i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Gigantes

Nove supercondomínios de Curitiba

Lista mescla projetos novos e outros com mais de três décadas de construção que reúnem mais de 600 apartamentos e milhares de moradores em suas instalações

  • PorSharon Abdalla
  • 14/08/2015 10:27
Maior condomínio de Curitiba, o Vida Bella conta com 900 unidades e cerca de 2,7 mil moradores. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Maior condomínio de Curitiba, o Vida Bella conta com 900 unidades e cerca de 2,7 mil moradores.| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

O boom imobiliário aumentou não apenas a oferta de lançamentos, mas também o tamanho dos empreendimentos residenciais de Curitiba. Desde 2008, a capital viu crescer o número de apartamentos presentes nas novas edificações, que passaram a ser chamadas de supercondomínios, ao concentrarem moradias que, em alguns casos, beiram as mil unidades.

A expansão do mercado imobiliário para novas regiões da cidade – em decorrência de áreas maiores disponíveis para construção – e o atendimento da demanda pelos empreendimentos de perfil econômico estimularam as construtoras a investirem em projetos gigantes. Juntos com condomínios pioneiros erguidos nas décadas de 1970 e 1980, eles se destacam no cenário da capital e reúnem milhares de moradores em suas instalações, um desafio e tanto na área de gestão.

A reportagem não localizou uma relação oficial dos maiores condomínios de Curitiba em relação ao número de unidades. Para listá-los, foram cruzados dados encaminhados pela Brain Bureau de Inteligência Corporativa, Secretaria Municipal de Urbanismo (SMU), empresas responsáveis pela incorporação das obras e síndicos responsáveis por esses empreendimentos.

  • Vida Bella: megaprojeto da construtora Rossi na região do Atuba, o residencial Vida Bella conta com 900 unidades e cerca de 2,7 mil moradores, figurando como o maior condomínio de Curitiba. No total, são 45 torres de cinco pavimentos, cada um com quatro apartamentos do segmento popular. O empreendimento foi entregue em 2011 e contempla plantas de dois e três dormitórios, com 52 m² e 66 m².
  • Spazio Cosenza: em construção no Pinheirinho pela MRV Engenharia, o empreendimento Spazio Cosenza contará com 840 apartamentos de padrão econômico e terá capacidade para abrigar 2,9 mil moradores, aproximadamente. O empreendimento oferece plantas de um e dois dormitórios que variam de 45 m² a 54 m² de área privativa e serão distribuídas em 21 torres – sendo 11 delas conjugadas. O residencial terá um grande lago ao centro e será entregue em 2016.
  • Parque Arvoredo Residencial Clube: construído na Rua Francisco Derosso, no Xaxim, o Parque Arvoredo Residencial Clube possui 750 unidades, distribuídas em 11 torres. Os apartamentos contemplam plantas de dois e três dormitórios com metragens que variam entre 55 m² e 131 m² de área privativa. O empreendimento foi entregue em 2013, com projeto da construtora Tenda.
  • Life Space Curitiba: localizado em frente ao Shopping Curitiba, na Avenida Visconde de Guarapuava, o Life Space Curitiba terá 732 unidades, distribuídas em torre única de 30 pavimentos. Em construção pela Invespark e Rossi, o edifício oferece plantas de médio padrão nos formatos studio, um quarto, dois dormitórios e unidades duplex, além de coberturas. Com ampla área comum, o prédio tem previsão de entrega para abril de 2016.
  • Mauá I e II: com 720 apartamentos, o Residencial Mauá é um dos pioneiros no segmento dos supercondomínios na região da Cidade Industrial de Curitiba. Entregue em 1979, oferece unidades de 75 m² a 83 m², em média, distribuídos em 35 torres. A grandiosidade do condomínio, com aproximadamente 65 mil m² de área total e cerca de 2,5 mil pessoas, fez com que os moradores optassem por dividir a administração do empreendimento erguido pela construtora Independência, o que deu origem ao Mauá I e ao Mauá II.
  • Fit Marumbi: projeto da construtora Tenda, o Fit Marumbi conta com 670 unidades localizadas na Rua Assis Figueiredo, no bairro Guaíra. As plantas oferecem opções de dois e três dormitórios com suíte, com os apartamentos medindo de 57 m² a 136 m² de área privativa distribuídas em 12 torres. A obra foi entregue em 2012 e tem vista para a Serra do Mar.
  • Residencial Village Paraná: entregue em 2014 no Atuba, o Residencial Village Paraná tem um total de 657 unidades de perfil econômico. Projeto da construtora PDG, o empreendimento contém oito torres e oferece apartamentos de dois e três quartos, todos com suíte, e metragens privativas que variam de 53 m² a 61 m². Todas as unidades contam com sacada e vaga de garagem.
  • Parque Residencial Fazendinha: o Parque Residencial Fazendinha também está entre os primeiros supercondomínios de Curitiba ao abrigar 640 apartamentos. Localizado no Fazendinha, o empreendimento foi entregue há 35 anos e soma 32 torres de quatro pavimentos, com plantas de dois e três dormitórios. Para atender os cerca de 3 mil moradores, o condomínio conta com uma padaria dentro de suas instalações.
  • Life Residence Club: Localizado no bairro Capão Raso, o Life Residence Club reúne 608 unidades residenciais distribuídas em duas torres de 19 pavimentos cada. Projeto da AK Realty, com construção da Thá Engenharia, oferece plantas de médio padrão com dois e três dormitórios e metragens privativas de 59 m² e 78 m². A última fase do empreendimento foi entregue no início de 2015.
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.