Muitos dos mineiros estavam dormindo em cabanas quando o deslizamento de terra ocorreu. | STRINGER/REUTERS
Muitos dos mineiros estavam dormindo em cabanas quando o deslizamento de terra ocorreu.| Foto: STRINGER/REUTERS

Cerca de 100 corpos foram retirados de um deslizamento de terra perto de uma mina de jade no norte do estado de Kachin, em Mianmar, e um número estimado de outras 100 pessoas ainda estão desaparecidas, informou uma autoridade de resgate neste domingo (22).

O deslizamento de terra aconteceu na madrugada de sábado (21), em Hpakant, uma área que produz jade com a mais alta qualidade do mundo, mas as minas e os locais de despejo de detritos estão cheios de perigos e deslizamentos de terra não são incomuns. Trabalhadores, muitos deles migrantes de outras partes do país, trabalham longas horas por pouco dinheiro.

O jornal estatal Global New Light de Mianmar informou que muitos dos mineiros estavam dormindo em cabanas quando o deslizamento de terra ocorreu. Um funcionário que trabalha nos resgates informou à Reuters, por telefone, que 99 corpos haviam sido recuperados neste domingo, mas que o número provavelmente subiria. “Temos certeza de que o número de mortos vai subir, já que muitos ainda estão desaparecidas”, disse ele.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]