• 19/10/2020 13:37
Vitória do MAS

Carlos Mesa reconhece derrota nas eleições presidenciais da Bolívia

  • 19/10/2020 13:37
    • Gazeta do Povo
    CARLOS MESA
    O candidato presidencial de centro da Bolívia, o ex-presidente (2003-2005) Carlos Mesa, do Partido da Comunidade Cidadã| Foto: Luis GANDARILLAS/AFP

    O candidato centrista à presidência da Bolívia, Carlos Mesa, reconheceu a derrota em primeiro turno para Luis Arce, afilhado político de Evo Morales que concorreu pelo MAS (Movimento ao Socialismo). Em um tuíte publicado no fim da manhã desta segunda-feira (19), Mesa agradeceu os votos que recebeu e disse que agora resta à aliança dos partidos de centro encabeçar a oposição, "Honraremos a Bolívia", concluiu o ex-presidente boliviano.

    A contagem dos votos da eleição deste domingo ainda está em andamento na Bolívia. Até o início da tarde desta segunda, 21% das urnas haviam sido apuradas. Neste momento, o MAS aparece com 37,5% das intenções de voto e o partido de Mesa, o Comunidade Cidadã, com 42,9%. Contudo a vantagem inicial de Mesa será superada por Arce – no início da manhã, a diferença entre os dois principais candidatos era de cerca de 10 pontos e agora já caiu para 5. As pesquisas de boca de urna apontam que o candidato socialista vai fazer 52% dos votos.

    A presidente interina da Bolívia, Jeanine Añez, que desistiu da candidatura para diminuir a pulverização de votos da direita, também reconheceu a vitória de Luis Arce.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.