à base de cádmio produzido pela EPA (Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos) diz que a exposição ao cádmio pode provocar irritação pulmonar grave e problemas funcionárias de longo prazo. Não preciso nem mencionar os danos causados pela exposição ao chumbo.

A reciclagem dos painéis solares

Num estudo de 2003, pesquisadores chamaram a atenção para o fato de o cádmio ser alvo de tratamento ambiental especial, o que impede que a energia solar seja economicamente mais eficiente (se é que a palavra se aplica à energia solar, levando em conta os atuais subsídios). Escrevem eles:

Se os produtos forem classificados como “perigosos” de acordo com critérios federais ou estaduais, exigências especiais quanto ao manuseio, descarte e armazenagem aumentarão os custos de produção.

Isso ecoa uma resposta dada por Cara Libby, principal nome do Instituto de Pesquisas sobre Energia Solar (EPRI), que admite que não há como obter lucros com a reciclagem dos painéis solares. Ela acrescenta:

Na Europa vimos que, quando a reciclagem é obrigatória, ela é feita. Ou ela é economicamente viável ou é obrigatória. Mas sei que ela terá de ser sempre obrigatória porque jamais será economicamente viável.

Não é de se admirar que fábricas chinesas, quando confrontadas com os custos exorbitantes (financeiros e ambientais) de se descartar os produtos químicos dos painéis solares adequadamente, preferem jogá-los no meio ambiente em vez de descartá-los de uma forma ambientalmente correta.

A Stanford Magazine também diz que a energia solar deixa uma pegada de carbono maior do que as energias eólica e nuclear. Ray Weiss, professor de geoquímica na Scripps Institution of Oceanography, explica que vários painéis solares emitem trifluoreto de nitrogênio (NF3), um composto químico 17 mil vezes pior para a atmosfera do que o dióxido de carbono. Ainda em 2015, ele explicou que muitos fabricantes estão com dificuldades para descobrir como impedir a emissão disso na atmosfera.

Uma questão de narrativa

O mundo da política energética não é lugar para a emoção ou ação baseada no instinto. Usamos um monte de palavras da moda que nos levam a acreditar que uma fonte de energia é “mais limpa” do que a outra. A realidade é que a ação e interação humanas exigem uma fonte constante de energia. Todas as formas de produção de energia têm algum impacto no meio ambiente.

Questionar certas narrativas quanto às fontes de energia chamadas de “renováveis” e não se adequar a um padrão ambiental insensato é algo essencial tanto para a inovação quanto para a proteção do meio ambiente.

*Bill Wirtz é membro do programa Young Voices e recipiente da bolsa Eugene S. Thorpe.

© 2019 FEE. Publicado com permissão. Original em inglês 
17 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 17 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • K

    Karpeno

    ± 3 dias

    Será que ainda assim é mais poluente que as alternativas? Tenho minhas dúvidas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • A

      Afonso Celso Frega Beraldi

      ± 3 dias

      Aos defensores que acham que o mundo se resolve com o Acordo de Paris, eh bom que saibam que não há avanço e progresso sem alguma destruição do meio ambiente. Porem, somente, e só a Engenharia pode reverter o processo. O resto eh papo de esquina.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • D

        David de Carvalho

        ± 3 dias

        Essa série de "reportagens" já já vai defender o uso de carvão e petróleo como as mais ecológicas.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        1 Respostas
        • A

          Afonso Celso Frega Beraldi

          ± 3 dias

          Energia Nuclear. Nao ha saida

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

      • J

        Jorge Dias

        ± 3 dias

        Gosto de desenvolvimento, adoro obra, sou apaixonado pela engenharia apesar do CREA.... Mas tenho que admitir que toda a solução "ecologicamente correta" sempre carece de mais atenção. Meu lema eh: "o caminho do inferno eh pavimentado de boas intenções".

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • J

          JP

          ± 3 dias

          Os painéis solares duram 25 anos e a tecnologia de reciclagem está cada vez mais desenvolvida. As baterias dos carros elétricos duram 500.000 km, se for um Tesla duram 750.000km, depois disso podem ser usadas em sistemas estacionários. Já disseram que soja transgênica mata, que vacina é veneno e que o homem não foi à Lua. Cada tempo com sua ignorância obscurantista.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          2 Respostas
          • A

            Afonso Celso Frega Beraldi

            ± 3 dias

            Jorge Dias: nao ha saida. Só a engenharia vai resolver o passivo. Caso contrário o mundo não sairá da estaca zero em inovação e progresso.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

          • J

            Jorge Dias

            ± 3 dias

            Não podemos gerar um passivo ambiental hoje, esperando que no futuro consigamos resolve lo. Jah erramos com isso antes, e não podemos errar novamente.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

        • E

          Enio Souza

          ± 3 dias

          Geradores eólicos mais compactos e eficientes tanto para uso em larga escala como domestico , essa sim me parece uma solução bem menos agressiva ao meio-ambiente .

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          1 Respostas
          • P

            Paulo

            ± 3 dias

            Infelizmente, Enio, já há notícias de que torres eólicas causam poluição visual (até isso) e interferem no vôo de pássaros etc etc etc. Durma-se com tanto barulho.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

        • J

          jonny liebl

          ± 3 dias

          Eu procuro usar Etanol ao invés de gasolina mesmo isto custando mais caro por quilômetro rodado, mas pensando na sustentabilidade. Aí vem a questão do plantio da cana de açúcar, que já dizimou florestas e principalmente o cerrado. É, acho que os antigos tinham razão e estamos apenas dando voltas para retornar ao ponto inicial.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • Z

            Zé Costa.

            ± 3 dias

            Tudo bem ,não se usam celulas fotoeletricas, vai usar o que ? Centrais de usinas atômicas é a mesma coisa os carros elétricos, depois de cinco anos as baterias não funcionam mais, você tem que jogar fora o carro e as baterias e tem que amortizar todo esse dinheiro no período, além de sobrar o lixo das baterias , ácidos e alcalis altamente poluentes

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • Z

              Zé Costa.

              ± 3 dias

              Tudo bem ,não se usam celulas hidroelétricas, vai usar o que ? Centrais de usinas atômicas é a mesma coisa os carros elétricos, depois de cinco anos as baterias não funcionam mais, você tem que jogar fora o carro e as baterias e tem que amortizar todo esse dinheiro no período, além de sobrar o lixo das baterias , ácidos e alcalis altamente poluentes

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • C

                Cecília

                ± 3 dias

                Os painéis solares duram de em média 10 anos e após sua utilização devem ser substituídos. Sua sucata deixa vários resíduos altamente tóxicos como o cádmo, o chumbo e o selênio.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                3 Respostas
                • C

                  Charles Bonemer Junior

                  ± 3 dias

                  ERICK FARION: Isso supondo que, daqui a 25 anos, o fabricante não tenha falido ou desaparecido...

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                • E

                  ERICK FARION

                  ± 3 dias

                  Os painéis solares tem garantia de 25 anos, sua vida útil passa dos 30 anos facilmente. Não é obrigatória a substituição após. Todo grande fabricante conta com programas de reciclagem onde se reutiliza 80% dos materiais ali empregados.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                • J

                  Jorge Dias

                  ± 3 dias

                  E o extintor de pó ABC que não eh recarregável?

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

              Fim dos comentários.