i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Energia

Apagão afeta 370 milhões de pessoas na Índia

Esta é a pior avaria no sistema de energia elétrico na Índia em 11 anos, segundo as autoridades

  • PorAFP e Agência Estado
  • 30/07/2012 06:38
Passageiros esperam dentro de trem por retorno de energia elétrica para seguirem viagem na cidade de Allahabad, na Índia | REUTERS/Jitendra Prakash
Passageiros esperam dentro de trem por retorno de energia elétrica para seguirem viagem na cidade de Allahabad, na Índia| Foto: REUTERS/Jitendra Prakash

Um apagão nesta segunda-feira deixou 370 milhões de pessoas sem energia elétrica e, em alguns casos, sem água durante o verão na Índia, o que provocou o caos no sistema de transporte urbano, principalmente na capital, Nova Délhi. Número de pessoas equivale a mais do que a população dos Estados Unidos e Canadá combinadas.

Esta é a pior avaria no sistema de energia elétrico na Índia em 11 anos, segundo as autoridades.

Segundo os primeiros elementos da investigação, uma sobrecarga no sistema teria provocado vários cortes de fornecimento, segundo Shinde, que lamentou "um acidente, uma avaria".

O problema afetou todo o tráfego ferroviário na região, o metrô de Nova Délhi e os semáforos nas grandes cidades, o que gerou grandes engarrafamentos durante a manhã.

Os nove estados afetados são Nova Délhi, Pendjab, Haryana, Uttar Pradesh, Himachal Pradesh, Rajasthan, Jammu-y-Caxemira, Uttaranchal e Madhya Pradesh.

Em Nova Délhi, o metrô já voltou a funcionar, mas com apenas 25% da capacidade.

A rede elétrica caiu por volta das 2h30 da manhã (horário local) pois não conseguia mais suprir a enorme demanda causada pelo verão, disseram autoridades do Estado de Uttar Pradesh. No entanto, o ministro de Energia Sushil Kumar Shinde afirmou que não tinha certeza do porquê do colapso e criou um comitê de investigação.

No final da manhã, 60% da energia foi restabelecida, afirmou o ministro. Foi necessário puxar eletricidade das redes do leste e oeste, bem como comprar energia hidrelétrica do país vizinho Butão.

Os moradores de Nova Délhi foram acordados quando seus ventiladores e ar-condicionados pararam de funcionar. A temperatura na cidade estava em cerca de 35º, com umidade em 89%. O sistema de metrô, que transporta 1,8 milhões de pessoas diariamente, parou por horas durante a manhã.

Shinde quis escapar dos questionamentos criticando outros países incluindo o Brasil. "Eu peço que vocês olhem a situação em outros países", disse ele. Um terço das residências na Índia não têm eletricidade nem mesmo para acender uma lâmpada, de acordo com o último censo. As informações são da Associated Press.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.