• 12/11/2019 08:07
Faixa de Gaza

Israel mata líder jihadista; militantes disparam 50 foguetes em retaliação

  • 12/11/2019 08:07
    • Gazeta do Povo e Washington Post
    Sistema de Defesa de Israel
    Míssil israelense é lançado do sistema de mísseis de defesa Iron Dome para interceptar foguete| Foto: Jack GUEZ/AFP

    Forças de segurança israelenses mataram o líder da Jihad Islâmica Palestina Baha Abu Al Ata em um ataque aéreo na Faixa de Gaza no início desta terça-feira (12). De acordo com as Forças de Defesa de Israel, ele era comandante responsável por vários lançamentos de foguetes contra o país e "seu próximo ataque era iminente". Em um comunicado, a Jihad Islâmica Palestina confirmou que Abu Al Ata e sua esposa foram mortos.

    Como retaliação, os militantes palestinos lançaram mais de 50 foguetes em território israelense. Segundo autoridades de Israel, 20 desses foguetes foram interceptados e outros destruíram pelo menos uma residência e um escritório.Vários ferimentos leves foram relatados, incluindo uma menina de 8 anos que estava em condição estável após perder a consciência.

    A ação das Forças de Defesa de Israel foi aprovada pelo primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. Benny Gantz, o ex-chefe do exército que agora é comanda um grande partido político e que tenta formar um governo de coalizão, foi informado antes da operação.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.