i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Suprema Corte

5 textos para entender o que a confirmação de Barrett representa à Justiça dos EUA

  • 26/10/2020 21:31
Amy Coney Barrett
Amy Coney Barrett é a mais nova juíza da Suprema Corte americana.| Foto: AFP

Nesta segunda-feira (26), Amy Coney Barrett foi confirmada pelo Senado como juíza na Suprema Corte americana. A quinta mulher a assumir o mais alto posto do Judiciário americano na história do país prestou juramento diante do juiz da Suprema Corte Clarence Thomas e do presidente Donald Trump, logo após a votação, em uma cerimônia ao ar livre no jardim da Casa Branca.

“Suas credenciais impecáveis ​​foram inquestionáveis, incontestadas e óbvias para todos” durante suas audiências de confirmação, disse Trump.

Nas audiências de confirmação no Senado, Barrett foi bastante pressionada pelos democratas por conta de suas posições conservadoras. Na noite desta segunda, ela disse que “é o trabalho de um juiz resistir às suas preferências políticas”. “Essa separação do dever da preferência política é o que diferencia o judiciário entre os três ramos do governo”.

Mas, afinal, o que pensa a juíza e o que a nomeação dela representa para o Judiciário americano em temas como aborto e o papel da Suprema Corte na democracia? Separamos cinco textos que vão esclarecer o assunto para você.

1. Por que a esquerda a odeia tanto?

Desde que foi nomeada, Barrett atraiu a ira dos democratas, que viam nela a antítese de Ruth Bader Ginsburg (juíza democrata indicada pelo ex-presidente democrata Bill Clinton), cuja morte em setembro deste ano abriu espaço para mais uma indicação de Donald Trump. Mas não é só por isso que a esquerda a odeia.

Ben Shapiro, um dos mais proeminentes comentaristas americanos de política, escreveu um artigo que expõe cada motivo que faz da nova juíza da Suprema Corte um motivo para os democratas acirrarem os ânimos. Leia o artigo aqui.

2. A reversão de Roe vs. Wade

A famosa e controversa decisão judicial que permitiu o aborto nos Estados Unidos é um marco para as políticas progressistas. Os democratas temem que a maioria republicana de 6-3 na Suprema Corte permita uma reversão da jurisprudência atual.

Amy Coney Barrett nunca escondeu ser pró-vida, contudo sua carreira de juíza já mostrou que ela não é uma juíza ativista. Então, o que ela pode fazer realmente em relação a esse assunto? Maria Clara Vieira da Gazeta do Povo preparou uma reportagem especial em que faz uma revisão histórica da decisão e mostra quais os rumos que o aborto pode ter nos Estados Unidos daqui para frente.

3. Uma juíza conservadora

A caricatura que os progressistas fazem de Barrett mostra-a como se ela fosse uma ativista vestida de juiz, apenas com o sinal trocado. Certamente não é esse o caso dela.

Ela se considera dentro da corrente “originalista” do direito americano. A editoria de Ideias preparou um texto especial que explica o que essa escola pensamento preconiza e como a Constituição dos EUA (que já tem mais de 200 anos) tem um papel fundamental. Leia na íntegra.

4. Dogma x lei

Os Estados Unidos são uma nação fundada por protestantes, não é uma surpresa portanto que uma católica, como Barrett, na Suprema Corte geraria alguns questionamentos em relação às possíveis contradições que a juíza poderia enfrentar na corte em relação às leis, que ela deve aplicar, e o dogma, que ela professa.

Ela garantiu, durante as audiências de confirmação, que seu dever como juíza é seguir o que diz a lei e não o que diz sua fé. Mas o que seu histórico revela sobre isso? GianCarlo Canaparo, de nossa parceria com Daily Signal, mostra “Por que os americanos não devem temer uma juíza católica”.

5. A inspiração de Barrett

A entrada de mulheres na Suprema Corte é algo recente na história americana. Barrett é apenas a quinta de uma longa lista. Contudo, houve uma juíza cuja atuação na Suprema Corte foi tão destacada que a própria Barrett afirmou que hoje “ninguém mais acha estranho uma mulher juíza”.

Trata-se de Sandra O’Connor, também conhecida como Justice O’Connor. Preparamos um perfil especial dessa juíza, que foi a principal inspiração para Barret em sua carreira.

8 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 8 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • O

    orazio martini

    ± 9 horas

    Ótimo texto com direcionamentos espetaculares! Sugiro, para não esquecer meu inglês, de também colocar citações na língua original – quando entre as mais conhecidas. É uma idiossincrasia que me agradaria ainda MAIS! PARABÉNS!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • E

      Emerson

      ± 11 horas

      Representa que o efeito trumpeano até no apagar das luzes da atual aadministração está trocando os pés pelas mãos. Impressionante como até parece que estamos vivenciando nos últimos quatro longos anos uma comédia bizarra na Casa Branca. Só falta o nariz vermelho!!!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      1 Respostas
      • O

        orazio martini

        ± 8 horas

        Assisto a TV CNN em inglês e espanhol – nada frequentemente. A ponto de não conseguir formar uma preferência eleitoral nos USA – apesar de emissora ser extremamente partidária tendendo abertamente para o Partido Democrata. Pouco importa, pois qualquer dos 2 partidos no PODER nada muda para os brasileiros – como sempre. Nunca entendi tantas ruas no Brasil homenageando Kennedy – nosso complexo de vira-lata?

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

    • D

      Denis Sebascon

      ± 12 horas

      Fiquei tão feliz, na mesma semana que o Trump indicou a conservadora Amy C. Barrett para o Suprema Corte americana, Bolsonaro indicou um fenomenal (ironia!) esquerdista Kassio Nunes para o STF.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • S

        sandra regina

        ± 12 horas

        #Trump2020 vitoria certa

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • C

          Curitibano

          ± 13 horas

          Certamente bem diferente do picareta recentemente nomeado por aqui.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • E

            exclui

            ± 16 horas

            Ora o que nos importa essa juíza . Ela não prende nem solta ninguém aqui!

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • J

              Jose Carlos de Abreu Pithan

              ± 20 horas

              Trump talvez seja o único freio ao avanço chines no mundo. Espero com muita fé que ele consiga, não só dificultar o domínio comunista chinês, como consiga enfraquece-los de tal forma que que inviabilize as suas ideias de estender os seus tentáculos mundo pelo mundo. Dale presidente Trump. Abaixo a ditadura chinesa

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              Fim dos comentários.