Post livre #129

Por
1/6/18, 13h17 1 min 139 comentários

Sexta-feira no meio do feriado ainda é sexta-feira! Com um pouco de atraso, está aberto o post livre deste fim de semana.

Compartilhe:
  • Frederico

    Nas cidades de vocês a galera ainda tá fazendo filas em postos?

    • Drax

      Sim, aqui em SC o abastecimento está fraco ainda. Acho que foi o último estado a abandonar a greve

    • binho_0

      passei por postos e só vi algo q parecia uma fila na rua augusta, terça feira. fora isso, nada de estranho aqui em sp.

    • luis

      Pior que sim, mesmo com os postos atingindo um nível regular. E sabe porquê? Aquele boato maroto de whatsapp.

  • binho_0

    aproveitei uma promoção da kabum esses dias para um teclado mecânico da redragon e, olha, gostei de escrever nele. é um kumara switch outemu brown. fiquei hesitante entre esse e um outemu red, mas como não sabia muito a diferença real de um para outro… fui na onda dos reviews gringos e gostei. mas é barulhento e temia incomodar demais a esposa com ele, mas por sorte ela gostou e agora quer um tb.

    • O backlight é só vermelho?

      • binho_0

        só, mas tem o colorido tb. esse eu paguei 167. pena q aumentou… vou esperar uma nova promoção. é realmente prazeroso escrever nele. é uma volta aos tempos dos antigos IBMs. tô pensando em instalar windows 95 agora.

        • É um custo-benefício bem bom! Queria um que tivesse os desenhos das teclas compatíveis com o macOS. Nunca vi nenhum à venda no Brasil.

          • binho_0

            acho q dá pra trocar as keycaps por coisa correspondente. mas sou totalmente leigo nisso. pelo q vejo o pessoal falando, deve ter gente com pós-graduação nessa coisa de teclado mecânico. vc deve procurá-los.

          • Eu queria um Das Keyboard 4 Professional, mas não tenho ideia de como comprar no Brasil: https://www.daskeyboard.com/daskeyboard-4-professional-for-mac/

  • binho_0

    governo cortará na educação, na saúde e… nas estradas pra bancar o desconto no diesel. sinceramente, apenar um governo irresponsável faria algo assim.

    ontem aproveitei pra ver o documentário ‘o processo’ da maria augusta ramos e rememorar a palhaçada do golpe… não há surpresas no documentário e faltou uma pegada mais crítica em relação ao q o pt fez para evitá-lo.

    enfim, estamos numa baita canoa furada com esse governo.

    • Paulo Pilotti Duarte

      Um exemplo didático do famoso “capitalizar os lucros; socializar as perdas”.

      Mas, não é como se até as pedras da rua não soubessem que o subsídio do diesel não fosse ser pago pelo contribuinte na forma de impostos e cortes na nossa precária rede de sustentação social. E também não é como se isso não fosse o exato objetivo daqueles patrões que fizeram e mantiveram o locaute.

      • Drax

        O Temer foi malandro, isso sim. Ele vetou o trecho da lei que zerava o PIS/COFINS e vai dar a redução do diesel através de subsídios.
        Ele fez isso porque seria muito mais difícil aumentar o PIS/COFINS posteriormente, pois isso dependeria de uma nova lei. Além disso, o aumento somente teria validade após 90 dias da aprovação da lei, conforme princípio da anterioridade.

        • Paulo Pilotti Duarte

          Eu nem sei como ele fez, por isso nem entrei no debate sobre.

          Me guio pelo que saiu hoje no Meio (do Pedro Dória):

          “Aos poucos vai ficando clara a matemática para fazer funcionar a redução de 46 centavos do diesel por dois meses. O custo final de subsídios e cortes de impostos, calculado pelo governo, será de R$ 13,5 bilhões. Parte do dinheiro virá do programa de fortalecimento do SUS e, outra, do programa para reestruturar universidades públicas. Sofreram cortes, igualmente, a Polícia Rodoviária e o Ministério dos Transportes terá de se virar com o impacto em 40 obras. Foram aumentados os impostos sobre a exportação de produtos industrializados, além da folha de pagamentos de inúmeros setores que voltou a ser onerada.

          E ainda assim… As três maiores distribuidoras de combustível do país — BR, Raízen e Ipiranga — têm reunião marcada com o ministro das Minas e Energia, Moreira Franco. Dizem que, na ponta, só têm como abaixar em 41 centavos — e não os 46 prometidos — o preço do diesel. É porque, por lei, 10% de sua composição é biodiesel, cujo valor permaneceu intocado. Os executivos temem, também, uma guerra na fiscalização dos postos de estrada. (Estadão)”

          • Drax

            A matéria também não disse como ocorreu. Ao invés de baixar o imposto ele vai tirar o dinheiro dos cofres e pagar parte do combustível á Petrobras.

          • Paulo Pilotti Duarte

            Por isso que eu disse que não sei =D hahahaha

        • Um monte de serviços sociais sofrerá para subsidiar o diesel. A coluna do Bernardo Mello Franco traz alguns insights: https://blogs.oglobo.globo.com/bernardo-mello-franco/post/governo-tira-do-social-e-ignora-licoes-da-crise.html

          • Drax

            Mas é óbvio. É a população ainda apoiou isso, sendo que nos vamos pagar a conta

    • Drax

      Estão nessa de golpe ainda? Como cidadãos não deveríamos permitir a impunidade de prática de crimes de responsabilidade e de crimes de qualquer outra espécie.

      Sobre os cortes, cortaram onde não doem para eles, obviamente. Nada diferente dos governos anteriores. Temos que reduzir a máquina pública urgentemente, principalmente cortando cargos comissionados e benefícios desnecessários (carros, transportes, motoristas, auxílios e etc.)

      • Paulo Pilotti Duarte

        Pode cortar quanto carro quiser, o problema não é esse. Esses penduricalhos não fazem nem cócegas no orçamento da união (assim como a corrupção). Um bom ponto a se cortar são as pensões de militares e filhas de militares, mas, mesmo assim é muito pouco (R$5 bilhões se não me engano) frente ao que se tem de dinheiro no Brasil.

        O grande problema do Brasil sãos os grandes sonegadores (empresários que devem bilhões pra receita, previdência e justiça trabalhista) e a nossa baixa arrecadação per capita (que ocorre porque baseamos a nossa matriz tributária em consumo e não em renda). Um exemplo disso é que temos uma arrecadação per capita menor que o Uruguai.

        A máquina pública brasileira é relativamente enxuta (temos menos funcionários públicos do que EUA e quase todos os países da OCDE) e só se torna onerosa em dois poderes principais: legislativo e judiciário.

        Soa muito “bonito” falar de corrupção, corte de salários/ajudas aos juízes e deputados, mas, sendo pragmático, isso não influencia em nada no orçamento e o corte não geraria muita economia, seria mais uma pirotecnia pra ganhar votos (aka “populismo at his finest”).

        Quer melhorar o país? lute por uma reforma tributária de fato, que onere dividendos, herança e grandes fortunas. Sem isso o Brasil sempre vai ser um país de poucos e o povão massa de manobra de grandes empresários e super ricos.

        • Drax

          Concordo contigo. Foram só exemplos e ainda que os valores sejam baixos devem ser cortados juntamente com as citadas pensões e etc.

          Não acho que o fato de o corte resultar em redução inexpressiva dos gastos seja desculpa para não o fazer.

          A reforma tributária seria de grande ajuda, principalmente se reduzisse a tributação sobre o consumo, focasse na tributação sobre a renda e simplificasse a tributação.

          • Paulo Pilotti Duarte

            Não digo que não se deve fazer, lógico que devemos, mas não é esse o foco principal. A pauta principal deve ser essa questão tributária e a transversal o corte de privilégios.

          • binho_0

            os privilégios são mais simbólicos do q onerosos. é claro q é revoltante o custo deles, mesmo sendo pouco, pq esse pouco poderia ter melhor destino. mas, de fato, é a parte menos vultosa dos gastos públicos… mas eu sou totalmente contra privilégios e gastos públicos desnecessário. infelizmente o fim deles, de todos eles, não resolveria nem um centésimo dos nossos problemas estruturais.

          • Paulo Pilotti Duarte

            Claro. Também sou contra privilégios e contra as ilhas que se formaram no serviço público (com FG, CC no executivo e basicamente toda a carreira judiciária e legislativa não eletiva).

            Mas, precisamos ser pragmáticos e não vender a ideia fantasiosa de que o grande problema do Brasil são esses privilégios, corrupção endêmica ou mesmo o auxílio moradia do juiz. Isso é um problema ético e não econômico. O problema econômico é ainda mais simples (tributamos mal e muito quem não tem como pagar e condenamos o Estado a ser deficitário e ausente onde ele mais faz falta justamente para proteger rico investidores e empresários que tem medo de assumir riscos ou que acreditam que valem mais do que os outros porque tem pais/avós ricos.).

          • Hilton Daniel Gil

            Exatamente, o que em deixa surpreso é como não há uma divulgação que consiga fazer a massa entender isso e cobrar dos representantes. Ninguém fala em reforma tributária.

      • binho_0

        poxa… claro q foi golpe. isso não tem nem o q discutir, pq os caras assumiram isso publicamente. michel assumiu isso publicamente tb.

        mas o caminho é o inverso disso, cara. presta atenção numa economista q está despontando nas paradas: laura carvalho. ela tem dado a real sobre esse assunto de maneiro muito clara.

        • Drax

          Prestar atenção numa economista dando opinião em assunto jurídico?

          O fato de a oposição querer retirar ela não torna golpe por si só. Só aproveitaram a situação, já que ela cometeu crimes que permitem sua retirada do cargo, e o fizeram

          • Paulo Pilotti Duarte

            Mas não é um assunto jurídico e sim político.

            O golpe foi desfraldado. Alguns podem chamar de outro nome (“golpe branco”) e todo mundo percebeu isso com o passar do tempo, se apegar ao “legalismo” de dizer que ela cometeu um crime (existe controvérsias ainda sobre isso) de responsabilidade fiscal é de um preciosismo que não é encontrado em nenhum outro local.

            E nem tem como pedir que se condenem aqueles os outros mandatários que fizeram o mesmo porque deixou de ser crime passível de cassação assim que a Dilma saiu. E mais, a prova cabal do golpe é não terem cassado os direitos políticos dela e permitirem que ela saía para o senado esse ano (contra o Aécio em MG).

            Político é social/humanas, assim como direito, não tem como ser tão incisivo e não analisar o todo antes de cravar qualquer avaliação. Boa parte daqueles que dizem não ser golpe estão ideologicamente comprometidos, esse é o problema (e pode-se argumentar o mesmo daqueles que dizem que foi, porque essa narrativa é bipolar).

            Enfim, pode dizer o que for mas pelo menos construa um raciocínio melhor do que “está na lei” porque a lei é um capacho do poder econômico e já permitiu, entre outras coisas, que usássemos serem humanos como moeda/propriedade.

          • Drax

            Pra mim é bem simples e o fato de estar na lei não torna meu raciocínio ou fundamento inválido ou fraco.
            A lei serve justamente para manter a ordem.
            É um crime e deve haver punição, simples assim. A única diferença é que esse crime é julgado pelo legislativo. Óbvio que no julgamento vai entrar interesses políticos e individuais. Porém isso não exclui o crime. Tanto é que sem ele não poderia haver o “golpe”.
            Ressalto aqui que quanto aos políticos e aos crimes por eles praticados que “estão na lei” eu sou totalmente punitivista. Sou totalmente contra aceitarmos e engolirmos que nossos representantes estejam lá cometendo crimes.
            Na minha opinião qualquer um deles que cometa crimes deve ser punido imediatamente e com severidade e, de preferência, seja excluído permanentemente da política (nada dessa de inelegibilidade de só 8 anos)

          • Paulo Pilotti Duarte

            Esse seu país seria um caos e por sorte ele não existe.

          • Drax

            Aham, senta lá. Até pq o nosso é um exemplo de ordem e civilidade
            Pelo jeito você busca anarquia

          • Paulo Pilotti Duarte

            Anarquia != caos.

            Mas nessa você acertou, essencialmente eu sou anarquista.

      • binho_0

        a propósito da laura carvalho, ela recomendou um livro chamando ‘estado empreendedor’, o mesmo q o @paulopilotti:disqus já havia sugerido aqui há algum tempo falando do papel fundamental do estado pra financiar pesquisas q o setor privado tem medinho de assumir, pq, olha só vc, existe risco. capitalistas com medo do risco… isso sim deveria ser revoltante, não?, para quem se diz liberal pelo menos.

        • Paulo Pilotti Duarte

          Esse livro é obrigatório para entender a dinâmica econômica moderna e obliterar alguns mitos do liberalismo tardio que a gente vive por aqui (principalmente o do empresário como único gerador de pesquisa e inovação).

          • binho_0

            do mito da caverda de platão ao mito da garagem de steve jobs. estamos feitos!

          • Paulo Pilotti Duarte

            Adoro esse mito da garagem. Parece que um ser iluminado saiu de dentro do útero materno já predestinado a ser o nosso salvador.

            Destino manifesto versão 2.0. Digital e com lasers.

        • Drax

          Bebeu o que?

          • Paulo Pilotti Duarte

            Recomendo você ler o livro citado, “O Estado Empreendedor” da Mariana Mazzucato.

            Também recomendo “A Valsa Brasileira” da Laura Carvalho, economista da equipe do Boulos.

            E também recomendo dois do liberal Eduardo Gianetti: “Trópicos Utópicos” e “Vícios Privados, Benefícios Públicos?”. Esse economista, da escola liberal mais clássica, faz parte da equipe econômica da Marina Silva.

    • tuneman

      estava até comentando algo assim com minha mulher.
      eu não me comovi muito com a greve, pois acho ela muito ingênua….
      o pessoal só preocupa-se com o que lhes machuca no momento atual: o preço dos combustíveis, mesmo mostrando que nossos valores não são dos mais altos do mundo.
      no entanto ninguém erguerá um dedo para fazer algo similar por educação ou saúde, mesmo esses sendo muito mais importantes para o futuro de si mesmos e seus descendentes.

      • binho_0

        exatamente. imagina essa comoção por esses bens maiores? seria ótimo e as coisas poderiam melhorar. infelizmente as pessoas estão embarcando no ‘menos estado’ e isso vai arruinar ainda mais a vida delas.

  • Drax

    Alguém acompanhou o lançamento dos novos smarts da xiaomi, o MI8 e variantes? O que acharam (excluindo o fato de ser exatamente igual o iphone)?

    • Matheus De Sena

      Acho que se o dólar baixar um pouco, e as lojas fizerem promoções, o Mi 8 SE vai ser o novo “queridinho” da galera que importa aparelhos da China.

      É um intermediário premium que parece valer muito a pena, principalmente para quem quer um aparelho com ótimas configurações, mas sem ter que pagar um rim pra isso.

      • Drax

        Seria meu preferido também. Só não curto o sensor na traseira. Dependendo do preço eu devo migrar para os novos huawei.

    • Louis

      Prefiro os intermediários básicos da Xioami.

      Troquei meu Note pelo Redmi 5 Plus e o aparelho é bem melhor que a smart caro da Sammy.

  • A Sony Pictures tá mal das pernas; cancelaram o desenvolvimento do reboot de O Corvo, abriram mão de distribuir Slender Man, que passou para a Netflix, e removeram Silver & Black do calendário de lançamentos.
    Esses estúdios grandes estão sentindo a água batendo na janela, e a pressão pra que seus blockbusters rendam cada vez mais fortunas em bilheteria anda bem grande.

    • Paulo Pilotti Duarte

      Daqui a pouco surgirá outro gênero para tomar o lugar dos heróis e esses estúdios que outrora estavam/estão falindo se recuperam. É o ciclo da vida.

      Ou são comprados pela Disney.

      • Acho que o problema é mais embaixo; talvez estejamos testemunhando uma mudança de paradigma. Vários desses estúdios não tem conseguido a rentabilidade da Netflix, independente de se fazem ou não filmes de super-heróis ou outros block busters. Não é a toa que a Disney quer comprar a Fox e criar seu próprio serviço de streaming e que a Warner criou o DC Universe, pois pode ser que daqui a alguns anos esse modelo de negócio dê mais retorno do que cobrar caro por ingressos para filmes 3D em salas especiais.

        • Paulo Pilotti Duarte

          Filmes 3D tem que acabar.

          • James Cameron não curtiu seu comentário. Aliás, ele tá alardeando por aí que seus próximo quatro Avatar mais uma vez revolucionarão o cinema com novas tecnologias 3D… Já tô imaginando os ingressos a R$60. Eu não pago pra ver (até porque Avatar é chato pra cacete).

          • binho_0

            nunca vi 3d e nem quero… tem q acabar mesmo. tranqueira… faz o povo passar mal, vomitar e deixar a sala cheirando azedo.

          • Nunca vi ninguém passando mal por causa de filme 3D. No máximo, vi pessoas reclamando de dor de cabeça em algumas sessões, e eu mesmo já tive dores de cabeça nas primeiras vezes.

          • Paulo Pilotti Duarte

            Na minha primeira sessão em 3D eu vomitei. Depois fui em mais duas, numa eu passei mal (dores de cabeça) e na última eu simplesmente percebi que era uma merda pagar a mais pra ver um filme com um óculos na cara e ainda correr o risco de ter enjoo.

            EDIT: Mas nada, JAMAIS, vai ser mais enganoso do que a TV 3D.

          • binho_0

            vc tá acostumado em surfar em trem. jack; eu não… eu gosto de sala de cinema de gente normal q vê louis malle, buñuel, rossellini, truffaut… se liga, meu!

          • “Gente normal”… Me parece que sua intenção com essa resposta é problematizar o entretenimento barato. Eu assisto filmes, os inteligentes e os montanhas russas.

          • binho_0

            para… se vomitar em mim o bicho pega.

          • Paulo Pilotti Duarte

            Filme 3D tinha que ter saquinho de vômito igual nos aviões.

          • binho_0

            não me arrisco a assistir, pq eu já fico enjoando lendo no metrô às vezes… quem dirá num negócio desses. e, sinceramente, não vejo como esses efeitos podem tornar uma história melhor.

          • binho_0

            fica só com os inteligentes ou deixa eles serem a maioria q vc vai ver q o mundo ao seu redor melhora uns 90%.

          • Trovadores eram considerados artistas chulos, hoje paga-se pau pra eles…
            A arte não tem limites, mesmo a “fabricada” para “as massas”. E essa é uma forma de eu dizer que não existe arte melhor; existe apenas a arte.

          • binho_0

            olha… tem o poder criativo q, sim, pode ser uma manifestação coletiva q resulte num filme, mas é raro. filmes autorais, por sua vez, buscam na linguagem cinematográfica o ponto de superá-la, testá-la, esgarçá-la… esses filmes, q têm belos efeitos e isso não há como negar, têm um roteiro de fazer chorar e interpretações ridículas q não têm como chamar de arte, pq o q tinha de criativo e poderoso ali se perdeu no intuito de fazer aquilo gerar dinheiro atendendo gostos específicos (todos previamente testados). até o grande fernando meirelles (uma pessoa interessante q passou a decepcionar pessoalmente falando) teve o seu ‘ensaio sobre a cegueira’ tolhido, pq numa cena de estupro no filme (q existia no livro do saramago o qual foi adaptado), as pessoas q assistim a sessão de teste levantaram e saíram. vc já viu ‘irreversível’, do gaspar noel? o filme é de embrulhar o estômago e, com certeza, se fosse testado com audiência nunca existiria. gaspar noel andou testando os limites do 3d, vale dizer. mas foi um dos poucos do qual tenho notícia além do godard.

            deixa um diretor/diretora cachorro louco fazer um filme de super-herói sem esses freios q a coisa muda de figura e, aí sim, poderemos ver um filme artístico pra valer. poderia ser algo próximo de um ‘oldboy’ ou coisa q o valha…

            o resto é subproduto do q o pessoal do marketing acha q é arte, infelizmente.

          • O seu ‘Oldboy’ já existe, e se chama Logan.
            Volto a dizer: a arte não tem limites, nem a fabricada pras massas. Reconheço que é natural que o desgosto por certas linguagens possa prejudicar uma melhor avaliação; eu odeio novelas, por exemplo. Mas reconheço que elas são uma forma singular como qualquer outras, reunindo varias formas de arte para sua própria composição.
            Essa arte de massas tende a ganhar força com o tempo, conforme sua popularidade cai até o desuso. Como os trovadores, um dia olharão para o passado e verão tanto block busters quanto novelas como formas de registro de uma época, e para o bem ou para o mal, essas obras representarão nosso tempo, enquanto sociedade de consumo que somos.

          • binho_0

            “malhação” a gente sabe q é uma desgraça, diferente de “rainha da sucata”… quando há bons atores, bom roteiro, uma história bem conduzida, pode ser uma nova q não tem essa. os folhetins não nos deixam mentir.

            mas algumas coisas serão esquecidas. “malhação” só será lembrada como exemplo tosco de algo tão longevo e q ninguém vai entender bem porque diabos durou tanto. vai dar nostalgia nas pessoas e… só. a nostalgia tem sustentando o retorno de muita porcaria. se houvesse uma avaliação rigorosa, para além da nostalgia, muita coisa cairia no esquecimento. em todas as artes temos exemplos de cosias q serão esquecidas e outras q vão durar, seja no gênero q for. os filmes de herói talvez deixem alguma coisa boa, mas é bem provável q ela esteja escorada na nostalgia, pq pelo q se pode observar, já com um lastro bem grande de experiência fílmicas, afinal já tem chão q o cinema existe, distinguir coisas interessantes de meros passa-tempo é relativamente tranquilo. registro de uma época é outra história. tem a ver com o q uma sociedade produz culturalmente e aí não necessariamente entra o mérito artístico, apesar de historiadores levá-los em conta.

            eu não vi “loga”, mas desconfio q não seja um “oldboy”. verei para não ser injusto.

          • Ok ok ok ok 👌🏼 agora deleite-se com essas imagens sensacionais que causariam nirvanas múltiplos em Jean Baudrillard: https://twitter.com/MomentsBrasil/status/1002649433228619778

          • E apenas pra mostrar que sim @disqus_XvHMjLGHao:disqus, eu reconheço que certas obras tem muito mais impacto e profundidade, sempre entro em um quase nirvana quando vejo esse trailer do Depeche Mode. https://youtu.be/aGSKrC7dGcY

          • Paulo Pilotti Duarte

            Você falou rainha da sucata?

            https://www.youtube.com/watch?v=wyi9XfeplvI

          • binho_0

            Hahaha. Caraca! Não lembrava dessa. É uma apunhalada no coração !

          • tuneman

            eu me arrependo de não ter visto Dredd em 3D no cinema, pois ele foi filmado com câmeras 3D.
            do resto nenhum me chamou muito a atenção.

          • binho_0

            tem um filme do godard q eu até me animei de ver, pq o cara é das antigas e fez um filme nessa linguagem, mas… nem o mestre conseguiu me atrair pra isso. sinceramente, não carece. ou o troço é realidade virtual ou deixa pra lá. os jovens talvez gostem, mas eu não.

          • Paulo Pilotti Duarte

            Avatar é uma das coisas chatas que o mundo do cinema já fez. Só saí no meio de dois filmes na vida: Avatar e Her.

            Depois acabei vendo Her em casa e gostei, mas Avatar nunca me desceu. É só pirotecnia computadorizada. E o pior é que o James Cameron vai encher o cu de grana com essa quintologia de Avatar, pode escrever.

          • Nunca assisti Her… Dizem pra mim que esse filme foi meio profético em relação às assistentes virtuais.
            Um dia eu vejo.

          • binho_0

            ainda não vi tb. e olha q sou fã do joaquim.

          • Veja! É bem legal. Ele dialoga com um assunto que é bem presente na linha do Manual do Usuário. É um dos poucos filmes que vi mais de uma vez e que veria de novo.

          • binho_0

            verei! tá na fila já um tempo.
            sou muito fã dos dois atores do filme. tirando os filmes de super herói da atriz/voz do filme, claro.

          • Paulo Pilotti Duarte

            É um bom filme de +2h que poderia ter tido ~1h30 (quase aquela reunião que poderia ter sido um email).

          • binho_0

            tem reunião q poderia ser email bem curtinho até e q nem careceria resposta.

      • binho_0

        quero saber quem vai comprar a disney!

    • No último ano fiscal, a Sony Pictures teve lucro de US$ 376 milhões, vindo de um prejuízo no ano anterior de US$ 682 milhões: https://variety.com/2018/biz/asia/sony-full-year-results-1202789954/#!

      Não sei os detalhes desses filmes, mas mudanças nos planos fazem parte do dia a dia de qualquer empresa. A Sony como um todo está numa fase muito boa após passar anos perdendo dinheiro: http://www.gazetadopovo.com.br/economia/nova-economia/na-sony-os-negocios-vao-bem-mas-ha-duvidas-sobre-a-capacidade-de-a-empresa-inovar-1wkrbwhteaas89r5ikf1t6x7z

  • Paulo Pilotti Duarte

    Tentando criar polêmica e fomentar debates, indico esse texto que questiona alguns dos argumentos que sempre surgem quando se fala de mulheres no mundo das exatas (computação, matemática, engenharias e física) e mostrando que existem diversas pressões sociais sobre ambos (homens e mulheres) partindo de uma matéria do Estado de SP sobre o o ENEM e as notas mais altas.

    https://medium.com/vinte-e-um/o-enem-e-a-desigualdade-de-g%C3%AAnero-e25ebb54c055

  • Paulo Pilotti Duarte

    Vamos manter a tradição e jogar mais um tweet do Mister Geração de Valor para apreciação.

    Vale a pena ler a thread completa e o modo como ele se esconde quando os argumentos faltam.

    https://twitter.com/GeracaodeValor/status/1002338874687934471

    • Rodrigo

      Eu até ia dar uns pitacos, mas depois da surra no Twitter nem preciso. Engraçado como o cara joga a questão e depois corre, deixando a galera no vácuo. Tipo, twitter pra que então? Faz um blog e fecha a seção de comentários, oras.

      • binho_0

        talvez ele goste de ser humilhado. pode haver, não sei, algum tipo de fetiche nisso. ele some depois da humilhação, né? então… pode ficar ocupado por um tempo.

        • Paulo Pilotti Duarte

          Ele joga pra “torcida” dele e foda-se qualquer comprometimento com o que ele diz ou faz. Depois, qualquer coisas, só soltar uma “nota” dizendo que foi mal interpretado como na ocasião do “começando do nada com 10 mil”.

          • binho_0

            sim… ele sabe q isso provoca. tem 599 corações pra essa bobagem. ou seja, tem muita gente sendo feita voluntariamente de otária.

      • Paulo Pilotti Duarte

        Ele não gosta de ser questionado. Ele tem uma página no Facebook que é quase a mesma coisa.

        Acho que o ambiente perfeito pra ele são aqueles nerdcasts que ele compra o espaço e leva um amigo pra ficar adulando ele por 1h.

    • tuneman

      nossa, essa aí foi tão estúpida que até eu fiquei um pouco mais burro!! hahahahaha

    • binho_0

      é uma fábrica de pérolas esse rapaz! caraca…

  • Gabriel Arruda

    Pessoal, já baixaram o volume no Spotify? Nunca percebi diferença nenhuma de qualidade com a parte de qualidade (FLAC, MP3, etc…), mas baixar o som deixa bem melhor o alcance dinâmico da música.

    https://uploads.disquscdn.com/images/57c8f246cd315cb8be909797caf3a617800de40ef384b3dc5940574c671e5cef.jpg

    • binho_0

      segui a dica… mas meu fone não é lá essas coisas… puxa muito pro grave. não sei se vou perceber a diferença.

    • Frederico

      Nem sabia que tinha isso

      To com um pouco de raiva do spotify porque em 2x eles deletaram todas as minhas músicas baixadas no celular. Foi um porre baixar tudo de novo.

    • luis

      Eu ia falar isso e só uso nesse modo. Se alguém aqui usa o Apple Music, a equalização “madrugada” é similar. Melhora muito o alcance dinâmico.

  • Até hoje, mantive uma postura distante dos grupos de família no WhatsApp, de me anular mesmo de quaisquer discussões lá — coloco no mudo por um ano e esqueço que existe.

    Anteontem ouvi um primo compartilhando áudios de uma suposta juíza relativizando a ditadura e incentivando pensamentos intervencionistas.

    Isso me deixou muito, mas muito incomodado. A ponto de eu estar cogitando acompanhar de perto, participando das celebrações, dos bons dias e tudo mais, mas, principalmente, para apontar os absurdos e as notícias falsas, mesmo que isso custe um climão no almoço de Natal.

    Estão usando o WhatsApp como uma espécie de Cavalo de Tróia para disseminar desinformação. A coluna do Pedro Dória fala disso: https://link.estadao.com.br/noticias/geral,o-brasil-paralelo-no-whatsapp,70002332956 Acho que esse canal foi muito negligenciado e continuar ignorando o que se passa pelos grupos é abrir mão de uma arena de debate importante demais no contexto atual.

    Como vocês lidam com os grupos de família? E quando alguém compartilha uma bobagem perigosa, o que fazem?

    • binho_0

      eu entrei e sai por conta da minha tia… ela colocou lá um porco, morto, pronto já pra ir ao prato, levando uns tapas de um corinthiano. achei aquilo ofensivo. ela colocou pra me provocar e conseguiu. se fosse um estranho, claro, teria dado de ombros… mas ignorar certas coisas de família é foda. preferi sair.

      a piauí se infiltrou já em grupo do whatsapp do mbl e recentemente do caminhoneiro. aquele figura do jornalista q se infiltra nas quebradas tipo tim lopes, correndo o risco da terrível morte q ele teve, pode ter um outro rumo agora. infiltrar-se num grupo desses pode render grandes furos.

    • Rodrigo

      Olha, eu ou minha esposa já devemos ser considerados os tretadores oficiais do grupo da família. Hahaha. Com um dos grupos de família, que tem primos, primas, tias, tios, e tendo proximidade com a maioria, eu quase sempre respondo, geralmente sério, às vezes debochando. Nas eleições de 2014 foi o ápice, com gente se mandando à Cuba e a Miami, naquele clima “cordial”.

      Quando alguém emite uma opinião absurda e desrespeitosa, sinto-me bem à vontade para retrucar. Se é fake news mesmo, só procuro links que desmintam e fica por isso mesmo. Quando há descrença quando à “comprovação”, apenas respondo o que faz acreditar no que mandou e não no que postei. Geralmente fica por isso mesmo ou entra em um loop e deixo pra lá. Na verdade meu objetivo nem é atingir a essa pessoas, mas aos outros do grupo.

      • binho_0

        mas vc não acha q gasta um tempo precioso nisso? Pesquisando e tal?

        • Rodrigo

          Então, normalmente menos de 5 minutos de google resolve a maioria dos casos. E não é como se eu não tivesse um tempinho sobrando.

    • Paulo Pilotti Duarte

      Eu estava num em que eu não falava nada. Fui assaltado e tive que mudar de número e, por sorte, se esqueceram de me colocar de novo no grupo. Fiquei imune a todas essas anormalidades que o pessoal anda relatando nos últimos 2 anos.

    • Drax

      Eu não lido. Não participo de grupo de família. Mesmo assim tem quem me envie os fake news no privado

    • Eu sinceramente não sei se simplesmente não existe um grupo “oficial” da família ou se eu fui “preventivamente” excluído dele ;)

    • Frederico

      O fluxo de informações arlamistas é tão grande e até mesmo contraditório nesses grupos que acho que nada se fixa. Pega qualquer bandeira, escreve que o povo é trouxa e está cansado disso tá pronto.

    • luis

      Sempre mantenho silenciado. Mas vez ou outra, quando preciso acompanhar algo de perto que tenha ocorrido com alguém, eu dou uma olhada rápida mas sempre acontece de eu ler aquelas correntes sem pé nem cabeça. Nem tem envolvimento político, é coisa sem sentido mesmo, onde um mínimo de atenção já mostra o absurdo. É engraçado como certas pessoas ficam irreconhecíveis no mundo virtual.

  • binho_0

    filme BOM q vi esses dias: “a ghost storie”. filmaço!

    • tuneman

      A Ghost Story? com o Casey Affleck.
      preciso terminar de assistir!
      o filme é lento, mas muito interessante!

      • binho_0

        esse mesmo.
        o filme se passa em vários séculos… normal ser um pouco lento, né?
        mas fica de olho na estante de livros. a chave pra “entender” (como os youtubers gostam de falar) o filme está ali.
        filmaço! qdo o diretor acerta o ritmo do filme, com um bom roteiro e bons atores, a chance do filme ser relevante é muito grande. foi o caso desse. deram 6.9 no imdb, pq é tudo um bando de bunda suja. não confie nessa nota.

        • tuneman

          Deram 7.5 pra porcaria do pantera negra…. E o Rotten tomatoes é ainda pior….

          • binho_0

            aí eu já não considero filme/arte e sim entretenimento de qualidade (pelos efeitos, música e tal). alias, o melhor do pantera negra, pelo visto, é a trilha do kendrick lamar. mas como não vi o filme ainda, não serei injusto.

        • R.Sand

          Agora fiquei mal porque assisti o filme e não reparei muito na estante de livros. Acho que é hora de rever o filme…

          • binho_0

            A cena é rapida e tive q congelar pra ver

  • binho_0

    há até não muito tempo, eu achava frescura usar pijama pra dormir. só usava as roupas já muito batidas. vcs usam pijama pra dormir?
    [dispenso respostas como: “durmo pelado”. guarde isso pra vc, amigo!]

    • Frederico

      durmo pelado

      ja tem uns bons anos que tenho preguiça de procurar pelo pijama em si
      dai time roupa velha tb

      mas a calça de pijama é imbatível de conforto

      • binho_0

        Vai ser banido do grupo secreto

    • Drax

      Mesma coisa aqui, pego roupas velhas que não vou usar na rua e uso como pijama. Em casa sou um mendigo.
      Mas pra dormir mesmo fico só de cueca

    • tuneman

      nos dias mais frios eu uso ceroula!

      • binho_0

        Hahaha

  • Nix

    Olá…
    ..hoje está sol.

  • Frederico

    Vocês tomam decisão/iniciativa rápido ou ponderam eternamente sobre cada pequena ação?

    • tuneman

      pondero eternamente torturando cada neurônio e até que não é mais relevante e deixo de fazer.
      ansiedade pode ser terrivel.

    • luis

      Pior que nos dois casos, nunca há certeza de acerto rsrsrs

    • Sobre cada pequena ação do dia a dia, tento evitar. Tenho comigo que, muitas vezes, o custo da indecisão superar qualquer ganho em “escolher certo”. Tipo em qual restaurante vou comer hoje, ou que roupa vestir, coisas assim. Além de triviais, elas são “reversíveis” — se não passar no mercado hoje e esquecer algo, fora coisas essenciais como papel higiênico, consigo ir amanhã, sem prejuízo.

      Para decisões maiores, de médio ou longo prazo, aí eu penso bastante.

  • A Polygon publicou um apanhado de youtubers famosos que estão entrando em colapso/exaustão. De acordo com a matéria, a pressão do algoritmo do YouTube, que (supostamente) exige dedicação diária, está acabando com esse pessoal.

    Por outro lado, como argumentam alguns comentaristas, não é como se o YouTube exigisse de fato essa dedicação. A plataforma está ali, os youtubers a exploram e ganham com isso, apesar (por causa?) do esforço. E também existem desincentivos — se o YouTube se importar muito com isso, pode gerar uma suspeita de vínculo empregatício e expor ainda mais as mazelas do sistema; algo muito similar à Uber e outros serviços da ~economia colaborativa.

    Aqui a matéria: https://www.polygon.com/2018/6/1/17413542/burnout-mental-health-awareness-youtube-elle-mills-el-rubius-bobby-burns-pewdiepie

    O que vocês acham desse problema?

    • É o desafio mais importante para eventuais (e verdadeiras) reformas trabalhistas: reconhecer o frágil e aparentemente inexistente vínculo entre plataformas e produtores de conteúdo/serviços. Aposto (sendo bastante otimista) em uma retomada da centro-esquerda nos países centrais do capitalismo nos próximos anos (ou é isso ou será a extrema direita) e acho que RBU e reconhecimento de novos vínculos trabalhistas em situações de uberização como estes estarão na pauta.

      Já aqui na periferia continuaremos hiper-explorados.

      • Paulo Pilotti Duarte

        Principalmente porque brasileiros (olhando pro quintal) tem um bombardeamento midiático pesado para entender a exploração dessas plataformas como algo bom. Sem falar que precisamos levar em conta que nas periferias dos países periféricos a regra é não ter direitos trabalhistas (empreendedorismo sempre existiu na periferia, por necessidade, com a diferença que por lá não tem termos em inglês e hamburgueria minimalista).

        A “uberização” e a super-exploração da criação de conteúdo estão tendo a sua era industrial (com trabalho extenuantes e alguns poucos enriquecendo) que em breve vai ser travada pelo devido controle dessa exploração (assim espero).

        E a RBU é condição sine qua non para a sobrevivência do capitalismo das próximas décadas.

      • Drax

        Isso é uma questão complicada. Aqui no Brasil não é muito difícil, a legislação é a mesma e permite facilmente a aplicação a essas plataformas.
        Contudo é preciso preencher os requisitos. Fica difícil reconhecer uma relação trabalhista se o cara trabalha quando quiser e se quiser não trabalha

  • Uma curiosidade: quem aqui não tem acesso a TV em casa (eu me refiro ao serviço, seja aberto ou por assinatura, não ao aparelho)?

    Por exemplo, eu sou um “cord cutter” desde 2013. O aparelho serve apenas para streaming e video-games.

    • binho_0

      Eu não tenho já faz uns… 3 anos ou mais. Achei q poderia fazer falta, mass não fez. Somado ao meu crescente desinteresse pelo futebol, acho q por ora continua assim.

    • Paulo Pilotti Duarte

      Só farei isso quando o BRão for pro EI e eu poder ver no streaming.

    • binho_0

      Pra não falar q não faz falta totalmente, gostaria de ver são os concertos da osesp e não dá. A cultura não coloca no canal deles no youtube…

    • Frederico

      Só mantenho por causa dos canais de esporte
      Mas de qualquer forma ainda seria dependente de um serviço.

    • tuneman

      o aparelho tá ali, até tem uns canais memorizados, mas dificilmente assisto.

    • Desde 2013 também, quando fui morar sozinho. Em Maringá, fiquei três anos sem qualquer tipo de canal de TV — o prédio onde morava não pegava sinal, pelo menos não com a antena interna de que dispunha.

      Hoje, tenho acesso a uns poucos canais abertos. Ocasionalmente vejo um jornal, mas é bem raro. Geralmente, quando ligo a TV e está passando uma reportagem interessante enquanto ela se conecta (é uma daquelas Samsung que, mesmo cabeada, precisa de uns minutos para os apps funcionarem).

    • Louis

      Só uso TV para jogos desde 2010. Usei Netflix ano passado, mas, não gostei do serviço e a única coisa além atualmente é o YouTube.

  • binho_0

    A lógica de redes e não dos sindicatos nas paralisações…
    O whatsapp foi o… motor da paralisação. Desculpe não resisti.

    https://t.me/elpais_brasil/6508

  • Sobre as Mídias sociais, convém citar Cal Newport:

    “as mídias sociais são, no fim, inócuas ‘considerando um mundo no qual a habilidade de se concentrar sem distração em tarefas difíceis está sendo cada vez mais demandada e valorizada em uma economia global em crise’.
    ‘As mídias sociais enfraquecem essa nossa habilidade porque são feitas para que nos viciem.
    Quanto mais você usa a mídia social, mais ela é desenhada para que você a use — mais o cérebro aprende a implorar por uma notificação rápida ao menor indício de tédio”, disse.
    “Parte da minha rejeição pessoal com relação às mídias sociais vem do meu receio de que esses serviços irão minar minha habilidade em me concentrar — uma habilidade com a qual eu construí minha vida.'”