Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Candidata Susana Villarán lidera apuração | Reuters
Candidata Susana Villarán lidera apuração| Foto: Reuters

Lima - As autoridades do Peru começaram na quarta-feira a revisar a validade de um milhão e meio de votos para a prefeitura de Lima, o maior colégio eleitoral do país. A candidata de esquerda Susana Villarán estaria perto de ganhar pela primeira vez em quase 30 anos após uma votação apertada.

Com 61 anos, ela lidera a disputa municipal com 38,5 por cento dos votos válidos, enquanto Lourdes Flores, de 50 anos, tem 37,6 por cento e é considerada amiga do mercado.

A diferença entre ambas é de 31.164 votos.

O resultado final está nas mãos dos juízes eleitorais especiais de Lima, que revisavam a validade de algumas atas, com cerca de um milhão e meio de votos, que apresentaram algum tipo de erro após o pleito.

Elas representam 26,19 por cento do total de votos emitidos nas eleições de domingo.

"O processo da revisão de atas já começou. É difícil saber quando terminará", disse à Reuters um funcionário do Juizado Eleitoral Especial.

O mercado está preocupado com a possibilidade de um eventual triunfo de Villarán em Lima levar ao reaparecimento de um candidato presidencial de esquerda que coloque em risco os bilhões de dólares em investimento estrangeiro no país, um importante produtor de matérias-primas.

Junto às eleições municipais, o Peru também elegeu suas autoridades regionais no interior do país, onde candidatos independentes venceram, um resultado que pesará nas eleições presidenciais de 2011.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]