Imagem com os ícones de alguns apps eleitos pela Apple como os melhores de 2018.

Estes são os melhores apps para Android e iOS de 2018

Por
4/12/18, 10h52 5 min Comente

Todo ano desenvolvedores do mundo inteiro lançam milhares de apps para Android e iOS. Ao final de cada um, Google e Apple, as donas dessas plataformas, publicam listas dos melhores, ajudando o usuário a encontrar bons apps para tarefas específicas. As listas de 2018 já foram publicadas.

Os melhores apps de 2018 para Android

Para o Google, o melhor app do Android de 2018 foi Drops: aprenda 31 idiomas. Trata-se de mais um app que promete ensinar outra língua de um modo mais lúdico, como se fosse um jogo. Segundo o Google, “o app que nós não conseguimos para de usar e compartilhar com amigos durante o ano. Lindamente projetado e universalmente útil”.

No voto popular, uma novidade desta edição da lista e que contou com a participação de 2,7 milhões de usuários, o ganhador foi Onefootball – Notícias de Futebol, um app que ajuda o usuário a acompanhar resultados de partidas de futebol em tempo real, tabelas de classificação de diversos campeonatos e o noticiário futebolístico.

O Google selecionou mais apps em categorias específicas:

Os mais divertidos

Os melhores para auto-aperfeiçoamento

Os melhores ajudantes diários

Os melhores tesouros escondidos

Os melhores apps de 2018 para iOS

A Apple divide a sua lista, que é mais enxuta, entre apps para iPhone e iPad, e elege uma categoria do ano. A de 2018 foi a de “cuidados pessoais”, que inclui apps de meditação e relaxamento, como Calm e Shine.

O melhor app para iPhone, segundo a Apple, foi o Procreate Pocket (vídeo acima). Ele é uma tela em branco com mais de cem pincéis, dezenas de ajustes e muitos recursos especiais para artistas digitais desenharem no smartphone. O app está todo otimizado para iPhone e recebeu um tratamento especial para os modelos da linha X, com o entalhe no topo da tela.

Já o melhor do iPad em 2018 foi o Froggipedia, uma enciclopédia de sapos que faz um bom uso dos recursos de realidade aumentada do iOS.

No macOS, a Apple escolheu o Pixelmator Pro, outro app de criação e edição de imagens digitais.

Um detalhe importante: a lista foi publicada pela Apple norte-americana. Não se sabe, ainda, se ela terá uma versão brasileira. Se sim, este post será atualizado com eventuais alterações.

Jogos

Apple e Google também elegeram os jogos mais legais de 2018 em suas respectivas plataformas.

No Android, o jogo do ano foi PUBG MOBILE, versão móvel do grande sucesso nos computadores e precursor do estilo “battle royale” — estilo que, para a Apple, foi a tendência do ano. No “jogo da galera”, eleito pelo público, o vencedor foi Garena Free Fire, do mesmo gênero.

No lado da Apple, o jogo do ano para iPhone foi Donut County. Nele, guaxinins conseguem controlar remotamente buracos no chão e usam isso para roubar o lixo das pessoas do condado de Donut. Para iPad, Gorogoa, com gráficos desenhados a mão e um estilo de jogo “point and click”, foi o escolhido.

E para você? Quais foram os apps e jogos do ano? Responda nos comentários.

Imagem do topo: Apple/Divulgação.

Compartilhe: