i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Candidato democrata

Joe Biden anuncia plano climático de US$ 2 trilhões

    • Gazeta do Povo
    • 14/07/2020 19:20
    Joe Biden será o candidato democrata nas eleições presidenciais dos EUA em 2020 (OLIVIER DOULIERY / AFP)
    Joe Biden será o candidato democrata nas eleições presidenciais dos EUA em 2020 (OLIVIER DOULIERY / AFP)| Foto: AFP

    O candidato do Partido Democrata à Presidência dos Estados Unidos nas eleições de 2020, Joe Biden, anunciou nesta terça-feira (14) plano de US$ 2 trilhões (cerca de R$ 10,7 trilhões na cotação atual) para combater as mudanças climáticas. Biden tem como objetivo reformular o setor energético dos EUA ao mesmo tempo em que estimula o crescimento econômico.

    “Esses são os investimentos mais fundamentais que podemos fazer voltados à saúde e vitalidade de longo prazo da economia e à saúde e segurança física do povo americano. Quando Donald Trump pensa em mudanças climáticas, a única palavra que ele consegue dizer é 'fraude'. Quando eu penso em mudanças climáticas, a palavra na qual penso é 'emprego'”, afirmou a repórteres em Wilmington, no Delaware, cidade onde cresceu.

    Leia também: EUA não vão mais deportar estudantes estrangeiros

    O plano apresentado hoje por Biden é mais agressivo do que o trabalhado por ele durante as primárias democratas. Trata-se de um esforço do candidato para se aproximar de eleitores progressistas que ainda possam estar céticos quanto ao seu trabalho, vez que Biden fez uma pré-campanha mais voltada ao centro.

    Em 15 anos, o democrata pretende zerar as emissões de carbono resultantes da produção de energia elétrica no país, o que significa que até 2035 100% da eletricidade gerada nos EUA deve ser limpa. No campo econômico, o candidato argumentou que seu plano climático vai ajudar a revitalizar a economia norte-americana e ser capaz de criar milhões de novos empregos. Biden também prometeu impulsionar a indústria automobilística norte-americana por meio da concessão de incentivos a fabricantes que produzirem veículos elétricos de emissão zero.

    Biden não mencionou de forma expressa, entretanto, a proibição da queima de carvão ou o fraturamento hidráulico (ou fracking), método de extração de petróleo e gás natural, questão que é politicamente sensível em alguns estados do país.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.