Pássaro logo do Twitter com um X vermelho no bico.

Como apagar todos os tweets da sua conta no Twitter

Por
29/10/18, 15h18 6 min Comente

Digamos que você acordou nesta segunda-feira e, por qualquer motivo que absolutamente não tem nada a ver com um grande evento ocorrido no Brasil ontem à noite e que foi amplamente divulgado pela imprensa e nas redes sociais, teve a ideia de apagar todos os tweets da sua conta no Twitter sem exclui-la por completo. Acontece. Se é o seu caso, olha que legal: este post ensinará como fazer isso!

Não existe um método oficial de apagar todos os tweets de uma conta no Twitter. Até dá, mas manualmente, um a um — algo inviável para quem tem milhares de tweets publicados. Não é do interesse do Twitter que o conteúdo da plataforma seja apagado, logo, natural que não exista uma maneira fácil de fazer isso.

Felizmente, alguns serviços de terceiros oferecem essa exclusão em massa de tweets. Eles dialogam com o Twitter por APIs oficiais e têm algumas ferramentas extras para personalizar a limpeza e programa a exclusão de tweets no futuro.

Antes de falarmos deles, alguns preparativos são necessários.

Faça backup

A primeira coisa a ser feita é o backup dos seus tweets. Mesmo que você não tenha a intenção de guardar para a posteridade as suas postagens, esse passo é essencial para que os serviços de exclusão funcionem plenamente.

O Twitter oferece dois tipos de backup:

  • Seu arquivo do Twitter: Está no final da aba “Conta”, nas configurações do Twitter. Este arquivo é legível por seres humanos — ao abri-lo em um navegador, todos os seus tweets são exibidos, com divisão por ano e mês, e há uma busca nativa.
  • Seus dados no Twitter: É uma aba própria nas configurações do Twitter e compreende todos os aspectos da conta. Este backup vem em JavaScript, uma linguagem de programação que é mais difícil de ser lida por pessoas. O tamanho é bem maior também.

O que nos interessa, aqui, é o “Seu arquivo do Twitter”. Faça a solicitação, aguarde o Twitter notificá-lo por e-mail de que o arquivo está pronto para ser baixado, e baixe-o.

Duas opções para apagar todos os tweets

É bem provável que existam mais serviços que prometem apagar seus tweets. Aqui, mostrarei dois confiáveis, Cardigan e TweetDeleter, ambos pagos. Desconheço solução confiável, funcional e gratuita para essa finalidade. (Se você souber de alguma, conte nos comentários.)

Cardigan

O Cardigan é um serviço criado no final de 2015, em um feriado, por Benjy Weinberger, um engenheiro que mora em São Francisco, EUA. Ele tem esse nome em referência à banda sueca The Cardigans, que fala na música Erase/Rewind em coisas ditas que são retratadas depois — tudo a ver com a ideia, certo?

Você precisa autorizar o Cardigan a acessar sua conta no Twitter. Para isso, toque no botão “Get Started” e, em seguida, em “Sign in with Twitter”. Faça login no Twitter e conceda a autorização na tela correspondente. Depois, já de volta ao Cardigan, dois botões serão exibidos: Tweets e Likes.

O que nos interessa, no momento, são os tweets. Toque nele e outras duas opções surgirão: “Fetch from Twitter” e “Import from archive”.

A primeira só funciona se você tem menos de 3.200 tweets publicados. A API do Twitter impõe esse limite à importação de tweets. Para burlá-lo, é possível enviar o arquivo de backup. É aqui que entra a cobrança: US$ 0,99 a cada 10 mil tweets importados. A cobrança é feita só uma vez e apenas após a importação ser finalizada. Além disso, futuros uploads não são cobrados novamente.

Terminado o upload, toque no menu “View” no topo da tela e, em seguida, em “Browse Tweets”. É aqui que a mágica acontece.

Tela de tweets do Cardigan.
Tela principal do Cardigan.

Quer apagar todos os tweets? O caminho é o botão “Delete All”. É preciso confirmar a operação, que é irreversível e a depender da quantidade de tweets e do tráfego no servidor do Cardigan, pode demorar um tempo. No menu “View” há um link para acompanhar o status das exclusões — é o “Deletion Status”.

Note que, após excluir muitos tweets, o contador de tweets em seu perfil pode passar a exibir um número incorreto. Segundo Weinberger, é um bug do Twitter e não há nada que se possa fazer de fora para corrigi-lo.

O Cardigan também pode ser usado para exclusões em massa em vez de excluir todo o histórico de tweets. Há uma busca, que filtra por RTs (“apagar” um RT significa desfazê-lo), respostas, datas e palavras-chave. Pode ser útil. Ao fazer um filtro, a quantidade de tweets restantes aparece no box à direita. Você pode selecionar alguns e apagá-los todos de uma vez, ou tocar no botão “Delete All” que, nesse caso, excluirá apenas os tweets filtrados.

TweetDeleter

O TweetDeleter é um serviço similar, mas mais profissional e flexível. E mais caro. O plano “Unlimited”, que libera a opção de apagar todos os tweets de uma vez só, custa US$ 14,99 por mês, ou US$ 7,50/mês no plano anual.

Uma das vantagens do TweetDeleter é que ele oferece mais filtros. Dá, por exemplo, para filtrar por tipo de mídia — imagens, vídeos, links do YouTube/Instagram/Tumblr.

A maior vantagem do TweetDeleter, porém, é a ferramenta de exclusão automática recorrente. Você pode definir que tweets publicados há mais de 30 dias sejam sempre excluídos ou que seu perfil tenha apenas os últimos 100 tweets publicados. Na prática, essa ferramenta transforma o Twitter em uma espécie de Snapchat público, com tweets que expiram após um prazo ou limite pré-definido.

Posso apagar sem medo?

O Twitter existe desde 2006 e muita gente tem conta lá há cinco, oito, dez anos. É possível escrever muita bobagem em um período tão longo e mesmo mensagens inocentes podem ser tiradas de contexto ou usadas maliciosamente contra o autor, a depender do momento em que se vive. Nada de errado em apagar tweets. O ato, em si, não é uma confissão de qualquer tipo de culpa, especialmente nas atuais circunstâncias.

De qualquer forma, repito e destaco: a exclusão dos tweets é irreversível. O único resquício das mensagens excluídas é o backup, que a princípio apenas você pode acessar em seu próprio computador.

Compartilhe: