Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Cerca de 100 mil simpatizantes do primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orban, realizaram neste sábado (21) uma passeata rumo à sede do Parlamento do país para mostrar apoio ao governo, que tem sido criticado pela União Europeia por aprovar leis que são vistas como antidemocráticas.

O longo protesto, chamado de A Passeata da Paz pela Hungria, saiu da Praça dos Heróis por volta das 10h (no horário local, 13h de Brasília) e começou a chegar ao Parlamento duas horas depois, às margens do Rio Danúbio. Muitos dos manifestantes carregavam bandeiras do país, velas, tochas e sinais de apoio a Orban.

A Hungria negocia a obtenção de uma ajuda financeira da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI) e o primeiro-ministro disse nesta semana que serão realizadas mudanças nas leis que foram aprovadas no ano passado, uma delas dando mais poder ao governo sobre o banco central local. O bloco europeu considera as leis autoritárias e ameaçou entrar na Justiça contra as medidas. As informações são da Associated Press.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]