Meerkat e YouNow: tendência de vídeos ao vivo transmitidos via Internet

Por
23/3/15, 12h40 4 min 10 comentários

Quem está no Twitter ou acompanhou a cobertura da última edição do SXSW, em Austin, EUA, já deve ter pelo menos lido algo sobre o Meerkat. O app-sensação do evento permite a qualquer um fazer uma transmissão por vídeo, em tempo real, a partir do smartphone.

Em paralelo, o YouNow ganhou os holofotes já consagrado com um modelo de negócios baseado em doações e presentes dos “fãs” para os famosos anônimos que transmitem suas rotinas pelo serviço. Não há famosos de fora lá, do tipo que aparece na TV ou toca nas rádios, apenas gente comum que, ao abrir suas vidas para outras pessoas sem destaque na mídia, descobriram-se estrelas do streaming ao vivo. Continuar lendo Meerkat e YouNow: tendência de vídeos ao vivo transmitidos via Internet

Com este aplicativo, a Prefeitura de Curitiba quer criar um “SAC 2.0” automatizado da cidade

Por
17/10/14, 9h37 7 min 1 comentário

Referência no Facebook, a Prefeitura de Curitiba faz um trabalho bastante legal. Misturando bom humor, originalidade, produção constante e atenção aos fãs, a página consegue engajar os moradores da capital paranaense em diversas causas, expôr a cidade em outros cantos do Brasil e brincar com as tradições e a cultura do curitibano. O departamento de mídias sociais, alocado na própria prefeitura, virou modelo de comunicação entre governo e população.

No último Multicom, a semana do curso de Comunicação e Multimeios da UEM, em Maringá, Marcel Bely, da equipe de mídias sociais da Prefeitura de Curitiba, falou das brigas que teve que comprar para estabelecer esse tom mais despojado, menos sisudo na comunicação de uma prefeitura, as estratégias que usa para criar conteúdo que ecoa entre os fãs da página e, na sessão de perguntas e respostas, citou um app, um tal de Colab, que para ele é uma peça fundamental na relação com o povo. Fiquei interessado e fui pesquisar melhor o que é o Colab. Continuar lendo Com este aplicativo, a Prefeitura de Curitiba quer criar um “SAC 2.0” automatizado da cidade

O novo app Kiwi quer convidar seus amigos do Facebook. Não faça isso

Por
17/3/15, 12h30 2 min 4 comentários

Este é mais um post que será útil por uma semana e, depois, cairá no esquecimento junto com o app que aborda — foi assim com o MomentCam, Secret, Rooms e alguns outros. Desta vez o app em questão se chama Kiwi e está disponível para Android e iPhone.

Você talvez até já tenha recebido um convite no Facebook, de algum contato seu, para usar o Kiwi. Não se trata de uma variante saudável/natural de Candy Crush; o Kiwi é um app nos moldes do Ask.fm e Spring.me, ou seja, um lugar para fazer perguntas anônimas (ou não) e respondê-las.

A página oficial do app no Facebook começou a operar ontem, mas ele já está ganhando tração por conta da controversa mecânica de convites quase automáticos. O processo de cadastro é um campo minado nesse sentido. Logo depois de liberar o acesso do Kiwi aos seus dados no Facebook a fim de registrar-se, com a desculpa de que “é mais divertido com seus amigos” o Kiwi dá uma forçada nesse sentido. A primeira tela é esta:

Primeira tela de convites do Facebook no app Kiwi.

A interface é confusa. Não há um botão claro (em vermelho, um “X”, qualquer coisa do tipo) para pular essa etapa. O correto, pois, é o tique do canto superior direito. Um toque ali o leva à tela seguinte sem convidar ninguém, uma atitude que ajuda na construção da paz mundial e na manutenção de amizades.

Mas calma, ainda não acabou. Depois da tela acima, o Kiwi joga uma janela modal na tua cara com o mesmo pedido, apenas exibido de uma forma mais dramática:

Segunda tentativa de convidar todos os seus amigos do Facebook.

Que cara insistente! Aqui, pelo menos, a interação é óbvia, basta tocar em “Não” e você, enfim, chegará à tela principal do app.

O Kiwi parece ser bem simples, mas tem um visual legal. Talvez pegue, talvez não. Em qualquer dos casos, apenas não seja aquele que convida todo mundo para coisas esquisitas no Facebook.

Apps da Semana #9: Aplicativo de segurança para macOS enviava dados de usuários para servidor na China

Por
8/9/18, 14h52 4 min 3 comentários

Nota do editor: toda semana, o Manual do Usuário faz um registro dos novos apps lançados dignos de atenção, das grandes atualizações dos mais populares e eventuais promoções. É uma maneira direta e fácil de saber o que acontece com os apps que você usa todo dia ou pode querer instalar em seu smartphone.


Um aplicativo para macOS chamado Adware Doctor foi removido da App Store essa semana por estar enviando para servidores na China dados de navegação web dos usuários. Continuar lendo Apps da Semana #9: Aplicativo de segurança para macOS enviava dados de usuários para servidor na China

Apps da Semana #8: Este app é a melhor maneira de acessar o Reddit

Por
1/9/18, 13h25 4 min 9 comentários

Nota do editor: toda semana, o Manual do Usuário faz um registro dos novos apps lançados dignos de atenção, das grandes atualizações dos mais populares e eventuais promoções. É uma maneira direta e fácil de saber o que acontece com os apps que você usa todo dia ou pode querer instalar em seu smartphone.


Aplicativos web têm ganhado relevância em dispositivos móveis. Por serem mais fáceis de criar, manter e evitarem muito retrabalho para serem compilados no Android e no iOS, acabam ganhando a preferência de desenvolvedores e empresas. Mas os nativos, embora mais trabalhosos, ainda mantêm a dianteira em fatores como experiência de uso. O Apollo (iOS) é um belo exemplo recente disso. Continuar lendo Apps da Semana #8: Este app é a melhor maneira de acessar o Reddit

Apps da Semana #7: Relembre o Windows 95 com dois cliques

Por
25/8/18, 14h55 3 min 2 comentários

Nota do editor: toda semana, o Manual do Usuário faz um registro dos novos apps lançados dignos de atenção, das grandes atualizações dos mais populares e eventuais promoções. É uma maneira direta e fácil de saber o que acontece com os apps que você usa todo dia ou pode querer instalar em seu smartphone.


O Windows 95 completou 23 anos neste sábado (24). Foi a primeira versão do Windows a trazer o menu Iniciar e o responsável por trazer outras convenções que resistem até hoje, como o sistema plug-and-play, que permite conectar acessórios e começar a usá-los imediatamente. Continuar lendo Apps da Semana #7: Relembre o Windows 95 com dois cliques

Apps da Semana #1: Como o WhatsApp combate a desinformação sem mexer em sua criptografia

Por
14/7/18, 13h13 5 min 7 comentários

Nota do editor: toda semana, o Manual do Usuário fará um registro dos novos apps lançados dignos de atenção e das grandes atualizações dos mais populares. É uma maneira direta e fácil de saber o que acontece com os apps que você usa todo dia ou pode querer instalar em seu smartphone.


Quando o WhatsApp adotou a criptografia de ponta a ponta, é bem provável que ninguém lá dentro imaginasse que, alguns anos mais tarde, essa medida dificultaria muito o combate ao maior problema já enfrentado pelo aplicativo: o combate à disseminação de boatos e conteúdo de ódio. Continuar lendo Apps da Semana #1: Como o WhatsApp combate a desinformação sem mexer em sua criptografia

Apps da Semana #2: O Instagram quer ser a internet

Por
21/7/18, 8h31 5 min 4 comentários

Nota do editor: toda semana, o Manual do Usuário faz um registro dos novos apps lançados dignos de atenção, das grandes atualizações dos mais populares e eventuais promoções. É uma maneira direta e fácil de saber o que acontece com os apps que você usa todo dia ou pode querer instalar em seu smartphone.


O Instagram quer ser a internet. Já faz algum tempo que o Facebook, empresa que detém o aplicativo, investe pesadamente para torná-lo muito mais do que um mero app de compartilhar fotos — a proposta original de 2010, quando o Instagram foi lançado. Continuar lendo Apps da Semana #2: O Instagram quer ser a internet

Apps da Semana #4: Asphalt 9: Legends é o jogo de celular perfeito

Por
4/8/18, 13h56 6 min 12 comentários

Nota do editor: toda semana, o Manual do Usuário faz um registro dos novos apps lançados dignos de atenção, das grandes atualizações dos mais populares e eventuais promoções. É uma maneira direta e fácil de saber o que acontece com os apps que você usa todo dia ou pode querer instalar em seu smartphone.


Do antológico jogo da cobrinha dos celulares da Nokia aos viciantes e super rentáveis Candy Crush atuais, jogos sempre foram uma constante em dispositivos móveis. Eles servem principalmente para preencher os bolsões de tédio das nossas rotinas. Vez ou outra, até trazem algo além da simples distração. Não é o caso de Asphalt 9: Legends, porém. Continuar lendo Apps da Semana #4: Asphalt 9: Legends é o jogo de celular perfeito

Apps da semana #6: Você pode usar qualquer app do Twitter desde que seja o oficial

Por
18/8/18, 15h43 6 min 1 comentário

Nota do editor: toda semana, o Manual do Usuário faz um registro dos novos apps lançados dignos de atenção, das grandes atualizações dos mais populares e eventuais promoções. É uma maneira direta e fácil de saber o que acontece com os apps que você usa todo dia ou pode querer instalar em seu smartphone.


Na última quinta-feira (16), o Twitter promoveu uma quebradeira generalizada em aplicativos alternativos. A empresa desativou uma API1 que possibilitava a esses apps oferecer vários recursos, entre eles o streaming da timeline, as notificações em tempo real e estatísticas de curtidas e retweets. Continuar lendo Apps da semana #6: Você pode usar qualquer app do Twitter desde que seja o oficial

Teclados no iOS 8: uma experiência com o SwiftKey no iPhone

Por
19/9/14, 10h00 3 min 21 comentários

iPhone com teclado novo, SwiftKey.

O iOS 8 está mais aberto, mais flexível e agora aceita teclados de terceiros. Vários já estão disponíveis na App Store e, nesses primeiros dias de novas possibilidades, dois, SwiftKey e Swype, rapidamente alcançaram o primeiro lugar nas listas dos apps gratuitos e pagos mais baixados. Instalei alguns, inclusive esses dois, para ver como eles se comportam na prática.

A instalação é feita através das opções, da mesma forma que, até o iOS 7, se instalava um teclado de outro idioma, ou o de emojis. Lá também é possível gerenciar a ordem e os teclados disponíveis e, em alguns casos, conceder acesso irrestrito, leia-se o envio do que é digitado para um servidor externo. O SwiftKey pede essa permissão para funcionar plenamente, usando seus padrões de digitação para aperfeiçoar as sugestões. Continuar lendo Teclados no iOS 8: uma experiência com o SwiftKey no iPhone

Apps da Semana #5: Este app monitora e recompensa o seu sedentarismo

Por
11/8/18, 14h45 4 min 1 comentário

Quando os smartphones passaram a empregar chips de movimento e sensores como giroscópio, começaram a surgir aplicativos e recursos embutidos nos sistemas que monitoram o nosso movimento: passos dados, calorias gastas, degraus de escada subidos.

A oferta é grande, não faltam apps para monitorar atividades e até competir com os amigos. O Couch Potato se destaca por fazer diferente: o contrário. Em vez de monitorar atividades, ele registra quanto tempo você fica parado.

Para ser exato, o aplicativo monitora quanto tempo seu celular permanece imóvel, sem ser tocado. A interface é tão simples quanto o funcionamento. Basta deixar o celular quietinho para que o Couch Potato registre esses períodos e informe quanto tempo você/seu celular (existe essa distinção ainda?) conseguiu ficar imóvel a cada dia.

O Couch Potato parece uma piada, mas é, na realidade, um aplicativo promocional da Burrow, empresa norte-americana moderninha que vende sofás de qualidade diretamente aos consumidores. Faz sentido que uma fábrica de sofás use um app que evangeliza o sedentarismo para se promover!

Nos Estados Unidos, o Couch Potato é mais do que uma brincadeira. O tempo acumulado pode ser trocado por cupons de descontos em lojas de vinhos e, claro, nos sofás da Burrow. Por aqui, é só uma piadinha engraçada, mas que deve ser encarada com cuidado: não há política de privacidade e o app exige acesso aos dados de mobilidade do iOS (só tem para iPhone, aliás), o tipo de coisa que você não quer que caia nas mãos de qualquer um.

Novos aplicativos

SmartLens
Criado por um estudante norte-americano, este app é uma versão mais leve do Google Lens. Aponte a câmera para um objeto e, se ele for um dos 17 mil do banco de dados do app, feito a partir de um algoritmo treinado com milhões de imagens, o aplicativo diz o que é o objetivo enquadrado. Ele ainda se conecta à Wikipédia e à Amazon, dando mais informações de alguns itens. // iOS, gratuito.

Ava Lockscreen
Uma das vantagens do Android é a personalização: se você não gosta da tela de bloqueio ou do launcher do seu smartphone, basta baixar outro na Play Store. O Ava Lockscreen promete traz “os melhores recursos do Android e do iOS em uma tela de bloqueio”. O que seria isso? Além das esperadas notificações, com ele você também pode enviar respostas em apps de mensagens, colocar widgets e personalizar os atalhos rápidos. // Android, gratuito (com compra in-app de R$ 9,99).

Google Cameo
Provavelmente o app menos útil da lista, já que é direcionado a pessoas famosas. (Alguém famoso lê o Manual do Usuário?) Trata-se de uma ferramenta de perguntas e respostas do Google para que as pessoas gravem, em vídeo, respostas a buscas populares sobre elas feitas buscador. Curiosamente, o app está disponível apenas para iOS. // iOS, gratuito.

Atualizações

LINER 5
Este aplicativo/extensão para navegadores ganhou uma grande atualização. Não há changelog nem qualquer post em blog detalhando o que mudou, mas um dos cofundadores afirma que o app foi refeito do zero “com tudo o que aprenderam desde 2015” [quando lançaram a primeira versão] e que “estão confiantes de que este app será um dos melhores que você já usou”. Ousado, mas parece um negócio útil. // Android (beta), iOS e navegadores web, freemium (recursos extras por US$ 4,99/mês).

Newton Mail
Não é bem uma atualização, mas sim um “adeus”. O Newton Mail, antigo CloudMagic, deixará de funcionar a partir de 25 de setembro. O app, um cliente de e-mail cheio de recursos incomuns em outros apps, chegou a ter 4 milhões de usuários, mas a competição contra Apple, Google e Microsoft mostrou-se difícil demais. Assinantes podem pedir o reembolso proporcional até 18 de setembro. // Android, iOS, macOS e Windows, descontinuado.


Faltou algum app? Comente ou mande um e-mail.