Post livre #104

Por
1/12/17, 8h22 1 min 105 comentários

Post livre: um post sem conteúdo, apenas para abrir os comentários. Ali, conversamos sobre quaisquer assuntos — de tecnologia a técnicas de meditação, tudo está valendo.

Compartilhe:
  • Bom dia e vamos para o último mês do ano. Espero que todos estejam bem!

    • Will S.

      Esse está sendo um ótimo ano pra mim, última parcela das dívidas pagas, aí a partir do mês que vem a grana que iria pra pagar conta vai pra investimentos, manutenção de algumas amizades após término de curso técnico, troca de emprego, apesar de uma perda (nem tudo é maravilhoso), estou curtindo meu ano, e se continuar assim ano que vem tem tudo para ser melhor, com entrada na faculdade, curso de inglês e academia, rs.

      • Rodrigo

        Se já não tem, não esqueça de fazer o controle de gastos, planejamento financeiro ou o que o valha, seja com uso de um aplicativo ou mesmo a boa e velha planilha!

        • Will S.

          Já testei mais de 20 aplicativos de controle financeiro, hahah, estou usando o “minhas finanças”, por ele consigo ver o saldo do banco, cartão de crédito e carteira, sei pra onde cada centavo vai, rs.

          • Vinícius Santana

            Uso o Guia Bolso e acho bem bom. Dá pra ver saldo do banco, gastos com cartões, inclusive classificar de forma bem simples a categoria de cada despesa, estabelecer metas de economia etc.

          • Will S.

            Eu usei por bastante tempo, mas achei bem incompleto na época, gostava pois ele tinha integração com os bancos, mas no meu app atual ele importa a despesa por sms/notificação, facilitando a minha vida.

          • Rodrigo

            Eu não curto muito app pra telefone pra esse tipo de controle. Prefiro sentar no PC, dedicar uns 10 minutos praquela atividade por semana. Prefiro também importar as despesas ou inserir manualmente, não gosto de cair no automático. Velhos hábitos não se mudam hehehe.

            Mas o principal é que prefiro aplicativo offline do que online.

          • Will S.

            O que eu uso é offline, só usa a internet pra salvar na nuvem

          • Rodrigo

            Putz, eu também! Usava planilha, mas era muito trabalhoso, fora que se errasse uma fórmula, errava tudo, então tinha que ficar checando e fazendo prova real hahaha. Depois tentei usar o Gnucash, o Quicken, e um bem desconhecido, Money Dance. Hoje uso o YNAB, principalmente, porque ele tem uma parte de lançamentos bacana, mas tem uma parte de orçamento é excelente, coisa que nos outros apps era bem capenga. Ele migrou recentemente pra web, mas continuo usando a versão antiga.

          • tuneman

            Nunca tive disciplina pra lançar cada gasto nesses apps.
            prefiro manter pelo nubank mesmo.
            sempre separo uma parte do salário pra pagar as contas do mês seguinte, outra pro fundo de viagens e mais um pouco pra um fundo de manutenção preventivo.

          • binho_0

            peguei um cartão nubank. achei o aplicativo muito bom. organizado e tals. mas, pra mim pelo menos, fica difícil entender todo o hype em cima dessa empresa. se comparar com os velhos bancos, realmente tem um abismo aí (no aplicativo e no atendimento), mas acho q o mais importante num serviço assim (e muitos outros) é q ele se mostra bom qdo vc não precisa de atendimento, pq as coisas simplesmente funcionam ou são muito bem definidas e claras – coisa q não é recorrente nos bancos.

      • Louis

        Boa vida. Aproveite.

    • tuneman

      a minha barrinha da stamina ainda dá conta.
      foda que tenho que entregar um amplificador e ainda fazer 2 provas. aí já eras!
      na oficina não me preocupo muito. sempre fico entre desmontar e remontar alguma coisa.

    • Louis

      Bom final de ano para vc.

    • binho_0

      Recebo cada notícia… que, sinceramente, não tem como ficar bem (no sentido existencial mesmo). Vamos tentar no próximo ano.

  • João Vitor

    Bom dia. Gostaria de compartilhar que o tal do iPad que comprei na BF chegou. Desde sempre usuário de Android, me vi procurando tutoriais simples na internet, tal como acessar um site na versão desktop pelo Safari ou até mesmo como dar quebra de linha (retorno!?). Teve uma hora que estava editando um vídeo no iMovie e queria rotar o vídeo, pois tinha gravado virado, não encontrava NENHUM botão para rotar a tela, com a irritação eu tentei o mais idiota, fiz um gesto de rotação girando dois dedos, e não é que funcionou? Fiquei perplexo tentando entender o que acabava de acontecer haha… Fora isso, estou me adaptando. Semana que vem compartilho mais da minha experiência :P

    PS: Me dei de presente de aniversário (estou fazendo 19 anos hoje).

    • Parabéns² (pelo iPad e pelo aniversário)!

      Existe uma curva de aprendizado no iPad e, sim, algumas coisas não são tão óbvias. (Já pegou o gesto de usar dois dedos no teclado virtual para mover o cursor? Ou o toque na barra de notificações para voltar ao topo em qualquer app?) Tem algumas coisas que você aprenderá por acaso; outras, tem que pesquisar mesmo — e é tranquilo, tem tutorial para tudo.

      Mas, salvo algumas exceções, as coisas fazem sentido. Acho que você se adaptará bem :)

      • João Vitor

        Obrigado
        Não conhecia esse gesto, vou tentar depois :D

    • Feliz aniversário! E é fogo se acostumar com os pequenos truques de usabilidade de um sistema e usar outro diferente. Boa sorte!

    • Louis

      Parabéns pela compra. Acabei de vender todos meus dispositivos Apple e pretendo nunca mais comprar nada dessa empresa.

      Boa sorte!

  • Will S.

    Compraram muita coisa nessa black friday?

    Minha listinha:
    -Fone de ouvido JBL T110 (ok, foi alguns antes da BF), ótimo custo benefício;
    -Controle Ipega para jogar emuladores no Android;
    -Um negócio pra por o celular em pé pra ver vídeo enquanto almoço;
    -3 meses kindle unlimited por 1,99
    -monument valley (por recomendação do último post livre)

    • É bom esse controle? Eu comprei um também, mas antes da Black Friday. Um F30 Pro, da 8bitdo, mas mais pensando em jogar no Mac do que no celular. Ainda não chegou, mas me pareceu um negócio bem sensacional para emuladores — e tem um suporte, vendido à parte, para acoplar smartphones a ele.

      Aqui: http://www.8bitdo.com/n30pro-f30pro/

    • Vinícius Santana

      Comprei o primeiro PC ~ Gamer ~ da minha vida. Ok, na verdade comprei todas as peças e irei montar por conta própria, também pela primeira vez. É uma configuração bem modesta, principalmente por causa de grana, mas dá pra jogar todos os jogos que eu quero e fazer um upgrade no futuro. Ainda estou esperando ele chegar.

      Gabinete Aerocool AERO 500
      Pentium G4560
      4GB DDR4 2400 mhz Hyperx (Pegarei mais 4GB em breve!)
      GTX 1050 Superclocked EVGA
      HD 1TD Western Digital
      Fonte Corsair CX 450 80 Plus Bronze
      Placa Mãe MSI B250M Pro VH

      Estou ansioso para montá-lo e acredito estar preparado pra isso, pois vi muitos tutoriais no youtube. Mas, dicas são sempre bem vindas :)

      • Will S.

        Saiu quanto tudo? To pensando em montar um pra casa, pensando no meu irmão que adora jogos.

        • Vinícius Santana

          R$ 2.000 Ao todo à vista. Sairia bem mais caro se fosse à prazo. Ainda peguei Mouse, Teclado, Filtro de linha e cabo de força (A fonte vem com um, mas não tinha reparado isso na hora). O frete tbm entra nessa conta. Só falta pegar o monitor. Achei um bom na Americanas por R$ 417 + Frete no boleto. Aqui: https://www.americanas.com.br/produto/129679157/monitor-lcd-led-21-5-dell-se2216h-full-hd-preto

          • João Vitor

            Tava de olho em um monitor da Dell que é IPS, Full HD, tem saída de som, design bonito e custa uns 800 reais, mas se for usar apenas com fone de ouvido, parece uma boa opção esse das Americanas.

            Apenas fique ligado com o tempo de entrega, vários monitores da Dell tem estimativa de 1 (UM) mês (MÊS) para o RS.

          • Vinícius Santana

            O prazo está entre 10 e 14 dias, bem ok. Quanto a saída de som, não faz diferença pra mim.

          • Vinícius Santana

            Agora que eu reparei que esse da Dell que mandei o link é LCD. Tem muita diferença entre IPS e LCD? Qual o melhor na sua opinião?

            PS. Acabo de descobrir que IPS não é o tipo de tela, mas sim a tecnologia de alinhamento do LCD que garante maior ângulo de visão e maior taxa de atualização.

          • João Vitor

            Cara,, apenas parece que o IPS tem um contraste maior e cores um pouco mais saturadas além do ângulo de visão, mas o LCD não fica devendo, ambos são muito bons caso você não seja tão exigente.

          • Will S.

            Opa, se durar muito é melhor ainda, meu irmão tem 10 anos, então não é muito exigente, vou conversar com meu padrasto pra dividir essa conta.

      • Bruno Cavalcante

        Bela config. Esse G4560 é batalhador. Se tiver disponibilidade, recomendo pegar um SSD no futuro, pois fará uma bela diferença.

        • Vinícius Santana

          Sim, um SSD é um plano para um futuro próximo, nem que seja um de 120 GB, hahaha.

          • Isso, pega de 120 GB mesmo. Também ia recomendar isso, a diferença é BRUTAL.

          • Harlley Sathler

            Que SSDs vocês estão usando? Eu uso, há algum tempo, um 850 EVO da Samsung. Não tenho do que reclamar, mas de um tempo pra cá os preços dessa linha estão ficando mais salgados que o de costume. Recomendam alguma outra marca/modelo?

          • Ah, o seu provavelmente é melhor que o meu, uso um kingston v300 (acho que nem vende mais). Mesmo assim, a diferença do SSD (por mais simples que seja) é incrível em comparação a um HDD.

          • Harlley Sathler

            Precisei comprar outra unidade para o meu pai e, para minha surpresa, quando pesquisei vários benchmarks quase todos os SSDs voltados para o mercado de consumo (não pro), levavam como base o 850 EVO, ou seja, todo benchmark que vi comparava o modelo em análise ao 850 EVO. Não sei se o aumento de preços dessa linha tem relação com esse “fenômeno” nos reviews.

            De toda sorte, concordo, a diferença é brutal.

          • Pra quem usa SSD, uma pergunta: vocês instalam todos os programas/jogos nele? Imagino que, com o tamanho dos softwares atualmente, esse espaço deve encher rapidamente (o que faz eu considerar um HD de 240GB).

          • Harlley Sathler

            No meu caso, mantive em minha máquina um HDD de 500GB (para as tranqueiras raramente acessadas) e o SSD também de 500GB. No SSD estão sistema, programas e meus arquivos. Tudo tá ocupando pouco mais de 250GB. Mas não costumo ter jogos no computador (nem tenho máquina pra isso, na verdade).

          • Sim, esse é meu planejamento, manter meu HD atual com um disk caddy.

          • Se você tem jogos, deve ser difícil mesmo. Se não, e tiver um espaço bom na nuvem, funciona de boa. Meu MacBook Pro tem 128 GB e com mais 50 GB do iCloud, consigo guardar tudo e deixar um espaço de folga para futuros arquivos.

          • Hmmm entendo… como eu falei abaixo, minha intenção é comprar um disk caddy pra colocar o HD tradicional no lugar do drive de CD. Mas aí não iria aproveitar do maior benefício do SSD…

          • Como meu SSD é pequeno e só tem 111 GB disponíveis, eu só instalo os programas, dois joguinhos que mais jogo e windows nele. O resto fica num outro HDD mesmo.

        • Aldo Cintra

          Falando em SSD, estou pensando em pegar um da China.
          Não lembro de foi na Gearbest ou no Aliexpress que vi um de 120gb por R$ 150,00.
          Alguém já comprou SSD de lá?
          Compro coisas da China há uns 8 anos, até meu HD externo 500gb comprei de lá, e tudo OK até hoje. Mas SSD nunca comprei delá.

      • Louis

        Compre um ssd e seja feliz.

    • Rodrigo

      Comprei só um fone AKG Y30, foi na Black Friday mas ele já estava com preço baixo antes. Não achei muita informação dele na internet, mas queria um fone razoável, dobrável para viagens e barato. No lançamento custava 100 e poucos, paguei 89. Já está 99 na walmart mesmo. Tava quase pegando o famoso AKG K414P, mas li muitos reviews de que o fone é desconfortável, e quero algo confortável, para viagens.

      E foi só isso. Estava de olho em SSD pro meu notebook, mas deixei pra lá, pois não uso mais tanto o notebook assim.

      E de resto, não estava precisando de nada mesmo, então nem tava acompanhando. Até apareceram uns celulares a preços bom, mas precisava trocar urgente o meu em julho e não dava pra esperar.

      • binho_0

        Acho q houve tb um balde de água fria no ímpeto do consumo de quem acompanha mais de perto preços no varejo online. Agora, aquelas cenas de pessoas brigando por televisores eu não se é algo pra valer (a tv tava por menos da metade do preço) ou se a galera fica mais louca ainda nesses eventos coletivos.

    • Bruno Cavalcante

      Aqui foram:
      – Mouse Logitech G302;
      – Headset HyperX Cloud Stinger;
      – Case CoolerMaster MasterBox LITE 3;
      – 2x memórias HyperX FURY 8GB 2133Mhz;
      – Processador Ryzen 5 1600 3.2 GHz;
      e mais algumas coisas menores como coolers extras para o case, mousepad, etc. Tudo para uma máquina nova que estou montando.

      Acho que essa foi a primeira black friday que eu realmente aproveitei.

    • binho_0

      joguinhos rpg para ps3, um mixer vertical turbinado, livros (uma caralhada de livros, mas parte foi na feira da usp essa semana) e umas coisas pra casa. oferta mesmo acho q nem teve, viu? ia comprar um celular pra esposa, um samsung a5 2017, e desisti. tava o mesmo preço de antes. fiasco essa BF 2017.

  • Reinaldo Santos

    Estou aqui lendo o post livre #104 e, de repente, e-mail do Ghedin!! Cumbucagate no meu e-mail? Não, e-mail especial do que rolou no MdU durante a semana. :-D

  • @ghedin:disqus, assinei a Gazeta pelo desconto do Manual, minha dúvida.
    As propagandas continuam aparecendo tanto nos textos como pop-up, é isso mesmo?
    Vejo no cabeçalho que estou logado no sistema.

    • Sim. A área responsável por essa inconsistência já está ciente dela, mas não sei estimar quando o problema será resolvido :/

      • Boa, outra coisa que tá ocorrendo.
        Eu acesso muito pelo smartphone, Nexus 6P, Android 8.1 beta via Opera. E agora que entrou na Gazeta não Manteigas meu login no Disqus. Toda vez que volto ao site, que fica aberto no navegador, eu preciso relógio para comentar.
        Um pouco incômodo por que não acontecia antes.

        • Também estou tendo esse problema vez ou outra. Ainda não comuniquei o pessoal de P&D, mas farei isso.

      • binho_0

        Tá dando inconsistência no texto de alguns colunistas tb. Avisa o pessoal aí, por favor.

  • Vitor RC

    Whatsapp deu pau de novo… Levanto uma questão:

    Tenho 125 contatos no Allo (mesmo sem ninguém nunca far dele), 494 no whatsapp, 179 no Telegram, 5 no Signal…

    Vocês consideram esses outros apps como alternativa normalmente ou só qnd o zap dá zica?

    • David Marquardt

      Eu uso normalmente mas não tenho mais que 5 ou 6 contatos no Telegram, os outros tem conta mas não são ativas.

    • Acredito que a maior alternativa pro Whatsapp hoje em dia é o Messenger (do Facebook). Embora nem todo mundo tenha o app dele no celular, é mais fácil achar alguém online lá do que no Telegram.

    • Rodrigo

      Signal eu uso só para falar com um grupo específico de amigos, nem é alternativa, é a forma de contato com eles (mesmo eles tendo whatsapp e tal).

      Uso o hangouts com pouquíssimas pessoas, mas só no PC, e, raramente, pelo android também.

      O que normalmente uso como alternativa é o Messenger Lite do Facebook. Telegram nem instalei, Muito menos o Allo. O Duo veio instalado por padrão, desativei.

      Edit: Por mim eu continuaria usando o SMS de boas, mas, quando ele era a principal forma de comunicação por texto, queriam cobrar uma facada por sms, aí a galera migrou por whatsapp e o resto é história.

      • Uso que que exclusivamente o Telegram.
        O WhatsApp tá instalado ainda por que tenho um grupo com meus primos e não consegui levá-los ao Telegram, mas a família já fala comigo por lá também.
        Tem o trabalho que usa WhatsApp, mas não é oficial então assim que trocar de aparelho não instalo ele e verei como fica a vida. 😛

        O @ghedin:disqus faz a maratona dele pró Signal sempre que dá pau no WhatsApp e levantei isso num grupo de tecnologia (no Telegram, ok) e mandaram dois textos que estou lendo.

        Vou encaminhar aqui com os comentários de quem passou o texto e deixar para futuras discussões já que ainda não terminei as leituras.

        “eu acreditava nisso [fato do Signal possuir a melhor criptografia, comentário meu @dalbo1201:disqus) . mas Durov comentou sobre a investida do FBI pra cima dos devs do Telegram, e aproveitando o artigo de um site, comentou da relação proxima do Signal, especialistas e agencias americanas.

        aqui o post dele, contem o link pra materia
        https://t.me/durov/59

        “e Durov profetizou que em até 5 anos vão achar um backdoor no Signal.
        ele diz que aposta 1 milhão de dolares nisso. 1:1 se alguem quiser peitar haha
        https://twitter.com/durov/status/872891017418113024

        • O código-fonte do Signal é aberto. O do Telegram, não, e ele não criptografa as conversas de ponta a ponta por padrão.

          Sei lá, os dois são muito bons, mas não vejo motivo para desconfiar do Signal. Parece-me que o Durov está numa campanha forte de FUD contra o Signal.

          • Vitor RC

            Você consegue usar diariamente o Signal mesmo faltando um monte de features comparado com os outros?
            Tentei usá-lo esses dias, mas não deu muito certo. Pra mim ficou bem claro que tem várias ideias e elementos de design que ele pega do Telegram.
            Eu entendo que ele é seguro, mas a experiência não é ideal ainda. Por enquanto prefiro continuar no Telegram, que tem as melhores features e melhor estabilidade, maturidade.

          • Consigo sim. Do que você sente falta que os outros têm e ele não?

  • Acabei de ver que o iPhone X está em pré-venda aqui no Brasil, por aquele singelo valor de 7k reais… daí queria perguntar… quais são as razões que levam alguém a pagar esse valor por um celular, racionalmente? Sim, porque eu estou supondo que se eles estão vendendo por esse preço, é porque tem alguém que compre…

    • Quem tem muito dinheiro? R$ 7 mil é relativo — se você tem uma renda muito alta, esse valor se dilui proporcionalmente. Alguém que ganhe R$ 30 mil mês, por exemplo, banca R$ 7 mil por ano em celular.

      • Não sei, isso tá muito fora da minha realidade… Mesmo que eu ganhasse 30 mil num mês, eu ainda consumiria com racionalidade… o que inclui não pagar essa quantia num telefone que oferece praticamente o mesmo de um pela metade do preço.

        • Ah sim, mas certamente você gastaria mais com outras coisas tão supérfluas quanto, mas que te agradam. Ou que são mais confortáveis. Ou… sei lá. O que leva alguém a gastar R$ 7 mil num iPhone X é a soma de disponibilidade financeira e interesse no objeto.

        • David Marquardt

          Exato, acho que é fora da nossa realidade mas vários valores se diluem. Então fica difícil de ver mesmo.

      • Faz sentido em parte, se eu ganhasse 30 mil por mês, compraria o telefone quando tivesse passando minhas férias no 1º mundo. =P

      • Rodrigo

        Considerando esse cenário, esse indivíduo gastaria cerca de 23% da renda mensal com telefone. Considerando uma pessoa que ganha R$ 3000, seria o equivalente a ela comprar um telefone de R$ 700. Nesse caso, não é um cenário tão absurdo.

        É claro que pode-se argumentar que o aparelho de R$ 700 tem “quase” as mesmas características que um de R$ 7000. Porém, um Camaro e uma Ferrari, ambos tem motor, 4 rodas, motor potente, conforto etc… Mas olha a diferença de preços. E tem quem compre.

      • binho_0

        Mas esse salário é de escravo…

      • binho_0

        Dá pra administrar São Paulo (a cidade) com um iPhone X?

    • Louis

      Quem tem dinheiro pode comprar sem esse questionamento de meros assalariados (infelizmente, esse não é meu caso).

  • Leonardo Gonçalves de Souza

    Alguém aí já foi pra Barcelona, Madri, Lisboa e Porto? Tô indo em breve, então qualquer dica do que (ou não) fazer é muito bem vinda :D

    • Frederico

      Barcelona: Sagrada Familia e o parque Guell

  • Ainda sobre Black Friday, estou indignado por descobrir que o [iPhone SE 128GB], foi vendido no dia 24/11 por R$ 1400,00 reais, sendo que o preço normal dele é de pelo menos 2000 reais, e eu perdi essa oferta.

    Não acredito!!!!
    Black Friday do ano que vem vou acompanhar uns 10 canais diferentes de ofertas.

  • Galera, realizei meu sonho (conforme dito em algum “mostre sua mesa” aqui
    no MdU) e tô agora com um monitor ultrawide. A impressão que fica é que
    eu nunca mais usarei um programa em tela cheia de novo. =D

    Se você também comprou um monitor nessa black friday, recomendo este site
    para calibrar as cores, brilho, gamma, contraste e nitidez do monitor:
    http://www.lagom.nl/lcd-test/all_tests.php =)

    • David Marquardt

      nossa a tela do meu notebook é uma porcaria pq tá descalibrada em todos os testes :(

      • O pior é que acho que notebook nem tem muitas opções pra mudar isso, né? Entra no site e tenta corrigir usando o “Calibrate display color” do Windows.

  • Aldo Cintra

    Galera, tenho, há 7 anos e 4 meses, um note velho de guerra mas que me atende de boa ainda para o meu uso (séries, filmes, office e tal, uso doméstico mesmo).
    É um CCE T35L com a seguinte configuração de fábrica: Intel® Core™ i3-330M 2.13Ghz, 3GB (2+1), 500GB. (antes que alguém pergunte, gostei muito desse note, antes tinha preconceito com CCE, mas na época que comprei, era a melhor configuração que conseguiria por aquele valor).
    E foi essa configuração usada até semana passada.
    Acontece que comprei uma RAM de 4Gb de um amigo e coloquei no note, substituindo a RAM de 1gb. Assim fiquei com 6gb de RAM (4+2).
    Formatei o bichinho, instalei W7 64, desmontei praticamente inteiro e limpei todo por dentro.
    E vou trocar a pasta térmica (nunca foi trocada, está seca) esta semana, já comprei.
    Melhorou bastante em comparação ao que tava. Está bem mais siliencioso (acredito que também por conta da limpeza interna dele).
    E assim sendo, me empolguei no upgrade e como não pretendo trocá-lo por enquanto, estou pensando em colocar um SSD 120gb nele, no lugar do HDD. E pegar esse HD 500gb que veio e colocar numa case, transformando-o em externo.
    Vi esse SSD no Aliexpress, e vai me sair por uns R$ 160,00: https://pt.aliexpress.com/item/SSD-SATA3-2-5inch-60GB-120G-240GB-480G-Hard-Drive-Disk-HD-HDD-factory-directly-KingDian/32645451815.html?spm=a2g0s.8937460.0.0.Kpz1LS
    Enfim, o que acham disso?
    Desculpem o tamanho do texto.

    • binho_0

      Preço muito interessante desse ssd. Tomara q seja confiável essa marca! E parabéns por dar sobrevida ao equipamento ao invés de comprar um novo. Eu fiquei tentando a trocar de notebook, mas resolvi mantê-lo. Vou ver até qdo ele aguenta.

    • Roderico

      O salto de performance que você vai ter trocando um HDD pelo SSD é impressionante. Fiz isso em um macbook white de 2009 e é como se tivesse comprado um computador novo. Vai sem medo!

  • Pierre Diniz

    Aos jovens usuários de xiaomi e cia, alguém já fez seguro desses aparelhos? As seguradoras aceitam? Que documento posso usar como comprovante da compra, já que as lojas chinesas não emitem NF?

  • Uma sugestão de pauta fria para o @ghedin:disqus ou blogueiros/jornalistas interessados:

    por onde andará a velha guarda da blogosfera brasileira?

    Acho que já toquei no assunto em algum momento por aqui mas é algo que sempre me deixa curioso: até uns oito, dez anos atrás havia uma interessante cena blogueira nacional, no limiar entre o amador/improvisado e o profissional. É como se tivéssemos quase um fenômeno similar (ou prestes a se tornar similar) à cena de blogues como Kottke.org, Daring Fireball, Longform, BDLG BLOG, entre outros (embora todos esses hoje sejam muito mais profissionalizados, ainda que continuem sendo essencialmente blogues pessoais ou de grupos).

    Independente da qualidade ou do posicionamento político (com o qual eu eventualmente discordava de alguns dos que citarei), era uma espécie de “rede social” informal que se estabelecia nas caixas de comentários de blogues como esses: LLL, Pedro Doria, Tiago Doria, O Hermeneuta, NPTO, Ao Mirante Nelson, Rafael Galvao, Pensador selvagem, Interney, Pensar enlouquece, Panoptico, Catatau, Livros e afins, entre outros.

    Até mesmo os blogues políticos mais partidarizados (que, em geral, eram mais rasos e às vezes até muito ruins, como o do Nassif ou o velho e desprezível blog do Reinaldo Azevedo), tinham uma graça/amadorismo que parece que desapareceu (embora ache que o péssimo Antagonista mantenha algo dessa graça).

    Alguns daqueles blogueiros assumiram posições como colunistas na grande imprensa, outros juntaram-se a grandes e médios portais. Outros simplesmente desapareceram e apenas alguns ainda continuam publicando vez ou outra.

    Digo tudo isso porque acho o Manual do Usuário um legítimo herdeiro dessa tradição, mantendo suas virtudes e corrigindo seus muitos erros: mantém a dose certa de informalidade e “amadorismo” (entre aspas, obviamente, pela evidente qualidade do trabalho do ghedin e colaboradores) ao mesmo tempo em que é repleto de profissionalismo e cuidado. Sinto falta, contudo, de mais “Manuais”, sobretudo em outros assuntos.

    PS: acho que o avanço do facebook também tem a ver com o fim dessa cena. Curiosamente, todos esses blogs conviviam muito bem com o Twitter.

    • Frederico

      Até ler seu PS já ia comentar sobre o FB
      E é esse um dos poucos motivos de ainda ter FB, porque ainda quero ler alguma coisa de certos autores e parece que os blogs desses viraram mais um portfolio do que a própria expressão em si.

      Aproveitando, quais blogs ou blogueiros de fb vc le relacionado à arquitetura/urbanismo/cidade afins?

      • Confesso que não costumo frequentar blogs do tipo archdaily. Gosto do Places e do Design Observer, mas eles são mais acadêmicos. Com caráter mais jornalístico, tem coisas tipo Curbed, WebUrbanist, Metropolis Magazine, Atlas Obscura, Gothamist, etc. Acho que o que tem mais cara de blog mesmo é o BDLG BLOG (tem também o Life of an Architect, mas gosto menos desse). Mas acho que a maioria não encaixa mesmo como “blog”, né?

        Já o cenário nacional eu acho lamentável. Fora o Vitruvius e sites como o Urbanidades (já consolidados e conseguindo equilibrar bem conteúdo acadêmico e jornalístico), não conheço nada realmente bom que dure mais do que alguns meses ou poucos anos.

        Com exceção de alguns poucos bons blogs mantidos por acadêmicos (como os da Raquel Rolnik, Cidades para quem?, etc), a maioria dos blogs e sites brasileiros de arquitetura é simplesmente ruim. Por exemplo: acho bem significativo que isto seja uma lista dos supostamente melhores blogs de arquitetura no brasil (http://www.biancogres.com.br/blog/os-10-melhores-blogs-de-arquitetura )

        O que você acompanha?

        PS: deixo aqui também a propaganda de um blog que uso há anos para despejar algumas anotações pessoais: https://arquiteturaemnotas.com

        • Frederico

          Ótimo porque esperava mesmo uma resposta que fugisse de archdaily e esses blogs de catálogos (não nego a importância, mas quero conhecer algo diferente) e fosse mesmo pro lado jornalístico ou acadêmico. Não sou apegado a uma definição de blog, acho que já virou palavra mudana para sei lá, site cujo conteúdo é identificável numa lista de ordem cronológica — então qualquer indicação de site com texto já serve para mim. Gostei bastante desse Atlas Obscura.

          Queria apenas que o vitruvius contrasse alguém para revever a ID visual deles… courier new, pouco contraste, ui/ux de corno… terrível, apesar do ótimo conteúdo colaborativo.

          Diria que acompanho mais o caosplanejado mesmo e a própria revista da fau-unb https://www.facebook.com/arquirevistadafauunb/ quando tem algum texto

          PS: salvei vários textos para ler depois no kindle

          • O projeto gráfico do Vitruvius seria excelente e inovador para a web de 1995…

            Eu chego a sentir raiva de ler os textos deles por causa daquela courier new horrorosa.

            Sem falar que a coisa toda fica inutilizável no celular.

    • binho_0

      ótima análise, gabriel. sinto muita falta de boas leituras q fazia em alguns blogs… coincidentemente ou não, eram todas leituras q antecederam as redes sociais. acho q as redes causaram uma grande erosão nessa massa de pensamento (nos níveis q vc indica me arrisco a dizer) e o desvio de autores para a grande mídia tb teve sua contribuição (nem sempre negativa, diga-se).

      por outro lado, passei a frequentar mais as livrarias e ir atrás de leituras de fôlego ao invés dos textos relativamente curtos dos blogs. se essa for uma contrapartida, ok, acho q compensou pra mim em termos de ganhos pessoais, mas a ausências desse tipo de blog q vc fala certamente vai deixar de formar novos leitores e pessoas (cidadãos) críticos ou com interesse num pensamento crítico.

      • A migração para os veículos tradicionais de mídia de fato teve repercussões positivas, mas acho que a velha mídia não se contaminou o suficiente. É uma pena.

        • binho_0

          Não se contamina, afinal ela é imune.

    • Sinto falta de outros “Manuais”, mesmo dentro da área de tecnologia. Os de tecnologia se esforçam muito para serem parecidos com jornais — em alguns casos, como o Tecnoblog, conseguem ser melhores — e aqueles espaços com opinião, para repercutir em vez de dar a notícia, fica vago. Sinto-me sozinho quando quero debater um assunto com outros blogs, coisa que nos Estados Unidos é possível. Mesmo blogs que cresceram e assumiram uma postura decididamente profissional, como o TechCrunch, ainda guardam bastante espaço para ESSAYS e conteúdos mais opinativos.

      Desse povo que você citou, acho que só o Rafael Galvão continua na ativa e com regularidade. E, sim, acredito que as redes sociais pulverizaram a cena de blogs. É uma pena. Obrigado pela sugestão!

  • Frederico

    Eleições se aproximam. Não bastasse não haver nenhum candidato bom (apesar que a regra do jogo é essa), mais que nunca as equipes marketeiras usarão o marketing digital em todas as formas possíveis. Já começaram a aparecer posts pagos com Bolsonaro no meu instagram — ou é falha do algoritmo, pq to longe de ser target eleitoral dele ou o algoritmo mesmo é irrelevante a partir de certo preço.

    • Louis

      É uma grave exagero você fizer que não existe um único candidato bom.