i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Confusão

A Air France para os franceses

Depoimento de Marcio Antonio Campos, editor-assistente de Vida e Cidadania

  • 19/04/2010 21:22

Muitos dias em Paris acompanhando o noticiário nos deram uma capacidade de entender um pouco de francês, e o resto vai na base da adivinhação. Especialmente as palavras para "aberto", "fechado" e derivados estão na ponta da língua. Foi assim que soubemos, no fim da noite de domingo, que a Air France estava organizando um voo de Toulouse, no sul da França, para São Paulo. Deveria decolar à meia-noite desta segunda-feira, mas para estar nele era preciso não apenas remarcar a passagem, como também estar no Aeroporto Charles de Gaulle às 6 horas de segunda, para pegar o ônibus até o sul da França – inviável para mim e minha família. O detalhe é que o aviso sobre o voo especial, por muito tempo, esteve em francês no site airfrance.fr, mas demorou para entrar em inglês no airfrance.com.br.

Meu pai e eu fomos ao endereço fornecido pela funcionária da Air France que remarcou nossa passagem. No local, bem mais próximo do nosso hotel, nada de escritório. Nem os carteiros sabiam de nada, até que a atendente de um bar nos disse que o escritório da Air France na Bastilha estava fechado... havia dois anos. O jeito foi voltar aos Invalides, onde encontramos uma fila ainda maior que a de domingo.

Queríamos saber se haveria o voo Toulouse-São Paulo na terça, ou pelo menos se poderíamos remarcar o voo Paris-Amsterdã que pegaríamos na manhã de sexta-feira – nossa preocupação é que a uma hora e meia de conexão não seja suficiente, e decidimos voar para a Holanda na quinta à noite e dormir no aeroporto para não perder o voo para o Brasil. Um funcionário da Air France aconselhou fazer a remarcação por telefone. Mas quem disse que o francês adivinhatório adianta na hora de ligar para o call center? Até existe atendimento em inglês, mas os atendentes devem ser tão lendários quanto o corcunda de Notre-Dame.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.