Mostre sua mesa de trabalho #29

Por
3/7/17, 21h18 5 min 8 comentários

Nesta seção do Manual do Usuário, os leitores revelam o que têm e usam em suas mesas de trabalho. Na edição de hoje, temos a mesa de Kaluan Boarini Bernardo, 24 anos, editor-assistente na Green Park Content, em São Paulo. As descrições a seguir são dele, apenas com eventuais correções e adaptação de estilo. Veja as outras já publicadas aqui.

Oi, meu nome é Kaluan. Sou jornalista, trabalho com SEO e BI (trabalhos chatos de se explicar em festas de família), tenho 24 anos e cubro tecnologia e afins há quase oito anos. Sempre fui fã de tecnologia e, antes de cursar jornalismo, me formei técnico em mecatrônica. Vi que minha paixão pela tecnologia era mais de curioso pela teoria do que alguém que queria dominar a técnica. O jornalismo caiu bem aí.

Essa é minha estação de trabalho. Mas também é meu canto de estudos, cinema, videogame, janelinha para o mundo etc. É onde eu costumo passar mais de 70% do meu tempo acordado. Entre idas e vindas já são quase 3 anos de home office. Neste ano, tive que transportar o escritório da sala para o quarto – então tentei ao máximo harmonizar o ambiente. Ele ainda está em constante evolução: em breve, terei uma nova mesa e um monitor ultrawide de 29’’. A Emily é minha colega de trabalho e me convidou para aparecer aqui antes de eu fazer as atualizações desejadas. Como acompanho o Manual faz tempo e sempre gostei da seção, achei melhor não perder a oportunidade.

E obrigado Luccas Franklin Martins que me ajudou a montar!
Eis o que tem na foto:

1. Monitor Samsung 24’’: Monitor genérico de LED, não lembro o modelo.
2. Monitor AOC 21’’: Um monitor da AOC que não tem ajuste de brilho e nem de contraste. Fica em cima de uma biografia de Assis Chateubriand para não ter muito desnível. Ele sempre estoura muita luz na minha cara, mas ao menos me obrigou a usar f.lux e a controlar a luz branca durante a noite. Faz uma baita diferença na vida.
3. Computador personalizado: Esse eu venho montando aos pouquinhos desde 2014 e ele já passou pelas mais diferentes transformações. Basicamente tive a ideia de investir em um desktop quando percebi que, já que eu trabalhava em casa, fazia mais sentido ter um bom computador para trabalhar e jogar do que um notebook médio para trabalhar e um videogame para jogar. Sim, virei PC Master Race. O computador tem configurações bacaninhas: processador AMD FX 6300 (em breve farei upgrade), placa de vídeo GTX 1060, SSD Kingtson 120 GB, HD de 500 GB, placa mãe ATX M5A97 da Asus etc.
4. HyperX Cloud II: Esse fone de ouvido foi um grande acerto. A HyperX faz bons fones de ouvido para games, mas que também são ótimos para ver filmes e ouvir música. O microfone dele é bom e consegue isolar o barulho da minha vizinha quando estou em reunião. Além disso, ele tem card que simula um 7.1 para o som – recurso ótimo para jogos e filmes, mas não muito recomendado para música.
5. Corsair Strafe RGB: Como eu ganho a vida escrevendo, precisava de algo que otimizasse um pouco esse processo. Decidi investir em um teclado mecânico e, provavelmente, foi uma das melhores decisões que já tomei. Escolhi um com switches Brown, que são intermediárias boas o suficiente tanto para jogar quanto digitar. Aproveitei que um amigo estava vindo dos EUA e me deixei ostentar um pouco comprando o Strafe RGB, que permite configurar as cores de cada tecla como eu bem entender. É frescura, mas é muito legal.
6. Corsair Gaming M65: Eu jogo bastante Overwatch e esse mouse é ótimo para FPS. Um tanto sensível, com bom equilíbrio de peso e configurações de DPI completamente personalizáveis, ele tem me ajudado a ter um bom desempenho no jogo. Ademais, é completamente personalizável junto com o teclado – o que deixa tudo bonitinho.
7. Mousepad Corsair Gaming MM300: O tecido é ótimo e ele é um tanto largo. Comprei junto com o teclado e o mouse e fez toda a diferença. Além de evitar sujeira, me dá muito mais estabilidade para martelar o teclado e arrastar o mouse.
8. Cadeira AlphaGamer: Quando percebi que passava mais tempo na cadeira do que na minha cama, decidi que deveria investir bem nisso – principalmente após descobrir vários problemas de postura. Comprei uma cadeira gamer, de uma marca portuguesa, que custa metade das principais do mercado. A qualidade, pelo que testei, é a mesma. E fez toda a diferença no meu dia. Foi um ótimo investimento.

Mande a sua mesa de trabalho

Quer ver a sua mesa de trabalho aqui? Mande um e-mail para emily@manualdousuario.net, com o assunto “Mesa de trabalho”, contendo os seguintes itens:

  • Foto grande da mesa. No mínimo em 1920×1080, ou seja, proporção 16:9; quanto maior, melhor. Dicas: prefira tirar a foto de dia, com o auxílio do Sol, e se tiver uma câmera dedicada, prefira-a em vez da do smartphone.
  • Local. Onde fica a sua mesa, em casa ou na empresa/escritório? (Se for no seu local de trabalho, por favor, verifique com seu chefe antes se não tem problema. A última coisa que eu quero é causar a demissão de um leitor!) E se for numa empresa e puder, informe também o nome dela.
  • Descrição dos itens. O que tem na mesa, por que essas coisas estão nela, o que é legal/se destaca entre elas… enfim, explique-a para nós. Em texto corrido, com no máximo 500 palavras. (Use o Word ou Google Docs para monitorar o limite.)
Compartilhe:
  • Wilson Moreira

    Bacana demais! Já pensei em comprar uma cadeira assim, mas só passo umas 2h por dia na minha, então não compensa tanto… Se um dia rolar home office aqui vai ser uma das primeiras coisas que vou providenciar.

    • Será que não é calor essa cadeira nas costas?

      • Ranner Barbosa

        com certeza da, sempre uma opção melhor é aquelas que o tecido tem furinhos, ainda mais se vc é morador do nordeste (ou do rj no verão, rs)

      • Wilson Moreira

        É um ponto a se pensar, a minha atual é daquelas de tela no encosto, não sei se ficaria desconfortável com isso…

  • Thiago Miranda

    Muito Bacana, principalmente a cadeira.

    Chatô, o Rei do Brasil, Os professores de minha faculdade de jornalismo enchiam o saco para ler essa biografia, me lembro de ter lido 1/4 do livro.

  • Bruno Vieira

    Curti muito o post, como sempre! Ah, e sobre o monitor da Samsung, tenho quase 100% de certeza de que é um T24A550 ;)

  • Thiago Guimarães Tavares

    Olha aí que bacana. Olha, acho que esse home office é fachada, só acho. O negócio mesmo é game :D
    Parabéns

  • A nova mesa vai comprar onde?