• 07/04/2020 23:01
América do Sul

Justiça do Equador condena ex-presidente Rafael Correa a oito anos de prisão

  • 07/04/2020 23:01
  • PorGazeta do Povo
    O ex-presidente do Equador Rafael Correa, em coletiva de imprensa no Parlamento Europeu, em Bruxelas, outubro de 2019. Correa foi condenado a oito anos de prisão pela Justiça do Equador
    O ex-presidente do Equador Rafael Correa, em coletiva de imprensa no Parlamento Europeu, em Bruxelas, outubro de 2019. Correa foi condenado a oito anos de prisão pela Justiça do Equador| Foto: AFP

    A Justiça do Equador condenou, nesta terça-feira (7) Rafael Correa, ex-presidente do país (2007-2017), a oito anos de prisão por crime de corrupção cometido durante o seu mandato.

    Correa foi condenado, com outras 17 pessoas, por um esquema de propinas no qual construtoras pagaram cerca de US$ 7 milhões em propinas em troca de contratos com o governo do país. O ex-presidente foi ligado ao caso devido a uma quantia de US$ 6 mil que estava em sua conta bancária. Ele afirma que o valor era empréstimo de um fundo partidário. Correa vive na Bélgica e alega ser perseguido pelo governo do atual presidente, Lenín Moreno, seu antigo aliado.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.