Teclados no iOS 8: uma experiência com o SwiftKey no iPhone

Por
19/9/14, 10h00 3 min 21 comentários

iPhone com teclado novo, SwiftKey.

O iOS 8 está mais aberto, mais flexível e agora aceita teclados de terceiros. Vários já estão disponíveis na App Store e, nesses primeiros dias de novas possibilidades, dois, SwiftKey e Swype, rapidamente alcançaram o primeiro lugar nas listas dos apps gratuitos e pagos mais baixados. Instalei alguns, inclusive esses dois, para ver como eles se comportam na prática.

A instalação é feita através das opções, da mesma forma que, até o iOS 7, se instalava um teclado de outro idioma, ou o de emojis. Lá também é possível gerenciar a ordem e os teclados disponíveis e, em alguns casos, conceder acesso irrestrito, leia-se o envio do que é digitado para um servidor externo. O SwiftKey pede essa permissão para funcionar plenamente, usando seus padrões de digitação para aperfeiçoar as sugestões. Continuar lendo Teclados no iOS 8: uma experiência com o SwiftKey no iPhone

Apps da Semana #5: Este app monitora e recompensa o seu sedentarismo

Por
11/8/18, 14h45 4 min Comente

Quando os smartphones passaram a empregar chips de movimento e sensores como giroscópio, começaram a surgir aplicativos e recursos embutidos nos sistemas que monitoram o nosso movimento: passos dados, calorias gastas, degraus de escada subidos.

A oferta é grande, não faltam apps para monitorar atividades e até competir com os amigos. O Couch Potato se destaca por fazer diferente: o contrário. Em vez de monitorar atividades, ele registra quanto tempo você fica parado.

Para ser exato, o aplicativo monitora quanto tempo seu celular permanece imóvel, sem ser tocado. A interface é tão simples quanto o funcionamento. Basta deixar o celular quietinho para que o Couch Potato registre esses períodos e informe quanto tempo você/seu celular (existe essa distinção ainda?) conseguiu ficar imóvel a cada dia.

O Couch Potato parece uma piada, mas é, na realidade, um aplicativo promocional da Burrow, empresa norte-americana moderninha que vende sofás de qualidade diretamente aos consumidores. Faz sentido que uma fábrica de sofás use um app que evangeliza o sedentarismo para se promover!

Nos Estados Unidos, o Couch Potato é mais do que uma brincadeira. O tempo acumulado pode ser trocado por cupons de descontos em lojas de vinhos e, claro, nos sofás da Burrow. Por aqui, é só uma piadinha engraçada, mas que deve ser encarada com cuidado: não há política de privacidade e o app exige acesso aos dados de mobilidade do iOS (só tem para iPhone, aliás), o tipo de coisa que você não quer que caia nas mãos de qualquer um.

Novos aplicativos

SmartLens
Criado por um estudante norte-americano, este app é uma versão mais leve do Google Lens. Aponte a câmera para um objeto e, se ele for um dos 17 mil do banco de dados do app, feito a partir de um algoritmo treinado com milhões de imagens, o aplicativo diz o que é o objetivo enquadrado. Ele ainda se conecta à Wikipédia e à Amazon, dando mais informações de alguns itens. // iOS, gratuito.

Ava Lockscreen
Uma das vantagens do Android é a personalização: se você não gosta da tela de bloqueio ou do launcher do seu smartphone, basta baixar outro na Play Store. O Ava Lockscreen promete traz “os melhores recursos do Android e do iOS em uma tela de bloqueio”. O que seria isso? Além das esperadas notificações, com ele você também pode enviar respostas em apps de mensagens, colocar widgets e personalizar os atalhos rápidos. // Android, gratuito (com compra in-app de R$ 9,99).

Google Cameo
Provavelmente o app menos útil da lista, já que é direcionado a pessoas famosas. (Alguém famoso lê o Manual do Usuário?) Trata-se de uma ferramenta de perguntas e respostas do Google para que as pessoas gravem, em vídeo, respostas a buscas populares sobre elas feitas buscador. Curiosamente, o app está disponível apenas para iOS. // iOS, gratuito.

Atualizações

LINER 5
Este aplicativo/extensão para navegadores ganhou uma grande atualização. Não há changelog nem qualquer post em blog detalhando o que mudou, mas um dos cofundadores afirma que o app foi refeito do zero “com tudo o que aprenderam desde 2015” [quando lançaram a primeira versão] e que “estão confiantes de que este app será um dos melhores que você já usou”. Ousado, mas parece um negócio útil. // Android (beta), iOS e navegadores web, freemium (recursos extras por US$ 4,99/mês).

Newton Mail
Não é bem uma atualização, mas sim um “adeus”. O Newton Mail, antigo CloudMagic, deixará de funcionar a partir de 25 de setembro. O app, um cliente de e-mail cheio de recursos incomuns em outros apps, chegou a ter 4 milhões de usuários, mas a competição contra Apple, Google e Microsoft mostrou-se difícil demais. Assinantes podem pedir o reembolso proporcional até 18 de setembro. // Android, iOS, macOS e Windows, descontinuado.


Faltou algum app? Comente ou mande um e-mail.

Apps da Semana #3: Velhos conhecidos ganham recursos inusitados

Por
28/7/18, 14h31 4 min Comente

Nota do editor: toda semana, o Manual do Usuário faz um registro dos novos apps lançados dignos de atenção, das grandes atualizações dos mais populares e eventuais promoções. É uma maneira direta e fácil de saber o que acontece com os apps que você usa todo dia ou pode querer instalar em seu smartphone.


Na lista de hoje, os destaques são velhos conhecidos que ganharam funções inusitadas: aplicativo de anotações com a marca e integração com Firefox, LinkedIn mandando mensagens de áudio e a Microsoft com (mais) um app de notícias. Continuar lendo Apps da Semana #3: Velhos conhecidos ganham recursos inusitados

Segurança de dispositivos móveis: além das senhas, códigos e padrões

Por
4/7/14, 9h55 4 min 3 comentários

Quando o Windows era mais suscetível a vírus e outros tipos de malware, ter um antivírus instalado era imprescindível. A primeira característica analisada era a eficiência dos algoritmos de detecção e heurística, mas outro fator também “pesava”: o impacto do monitoramento em tempo real no desempenho do computador.

O equilíbrio entre proteção e transparência é uma das metas mais difíceis de se alcançar quando se fala em segurança digital, especialmente para consumidores domésticos. O desafio não é tornar um sistema seguro, mas alcançar isso sem comprometer muito a experiência de uso.

Em dispositivos móveis isso também é válido, embora o dilema tenha outro foco. Pela sua característica nata, a mobilidade, perdas e roubos são merecedores de maior atenção. O mecanismo mais básico e um dos mais eficientes para minimizar danos em casos imprevistos é o código de bloqueio da tela — numérico, alfanumérico ou por padrão. Continuar lendo Segurança de dispositivos móveis: além das senhas, códigos e padrões

Os melhores apps para iPhone, iPad e Mac (fevereiro de 2016)

Por
2/3/16, 12h50 7 min 11 comentários

Todo mês o Manual do Usuário lista os melhores apps para as plataformas mais populares. Você está na da Apple (iOS e OS X) — não deixe de conferir, também, a lista do Android e as dos meses anteriores.

Faltou algum app aí embaixo? Avise nos comentários. E se descobrir algum legal no decorrer do mês, não se esqueça de mandá-lo para cá. Continuar lendo Os melhores apps para iPhone, iPad e Mac (fevereiro de 2016)

Supertab for WhatsApp: app nativo no OS X para conversar no WhatsApp

Por
14/12/15, 9h56 3 min 26 comentários

Uma das maiores vitórias do povo em 2015 foi o lançamento do WhatsApp Web. Com ele, finalmente podemos tretar com parentes reaças nos grupos de família e gastar o tempo falando com gente que vemos todos os dias usando um teclado de verdade, num notebook ou coisa do tipo. É bom, mas pode melhorar — pelo menos essa é a promessa do Supertab for WhatsApp, um app para Mac. Continuar lendo Supertab for WhatsApp: app nativo no OS X para conversar no WhatsApp

Tweetbot 2 é lançado para OS X

Por
4/6/15, 20h27 1 min 7 comentários

Screenshot de divulgação do Tweetbot 2.

Sabe quando alguém fala que o OS X tem menos apps, mas apps melhores? O Tweetbot é um bom exemplo disso. A segunda versão do app, que é exclusivo para Mac, ganhou um visual coerente com o Yosemite, mantém a sincronia com o iOS e apresenta uma interface modular que parece bastante flexível.

Custa US$ 12,99 na Mac App Store e, para quem tem a versão anterior, a atualização é gratuita.

Por

Os melhores apps para iPhone, iPad e Mac (janeiro de 2016)

Por
4/2/16, 10h03 7 min 7 comentários

Todo mês o Manual do Usuário lista os melhores apps para as plataformas mais populares. Você está na da Apple (iOS e OS X) — não deixe de conferir, também, a lista do Android.

Faltou algum app aí embaixo? Avise nos comentários. E se descobrir algum legal no decorrer do mês, não se esqueça de mandá-lo para cá. Continuar lendo Os melhores apps para iPhone, iPad e Mac (janeiro de 2016)

Os melhores apps para iPhone, iPad e Mac (março de 2016)

Por
5/4/16, 10h28 8 min 13 comentários

Todo mês o Manual do Usuário lista os melhores apps para as plataformas mais populares. Você está na da Apple (iOS e OS X) — não deixe de conferir, também, a lista do Android e as dos meses anteriores.

Faltou algum app aí embaixo? Avise nos comentários. E se descobrir algum legal no decorrer do mês, não se esqueça de mandá-lo para cá. Continuar lendo Os melhores apps para iPhone, iPad e Mac (março de 2016)

Os melhores apps para iPhone, iPad e Mac (abril de 2016)

Por
4/5/16, 17h24 9 min 2 comentários

Todo mês o Manual do Usuário lista os melhores apps para as plataformas mais populares. Você está na da Apple (iOS e OS X) — não deixe de conferir, também, a lista do Windows e as dos meses anteriores.

Faltou algum app aí embaixo? Avise nos comentários. E se descobrir algum legal no decorrer do mês, não se esqueça de mandá-lo para cá. Continuar lendo Os melhores apps para iPhone, iPad e Mac (abril de 2016)

Por que o WhatsApp para Mac e Windows precisa do smartphone conectado?

Por
11/5/16, 13h32 4 min 25 comentários

A reação das pessoas com o WhatsApp para computadores foi de decepção. Em vez de um app nativo e independente do smartphone, ele é apenas a versão web convertida em app, com suporte a teclas de atalho e notificações. Talvez seja mesmo um pouco decepcionante, mas não poderia ser diferente. Continuar lendo Por que o WhatsApp para Mac e Windows precisa do smartphone conectado?

Os melhores apps para iOS e macOS (julho de 2016)

Por
12/8/16, 8h30 9 min Comente

Todo mês o Manual do Usuário lista os melhores apps para as plataformas mais populares. Você está na da Apple (iOS e macOS) — não deixe de conferir, também, a lista do Android e as dos meses anteriores.

Faltou algum app aí embaixo? Avise nos comentários. E se descobrir algum legal no decorrer do mês, não se esqueça de mandá-lo para cá. Continuar lendo Os melhores apps para iOS e macOS (julho de 2016)