Wallpaper oficial do Windows 10.

Microsoft suspende atualização do Windows 10 que apaga documentos e fotos

Por
8/10/18, 12h11 2 min Comente

A Microsoft suspendeu a distribuição da atualização de outubro do Windows 10 (versão 1809). Motivo? Ela pode apagar as pastas de documentos e fotos do usuário durante a instalação.

A atualização é uma das duas grandes anuais que a Microsoft lança para o Windows 10 desde que o sistema chegou ao mercado, em 2015. Nela, a Microsoft introduz algumas novidades ao sistema, como o aplicativo “Seu Celular” que integra melhor o sistema a smartphones Android; o tema escuro para o Explorador de Arquivos; e uma nova ferramenta de prints/screenshots.

A atualização foi liberada no dia 2 de outubro de forma manual, ou seja, apenas para os usuários que verificassem a disponibilidade ou que baixassem o pacote no site da Microsoft. A liberação automática estava prevista para começar nesta terça-feira (9), mas foi suspensa pela Microsoft após relatos do sumiço de arquivos pessoais pipocarem na internet.

De acordo com o Ars Technica, ainda não se sabe o que ocasiona o problema: “o punhado de relatos nos fóruns da Microsoft e no Reddit não têm similaridades óbvias e as pessoas que dizem presenciar apenas um sistema afetado entre vários quando foram atualizados”. Também não há solução, ainda, para os casos de arquivos perdidos.

É raro que bugs tão graves cheguem à versão final de um software tão importante como o Windows 10. Além de todos os procedimentos internos adotados durante o desenvolvimento, a Microsoft oferece versões parciais do sistema para entusiastas e especialistas testarem antes das finais serem liberadas ao grande público. Há relatos de que a Microsoft foi alertada, por esses testadores, de que havia problemas com arquivos apagados na versão 1809 do Windows 10.

Até segunda ordem, a atualização segue suspensa. A quem já baixou o pacote de atualização, a Microsoft orienta a não instalá-lo. A empresa informou que está investigando as causas do problema.

Imagem do topo: Microsoft/Divulgação.

Compartilhe: