Milicianos da seita radical islâmica Boko Haram tomaram o controle da importante cidade de Mubi, no nordeste da Nigéria, dias depois de o governo ter afirmado que continua negociando a cessação de hostilidades com o grupo terrorista, segundo declarações de moradores publicadas nesta sexta-feira (31) na imprensa local.

O ataque à segunda cidade mais povoada do estado de Adamawa, com 250 mil habitantes, aconteceu na quarta-feira (29), quando os islamitas entraram em Mubi e enfrentaram soldados nigerianos.

Segundo afirmaram testemunhas ao jornal Nigeria Today, os terroristas teriam invadido e queimado o quartel da Polícia e aberto as prisões.

O número de vítimas não foi confirmado pelo Governo e, diante da retirada dos soldados, centenas de moradores de Mubi fugiram da cidade.

Após entrar em Mubi, os homens do Boko Haram também tomaram a cidade de Vimtim, enquanto os terroristas continuam seu cerco a outras povoações da região.

Esta nova campanha de ataque a cidades no norte do país acontece duas semanas depois que o Exército anunciou um cessar-fogo com o Boko Haram e a iminente libertação das mais de 200 meninas sequestradas pelo grupo terrorista em abril passado, algo que ainda não aconteceu.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]